Itapoá: porto, turismo e praias 100% próprias para banho

Final de tarde em Itapoá, banhistas aproveitam as últimas luzes do dia nas águas mais limpas do Sul

Itapoá, no litoral Norte de Santa Catarina, trabalha com duas vocações econômicas naturais, a portuária e a de turismo. Normalmente, a cidade registra aproximadamente 20 mil habitantes, mas na alta temporada de Verão (dezembro a fevereiro), a população flutuante cresce dez vezes, chegando a 200 mil pessoas. Tudo isso faz com que a administração municipal se empenhe para resolver grandes demandas.

Claudio Lemonie, secretário de Turismo e Cultura de Itapoá

De acordo com Claudio Lemonie, secretário de Turismo e Cultura de Itapoá, há muito tempo prefeitura trabalha no sentido de harmonizar a atividade portuária com o turismo, mas sem esquecer o meio ambiente. “O nosso trabalho é em equipe, todas as secretarias se envolvem de certa forma para o sucesso de nossa economia. Assim, o primeiro passo foi planejar o fluxo de caminhões que seguem diretamente para o porto, deixando os acessos às praias livres para pedestres e automóveis de passeio. Ação que está dando muito certo”.

Cleber Wagner, funcionário da Renault, em São José dos Pinhas, Região Metropolitana de Curitiba, e que passa suas férias em Itapoá, disse ter notado a ausência de caminhões nos balneários. “Isso é muito importante para garantir a segurança das famílias e um trânsito que flui”. Outro aspecto é o costume dos motoristas darem a preferência aos pedestres. “Quem vem para cá tem que se acostumar, se o pedestre deseja atravessar alguma via, ele fica com a preferência e o carro tem que parar”.

Expectativa do Comércio

Porto de Itapoá integrado ao turismo da cidade

Com o porto funcionando bem, inclusive com a perspectiva de ampliação, resta o turismo que, em apenas dois meses, janeiro e fevereiro, chega a movimentar R$ 65 milhões no comércio formal. Antonia Anderlone, gerente de loja de calçados, reconhece a força do comércio de Itapoá. “A crise deixou o brasileiro sem dinheiro, mas em dezembro notamos uma reação”, atesta a gerente. “Esperamos janeiro e fevereiro, com as mudanças anunciadas na economia, torcemos para que nosso povo ganhe dinheiro para gastar; tenho esperança que o povo se anime mais”.

Ações ambientais

O secretário explica que tudo isso traz reflexos no meio ambiente. “Hoje temos laudos ambientais que nos alegram muito  e mostram que estamos no caminho certo. O principal deles  é o que atesta os 100% de balneabilidade de nossas praias, ou seja, os banhistas têm muito mais do que a beleza de nossas praias, a garantia de passar seus momentos de lazer com boa condições para a saúde.

Banhistas aproveitam o sol da manhã em Itapoá, cuidados com a manutenção da limpeza da praia

Ainda dentro da conciliação do binômio meio ambiente e turismo, Claudio Lemonie aponta o projeto de recuperação e manutenção da restinga, a vegetação que cobria originalmente as praias. “Nos trabalhos de limpeza e capina, preservamos as plantas nativas, que alguns interpretam como mato. Para uma melhor proteção ainda, fizemos passarelas para que os banhistas alcancem a praia com conforto e não danifiquem as plantas”. Somado a isso, o município também é responsável pela preservação de 3 km de praias desertas até a divisa do Paraná, numa importante iniciativa para a preservação da Mata Atlântica.

Eco Duchas nas praias de Itapoá

Outro esforço está sendo feito na manutenção da limpeza pública com instalações de lixeiras novas e a implantação de novas duchas nas praias. A novidade é que parte delas são ecológicas (Eco Duchas), sem desperdício de energia e aproveitando a própria água do sub-solo.

 

Perfil de Itapoá

• IDH: 0,793 (fonte PNUD/2000)
• PIB: 101.612 (em milhões) (fonte IBGE/2006)
• Coeficiente FPM: 0.8 (fonte STN/2009)
• Índice ICMS: 0.08663 (fonte SEF-SC/2009)

 

 

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.