LIBERDADE DE LULA PODE PROVOCAR LUTA ARMADA

Se o Supremo Tribunal Federal deixar Luiz Inácio Lula da Silva solto estará agindo como “indutor” da violência entre os brasileiros e “propagando a luta fratricida, em vez de amenizá-la”. Essa é a opinião do general de Exército da reserva Luiz Gonzaga Schroeder Lessa, destacando a importância do julgamento que o TRF fará amanhã.

Tendo em vista as reações populares contra a caravana do líder petista nos Estados sulinos, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, e boas recepções previstas para as regiões Norte e Nordeste, a análise é de que Lula vai continuar, irresponsavelmente e em interesse próprio, pregando que é representante de pobres e oprimidos contra “elites”, defensor na luta de “ricos contra pobres”.

Para o general, se o tribunal titubear permitindo a candidatura do ex-presidente semeador de ventos deixará as Forças Armadas sem outra alternativa que não seja a do seu dever de uma intervenção militar.

Entrevistado pelo O Estado de S. Paulo, Lessa externa a opinião de oficiais generais da reserva contra a concessão de habeas corpus que impeça a prisão de Lula, para eles “uma rasteira na lei”.

Para outro general, Paulo Chagas (pré-candidato ao governo do DF), “Nosso objetivo principal nesse momento é impedir mudanças na lei e colocar atrás das grades um chefe de organização criminosa já julgado e condenado a mais de 12 anos de prisão que, com o respaldo desse supremo fortim (o STF), tem circulado livre e debochadamente por todo o território nacional, contando mentiras, pregando o ódio e a luta de classes”.

O general Lessa vai adiante, aventando que se Lula continuar à solta, pregando o ódio “Vai ter derramamento de sangue, infelizmente é isso que a gente receia.” Disse também ser necessário evitar uma crise que “vai ser resolvida na bala” se continuarem a “abdicar da Justiça e fazer politicagem na mais Alta Corte do País.”

Para o ex-comandante militar do Leste, da Amazônia e do Clube Militar, se as Forças Armadas se julgarem na obrigação de agir haverá muitas mortes porque, concorrendo e influindo nos interesses locais estarão presentes também os globalistas, políticos, ideológicos e até do crime organizado.

Um comentário sobre “LIBERDADE DE LULA PODE PROVOCAR LUTA ARMADA

  1. João 3 de abril de 2018 11:21

    Fascistas !!!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.