3° Distrito é a delegacia do Alvorada

Foto: Reprodução Maringá Você

Foto: Reprodução Maringá Você

Localizado no Jardim Alvorada, região norte de Maringá, o 3° Distrito de Polícia Civil presta serviços que as delegacias especializadas (Delegacia da Mulher, do Adolescente, Furtos e Roubos, Homicídios, Estelionatos) não fazem a investigação de crimes como a falsidade ideológica, uso de documento falso, apropriação indébita, abuso contra menores de sexo masculino  (os casos femininos ficam para a delegacia da mulher). O local conta com cinco colaboradores – uma investigadora, uma delegada, dois escrivães de polícia e uma zeladora. O distrito não registra Boletins de Ocorrência (BO).

“É uma questão de efetivo, não temos condições de manter investigadores de plantão para fazer registros de ocorrências nos distritos, tanto que aqui só temos uma pessoa para trabalhar e realizar todo o serviço externo. Então ficaria inviável manter o registro de ocorrência aqui no distrito. Foi uma decisão política daqui da região, que preferiu montar uma equipe de plantão na sede, na Avenida Mandacaru, e que fica disponível 24h”, explica a delegada Hastrit Greipel, 33 anos.

As ocorrências investigadas pelos policiais são as que aconteceram exclusivamente na região do Jardim Alvorada. Atualmente, são cerca de 500 inquéritos que estão em andamento. “Normalmente, vítima ou alguma terceira pessoa vai até a delegacia e faz um boletim de ocorrência, e o fato chega até aqui [no distrito]. Ás vezes tem uma comunicação com o Poder Judiciário, ou Ministério Público que dão início ás investigações”, disse Greipel.

O posto policial foi construído com o intuído de facilitar o acesso da população á delegacia, o que agiliza o trabalho dos policiais durante as investigações. “É ter um contato com a população, a proximidade facilita quando pedimos para as pessoas virem até o posto policial para serem ouvidas quando é instaurado um procedimento, facilitando a investigação”, comenta a delegada.

O distrito fica na avenida Jinroku Kubota, 87, perto da subsestação da Copel do Jardim Alvorada e o horário de funcionamento é das 8h30 as 12h e das 13h30 as 18h.

Leticia Amadei é acadêmica do 4° ano de Jornalismo da Unicesumar.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.