amazonas



Apreendidos 400kg de pirarucu. Veja o vídeo dos gigantes peixes.

O Batalhão de Polícia Ambiental do Acre apreendeu aproximadamente 400 kg do peixe pirarucu, na sexta-feira (5), na divisa do Acre e da cidade amazonense Boca do Acre. Segundo o sargento Reinilson Souza, a apreensão ocorreu durante uma barreira feita na estrada com o apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Duas pessoas foram presas.

“Ficamos na estrada durante toda a madrugada fazendo essas abordagens. Foram efetuadas as prisões de dois homens, que foram conduzidos para a delegacia de Senador Guiomard”, explica.

De acordo com o capitão Samir Freitas, que também participou da abordagem, o pescado provavelmente seria comercializado em Rio Branco. “Estávamos fazendo uma barreira quando esse veículo vinha de Boca de Acre e, ao fazer a revista, encontramos aproximadamente 400 kg de pirarucu”, acrescenta.

Fonte: Globo G1

A pesca e abate do Pirarucu está proibida em todo o Brasil. Um cinegrafista amador registrou o momento que os pescadores estavam fazendo o transporte do peixe do rio para uma camionete. Três exemplares de pirarucu, somaram cerca de 400kg, um deles certamente beirava os 200kg).

VEJA O VÍDEO:

apreendido

                      Apreensão de aproximadamente 400 kg ocorreu nesta sexta-feira (5) na BR-317 (Foto: Batalhão de Polícia Ambiental)

Comente aqui


Tucunaré-pinima do Amazonas

Na Amazônia, além dos tucunarés paca, açu, popoca e borboleta, também encontramos uma outra espécie, porém em regiões distantes do Rio Negro e seus afluentes. Pela primeira vez, estarei indo pescar esse peixe, que é o exuberante tucunaré-pinima, nos rios Acari e Sucunduri, saindo da cidade de Nova Olinda do Norte-AM. Essa região é denominada baixo Amazonas, onde é formada pelos afluentes do Rio Madeira. Conhecerei essa beleza de tucunaré com a operação da Vilanova Amazon.

Tucunaré-pinima (Cichla Pinima). São comuns capturas com peso entre 4 e 7kg, podendo chegar a mais de 10kg.

pinima

Comente aqui