Bolsonaro vem aí?

 

O crescimento da candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) à presidência da República  já ultrapassou os limites mais otimistas, mapeando claramente o desejo de mudança contra o que existe por aí.

Representante explícito dos militares, do combate duro à corrupção e inimigo declarado dos que tentam mudar os valores da família e da sociedade, Bolsonaro cresce principalmente como candidato dos jovens.

Pouco acompanhando a política por considera-la suja, contaminada, por simpatia ao discurso do pau é pau e pedra é pedra, os jovens aceitam como lógicas as propostas diretas, sem o dourar de pílulas tão comuns neste reino de enrolação assentado na “Lei de Gerson”. Para o candidato oposto à ternura é preciso endurecer contra todo tipo de bandido, inclusive voltando a armar o cidadão hoje está indefeso até dentro de seu lar.

Entendem os jovens e os descontentes com o lamaçal de corrupção que é preciso dar uma guinada radical e transformadora. Sinal dessa insatisfação crescente acabam de ser detectados no Rio Grande do Sul, Estado de opiniões fortes. A  última pesquisa de opinião indica que 21,9% dos cidadãos hoje votariam em Bolsonaro. Ele passou Lula que estacionou em 18,1% e deixou o tucano João Dória (outra tendência por não se mostrar contaminado) em terceiro lugar com 13,1%.

Enquanto isso o presidente Michel Temer, no tobogã da impopularidade, alimenta ainda mais a insatisfação popular: 86,1% ainda com percurso a percorrer.

2 comentários sobre “Bolsonaro vem aí?

  1. maso 6 de setembro de 2017 17:27

    …se o Alvaro Dias se candidatar….voto nele! Senao…..e Bolsonaro sem duvida!

  2. JOSÉ MARCOS BADDINI 8 de setembro de 2017 09:11

    Mais um falastrão se dizendo o salvador da pátria.
    O eleitor já caiu nessa com o Lula…
    De novo, NÃO!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.