Moro precisa vencer a guerra

No seu décimo dia, os ataques das facções criminosas contra a população cearense são, em números, menores. Entretanto, apesar das mais de 300 prisões, além da transferência de presos, os ataques continuam. Assim, Fortaleza tornou-se o primeiro teatro de operações da guerra das facções contra o governo.

Para o governo, trata-se de uma guerra em que o inimigo tem que ser derrotado a qualquer custo e de forma exemplar. Caso contrário, a bandidagem vai se sentir à vontade para desenvolver a mesma estratégia em outros estados, também dominados por essas facções criminosas.

A Força Nacional cumpre seu papel, sua mobilização já surte bons efeitos. Mas outras medidas têm que ser tomadas e não dependem somente do ministro da Justiça Sérgio Moro. Uma delas, é a votação pelo Congresso de uma legislação mais dura; o controle efetivo dos celulares nas celas; o bloqueio dos sinais de celulares; maior controle e diminuição, ou o fim, das visitas íntimas; instalação de parlatórios; maior preparo dos agentes penitenciários; a transferência dos líderes para penitenciárias federais; e a construção de mais presídios.

 

******************

 

Saudável
Você se descobre um cidadão saudável quando alguém lhe pergunta sobre o BBB e você responde com a pergunta:”Do que se trata?”

Porraloquice
Nem toda porraloquice é genial, às vezes é apenas isso, porraloquice.

Lendas
Lendas de Curitiba: Saci, Loira Fantasma e Carnaval.

Lenhador
Sim, derrubei enormes árvores na minha adolescência, porque me mandavam e para meu sustento. Hoje, as planto. Mas tenho convicção que este crime nunca poderá ser reparado de fato. Junto com as árvores, matei suas sombras e seus frutos únicos.

Os “gênios”
Sempre quando morre alguma dessas “estrelas” da música (leia-se música para consumo, música de mercado), os elogios são para lá de exagerados, o pior deles: gênio. Ora, como diria Ariano Suassuna, se gastamos um adjetivo assim com uns caras desses, como poderemos arranjar um adjetivo, por exemplo, para Beethoven?

Mentirosos
O mentiroso só acredita naquilo que cabe na própria mentira. Por isso, seu mundo inventado e fantasioso vem abaixo quando a verdade prevalece. Ele mente, mas o mundo real nega-se a encaixar-se na sua mentira. Eis o fato.

Algo mais
Tenho a racionalidade da Ciência. E ela me diz que apenas as leis naturais que conhecemos são insuficientes para justificar a minha própria racionalidade e vida. Há algo mais, por isso busco mais de sua racionalidade.

In memoriam
Enterremos nossos mortos
E os guardemos in memoriam
Em saudade e aperto no coração
Porque somos tudo o que foram
E inevitavelmente seremos o que são.

A voz do vento
Ventania me contou
Quem quiser encontrar amor
Faz favor de ao outro se dedicar
E a si se esquecer num morrer
O amor não aceita falsidade
É sempre inteiro
Não é parte nem metade.

 

Patientia, fratres!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.