Para onde vai José Dirceu?

 

“Saudamos a decisão do Supremo Tribunal Federal de libertar José Dirceu e esperamos que a mesma decisão se estenda a companheiro João Vaccari”.

 

Esse pronunciamento espartano do presidente nacional do partido, Rui Falcão, postado sem foguetório no site do PT, mostra comemoração com pé atrás. A situação de Dirceu – que Falcão não chamou de “companheiro” – é frágil por duplo envolvimento, no Mensalão e na Lava Jato. Mesmo preso ele continuava a receber propina.

 

Atrás das grades desde 2015 por ordem do juiz Sérgio Moro, com mais de 30 anos de prisão no lombo, a liberdade vigiada por tornozeleira deve esperar decisão em segunda instância onde certamente ele será derrotado. Por enquanto ele se apoia na decisão de três – entre cinco – magistrados que votaram favoravelmente à libertação, em respeito à presunção de inocência.

 

A atabalhoada denúncia do Ministério Público Federal provocou uma espécie de cabo-de-guerra entre promotores e magistrados, mas como é lógico, venceu quem decide.

 

Agora é esperar para ver resultados que dependem mais de José Dirceu que dos demais protagonistas. Perante os brasileiros escandalizados, o MPF coloca Dirceu como alvo preferencial.

 

Premiado por uma libertação inesperada depois de dizer a um amigo que se não fizesse delação iria morrer na cadeia, por tudo o que sabe e por outras acusações e penas que vêm por aí, José Dirceu será pressionado para sair de cena. Ou seja: dar no pé, pular para o vizinho Uruguai. Se acontecer vai ser um escândalo e ele ainda vai se postar como exilado político, criticando a Justiça brasileira e ainda abrindo rota para outros petistas.  

Um comentário sobre “Para onde vai José Dirceu?

  1. maso 6 de maio de 2017 11:55

    Quando vi o Ze Dirceu chegar em Sao Paulo no Ap da filha Joana, pensei= Ap comprado com dinheiro de propina. Mas onde vai o Ze,……so se for de burka que se andar n rua apanha. Deu pra sentir o clima.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.