Mês: outubro 2015



Sobre saúde mental

Sem-Saude-Mental-nao-ha-Saude

 

Dia 10 de outubro foi o dia mundial da saúde mental. Infelizmente ainda existe muito preconceito sobre este tema. Uma tendência a olhar a saúde mental como algo que deveria ser automático e não algo a ser cuidado. A mente tal como o corpo padece. Vivemos num mundo confuso, numa sociedade com valores estranhos e padrões de conduta contrários ao que exige – isso pode chegar a ser enlouquecedor. Alem do fato de que somos criados numa família composta sempre por pessoas que têm uma história o que indica sofrimentos, perdas, frustrações o que leva a angústias e isso se mostrará no relacionamento com os filhos. Sendo assim ninguém está imune de precisar de cuidados para a mente. Tal como o corpo a mente também merece ser cuidada. Mas é uma pena que em geral quando o problema é do corpo corre-se para o médico, mas quando é emocional se exige resolver sozinho como se procurar ajuda fosse fraqueza, frescura ou qualquer coisa do tipo.

Comente aqui


Calma, não se renda

Não te rendas
Mario Benede
Não te rendas, ainda é tempo
De se ter objetivos e começar de novo,
Aceitar tuas sombras,
Enterrar teus medos
Soltar o lastro,
Retomar o vôo.

Não te rendas que a vida é isso,
Continuar a viagem,
Perseguir teus sonhos,
Destravar o tempo,
Correr os escombros
E destapar o céu.

Não te rendas, por favor, não cedas,
Ainda que o frio queime,
Ainda que o medo morda,
Ainda que o sol se esconda,
E o vento se cale,
Ainda existe fogo na tua alma.
Ainda existe vida nos teus sonhos.

Porque a vida é tua e teu também o desejo
Porque o tens querido e porque eu te quero
Porque existe o vinho e o amor, é certo.
Porque não existem feridas que o tempo não cure.
Abrir as portas,
Tirar as trancas,
Abandonar as muralhas que te protegeram,

Viver a vida e aceitar o desafio,
Recuperar o sorriso,
Ensaiar um canto,
Baixar a guarda e estender as mãos
Abrir as asas
E tentar de novo
Celebrar a vida e se apossar dos céus.

Não te rendas, por favor, não cedas,
Ainda que o frio te queime,
Ainda que o medo te morda,
Ainda que o sol ponha e se cale o vento,
Ainda existe fogo na tua alma,
Ainda existe vida nos teus sonhos
Porque cada dia é um novo começo,
Porque esta é a hora e o melhor momento
Porque não estás sozinho, porque eu te amo

1 Comentário