Temer é o pior entre os piores

Avaliação do grupo internacional Eurásia sobre os sentimentos de cidadãos de diversos países com relação aos seus governantes, concluiu que o presidente do Brasil é o menos “amado” de todos.

E essa prospecção não resultou de avaliações discutíveis, mas de pesquisa com inequívocos percentuais. Segundo elas, Michel Temer tem menos apoio popular que presidentes quase ditadores, muito corruptos e até da Inglaterra questionadíssima por estar se separando do bloco europeu.

Aos números: Michel Temer tem apoio de apenas 3% dos brasileiros; o muito corrupto Jacob Zuma, da África do Sul: 18%; Nicolás Maduro, que colocou a Venezuela em sua maior crise, provocando inclusive a fuga por sobrevivência para o Brasil: 23%; o mexicano Enrique Peña Nieto, no país dominado pelas máfias que promovem grandes chacinas: 28%; a premiê britânica Theresa May, 31%; Donald Trump, 37% e o francês Emmanuel Macron, 45%.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.