Pe Fábio de Melo responde criticas do Pe Marcelo Rossi – Confira…

Padre Fábio (foto) rebate críticas do padre Marcelo e diz que o colega também não usa batina; ele votou em Dilma e acha que igreja faz ‘voto de cabresto’ ao discutir aborto só nas eleições.-Confira entrevista concedida a TV Fama da Rede TV em 04/10/11 – no final do post…

Uma mulher vestindo calça de ginástica entra na Catedral São Francisco de Chagas, em Taubaté (140 km de SP), com a missa das 8h já em andamento. Senta-se no primeiro banco e saca o celular. Aponta o aparelho para o altar. Não está interessada na arquitetura da igreja nem na estátua de cera do papa João Paulo 2º, entregue recentemente. Busca um clique do padre Fábio de Melo.

O sacerdote conduz a missa a poucos dias de começar a divulgação de seu 16º CD, “No Meu Interior Tem Deus”, de música caipira e textos religiosos. “Fazia celebrações aqui três vezes por semana, mas tive que parar, porque era muita aglomeração”, diz ele ao repórter Diógenes Campanha. Passou a marcar as missas sem avisar. “Mas o povo acaba sabendo. E elas ligam para avisar as outras, você viu?” Embora pertença à Diocese de Taubaté, ele não tem paróquia fixa.

“Pensaram que eu teria uma igreja só pra mim, um santuário. Mas não quero, iria virar lugar de peregrinação. Não posso ter igreja paralela.” É uma clara referência a outro sacerdote cantor, e popstar: o padre Marcelo Rossi, que inaugura em dezembro o Santuário Mãe de Deus, em SP, com capacidade para 100 mil pessoas, e recebe caravanas de várias cidades.

Farpas entre os dois já voaram para lá e para cá. O padre Marcelo, por exemplo, critica o padre Fábio por trocar a batina por camisas de marcas famosas em aparições públicas. Em abril, disse em entrevista: “Já alertei o Fábio para que não deixasse de usar batina. E ele está usando, por acaso? Bem se vê que eu não tenho influência sobre ele”. “Eu tive três contatos com o padre Marcelo, dois pessoalmente e um por telefone. E não lembro de, em nenhum momento, ter conversado sobre isso com ele.” O assessor de imprensa da Sony, gravadora dos dois padres, cutuca o repórter e pergunta se “isso é o foco da matéria”.

O padre Fábio prossegue: “Aquilo que ele usa não é uma batina também. É uma espécie de um hábito franciscano, embora ele seja um padre diocesano”. As farpas continuam: “O maior padre comunicador da história do Brasil é o padre Zezinho, que nunca usou batina. É um homem que faz um trabalho sério e nunca foi menos padre porque não usa batina”.

“Não somos amigos . Se eu precisar falar com ele [padre Marcelo], não sei como encontrá-lo. Nós dois trabalhamos com música, mas de forma diferente: eu componho, escrevo as minhas músicas. Faço questão de ter uma identidade musical.” Já o padre Marcelo só interpreta. “Ele faz uma linha mais litúrgica, que canta nas missas e nas celebrações dele.” O padre Marcelo não foi localizado para comentar.

Com uma veste de veludo preta e verde, com a inscrição “Filho do Céu”, nome de uma de suas músicas, escrito na estola, o padre Fábio atende fiéis no fim da missa. “O senhor me tirou da macumba com uma palavra”, diz uma senhora. Ela teve um derrame e pede que benza seu olho. “Tira [foto] com o anjo aqui”, diz outra mulher. “Está vendo o que eu passo?”, diz o padre. “Minhas velhinhas são muito táteis. Às vezes, o assédio é perigoso.”

“Uma vez, em Maringá, tinha uma mulher parada na porta do meu quarto [no hotel]. Disse: ‘Vem cá, eu gostaria de fazer uma massagem no senhor'”. Ele diz que anda sempre com dois assessores para evitar tais surpresas. E evita ficar sozinho com um deles, “porque tudo pode gerar uma insinuação”.

Ele tira a batina e veste camisa azul da Zara, calça e sapatos sociais pretos. Segue para a Fundação Dom José Antônio do Couto. Lá, adultos e crianças ajudam a restaurar as imagens do Museu de Arte Sacra de Taubaté. “Quis um projeto social simpático. A igreja não tem que continuar antipática à sociedade.” Os santos do museu estão todos “de cabecinha tombada, triste. A religião deixou de falar do amor de Deus para falar de culpa. Você, um homem contemporâneo, não se identifica.”

No almoço, pede badejo grelhado e penne integral com legumes. Procura álcool em gel na bolsa transpassada preta e cinza, para limpar as mãos. “Minha equipe sempre anda com um”, diz. “Só faço isso quando vou comer. Se fizer a cada cumprimento, fico com síndrome de José Serra.” A revista “Piauí”, em 2009, descreve que Serra usa o produto sempre que cumprimenta estranhos e não tem como lavar as mãos.

Ao contrário do padre Marcelo, que esconde o voto, o padre Fábio revela que optou por Dilma Rousseff em 2010. “Se eu pudesse, colocaria a mulherada toda no poder.” Um e-mail em que ele desejava boa sorte a Dilma no “dia histórico” da eleição foi divulgado quando um hacker invadiu a caixa postal dela. “Me correspondi com ela por um ano. Eu a atendi numa oportunidade na [comunidade católica] Canção Nova. Ficamos amigos.”

Também foi na Canção Nova que conheceu o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP), para quem foi dar uma entrevista há alguns anos. “Tivemos uma identificação com algumas questões sobre o mundo. O Gabriel tornou-se, desde aquele momento, um amigo com quem converso sobre questões que normalmente não tenho a oportunidade de falar. Chamo isso de parentesco espiritual.”

“Quando você tem uma amigo assim, diminui a sensação de solidão, de orfandade na vida. É aquela coisa de ‘que bom, vou estar com meu amigo hoje'”. Conta ter também “gratidão” por Chalita ter lido seu primeiro livro. “Ele me abriu muitas portas, em todas as editoras.” Escreveram juntos dois volumes de “Cartas entre Amigos”.

O padre critica o uso político do aborto por alguns setores da igreja, na campanha eleitoral. Panfletos contra Dilma foram distribuídos em celebrações, pregando que não se votasse nela por ter defendido a descriminalização da prática. “Naquele segundo turno, vivemos um momento delicado, em que questões importantes poderiam ter sido discutidas e não foram. Parecia, mais uma vez, uma imposição idiota: ‘Não vote nela por causa disso’. Depois ninguém voltou a falar do assunto, porque era interesse de ocasião.” Para ele, a igreja não pode discutir o tema só na eleição, “para não fazer voto de cabresto quando o povo tiver que decidir”.

Ele se declara “radicalmente contra” o aborto, mesmo em caso de risco para a mãe ou violência sexual. “A vida está acontecendo. E mesmo que metade seja de um estuprador, metade é minha [da mulher]. Sou a guardiã dessa vida.”

Já os homossexuais, afirma, são “mal interpretados” ao lutar pelo reconhecimento de sua união. “A necessidade de se falar sobre o casamento gay nasceu porque, após a morte de um dos cônjuges, a família, que nunca cuidou deles, quer ficar com aquilo que eles construíram juntos. Aí eu te pergunto: um conceito religioso pode cometer essa injustiça? Não.” Ele é contra os gays se casarem na igreja. “E em nenhum momento nos pediram para fazer isso. Eles não estão reivindicando cerimônia religiosa.”

Veja matéria da TV Fama do dia 04/10/11 após as criticas do Pe. Marcelo Rossi em entrevista para EGO – confira o post CLIQUE AQUI

post inforgospel.com.br – via: Folha Gospel – com informação citada como fonte a Folha de São Paulo 

138 comentários sobre “Pe Fábio de Melo responde criticas do Pe Marcelo Rossi – Confira…

  1. marli monteiro 17 de julho de 2012 14:43

    eu acredito no amor que o padre fabio demonstra em seu olhar .ele me mostra ser um homem puro diante de deus.e eu tenho um desejo enorme em poder receber sua bençao.e diser a ele como suas palavras me fiseram refletir em muitos momentos dificeis.eu gostaria muito de conhece_lo .e receber sua bençao…que o senhor (padre fabio)continue sendo essa bençao em nosso mundo.

  2. Julia 31 de agosto de 2012 15:07

    olha.. eu achei o padre fábio mais coeso em suas palavras, mas também já conhecemos o padre marcelo rossi. quem tá por fora e ouve cada um falar, se põe no papel de juiz, sem saber quem está mais errado ou menos certo. mas para nós, que somos católicos, devemos rezar pelos nossos padres porque é isso que o demônio quer, colocar intrigas dentro da igreja, entre religosos e leigos. não podemos deixar. Deus é mais!

  3. josenildo galvão 16 de setembro de 2012 23:11

    para,mim não importa usar o habito ou não.o quee me importo de verdade é o coração de ambôs os padres e nesse ponto vejo nós dois muito amor a ser destribuido neste mundo,atraves do trabalho que vcs fazem.sou evangélico e um mas isto não me impede de ser um grande admirador do trabalho dos dois padres que amo e que peço vossas bençãos.continuem deste jeito,pois não façam o que a midia que,pois ela quer é instalar um dilema entre os dois é assim que a midia vive e disto se faz. que Deus abençõe a todos.

  4. viviane de queiroz 23 de outubro de 2012 18:38

    nao tenha duvida se uns dos dois quiser usar ou nao , nao importa que o padre fabio fala vem do coraçao

  5. edimar 28 de outubro de 2012 16:52

    se vc parar e ve o “padre fabio ” nao transmite o deus de verdade e de simplicidade que todo padre tem por obrigaçao transmitir

  6. Mauro Carvalho 22 de novembro de 2012 13:30

    Cabe lembrar ao Pe Fábio de Melo que o Pe Zezinho não usa batina mas não abdica de suas vestes religiosas em público e da presença da Cruz de Cristo no peito, um sinal claro do sacerdote católico. As vestimentas apertadas também denunciam a má conduta de Fábio de Melo.

    Quanto ao reconhecimento civil dos gays a Igreja é clara:

    O papa Bento 16 disse na segunda-feira que o casamento homossexual é uma das várias ameaças atuais à família tradicional, pondo em xeque “o próprio futuro da humanidade”.

    Foram as declarações mais fortes já proferidas pelo pontífice contra o casamento homossexual, durante um pronunciamento de ano novo a diplomatas de quase 180 países acreditados no Vaticano, abordando questões econômicas e sociais contemporâneas.

    Segundo Bento 16, a educação das crianças precisa de “ambientes” adequados, e “o lugar de honra cabe à família, baseada no casamento de um homem com uma mulher”.

    “Essa não é uma simples convenção social”, disse o papa, “e sim a célula fundamental de cada sociedade. Consequentemente, políticas que afetam a família ameaçam a dignidade humana e o próprio futuro da humanidade”.

    Se Fábio de Melo não está alinhado com os ensinamentos da Igreja Católica, que largue as suas funções de religioso e viva a sua vida e suas idéias longe da Igreja Una sem causar mais confusões.

    Ao Pe Marcelo Rossi, que cante as musicas religiosas longe dos cantores seculares que já cansaram de dizer NÂO as suas investidas de conversão, nenhum deles foram capazes de negar a vida mundana que levam.

  7. gi 24 de dezembro de 2012 10:41

    A biblia diz é bem clara para nao adoramos imagens ou seja nao fazer idolatria e porque tem tanto disto. Nao é religiao que vai levar ninguem ao ceu e sim a palavra de Deus. A biblia diz para nao sermos somentes ouvintes da palavra e sim cumpridores da palavra. Quer conhecer a verdade leia a biblia. A biblia diz conheça a verdade e a verdade vos libertara. A biblia diz em jeremias cap 17 vers. 5 maldito o homem que confia no homem. Confia no senhor.Somente Deus é digno de toda adoração e louvor nao se enganem adorando algo que nada pode fazer. Nao é maria ou aparecida etc que opera na vida de ninguem e sim Deus.Se tem pessoas que acreditam nisto e se acontece digamos um milagre é porque Deus ainda esta tendo misericordia mas é ele quem opera.. o diabo veio pra matar. roubar.e destruir. O ceu e inferno existem.! vigiem!

  8. VINICIUS 2 de janeiro de 2013 21:33

    ISSO É GANÂNCIA POR DINHEIRO E O PADRE MARCELO ROSSI JÁ QUE QUER SER CANTOR DEIXE A BATINA E VIRE UM PLAY BOY ARTISTA E VÊ SE COMPÕE SUAS PRÓPRIAS MÚSICAS DEIXA DE FICAR PEGANDO MÚSICAS EVANGÉLICAS DE GRANDES SUCESSOS PARA CANTAR TAMBÉM, ISSO PARECE SER DESESPERO DA IGREJA CATÓLICA QUE TINHA O BRASIL COMO UM PAÍS CATÓLICO E A NAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ ACELERADAMENTE SE TORNANDO EVANGÉLICA… EM BRASÍLIA EM APENAS 1 ANO A POPULAÇÃO EVANGÉLICA DOBROU… ISSO TEM HAVER COM O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL QUE CRESCE TBM ACELERADAMENTE. AS MENSAGENS DOS EVANGÉLICOS TRAZEM MAIS FORÇA, PENSAMENTO POSITIVO, E MAIS VONTADE DE BATALHAR E VENCER NA VIDA DO QUE AS LITURGIAS REPETITIVAS DO CATOLICISMO. EM POUCO TEMPO OS EVANGÉLICOS SERÃO A MAIORIA NO BRASIL E O BRASIL SERÁ UM PAÍS DE 1º MUNDO

  9. Lourdes 12 de janeiro de 2013 00:33

    O padre Fábio de Melo, tem toda minha admiração,. É sábio, amoroso, humilde e muito humano. Muito tem nos ensinado com seu testemunho de vida, composições e literaturas. Precisamos ter respeito e gratidão a pessoas assim como o padre Fábio de Melo que dedicam suas vidas para amenizar as dores da humanidade e ensinar-lhe o caminho certo que é JESUS! Amo esse padre que é a humildade em pessoa. Ele tem todo meu respeito e admiração.

  10. Maria Beatriz 9 de fevereiro de 2013 23:39

    Eu nunca fui católica ,vivo todas as religioes e digo que o dia em que a humanidade deixar de se discriminar por crenças e deixarem de ser tão limitadas em suas crenças ,o mundo se tranformará e todos então poderão realmente estar EM JESUS!!!
    Amo padre Fabio de Melo,amo padre Marcelo ,amo Chico Xavier,amo Sai Baba ,Buda ,os católicos ,os evangelicos ,os espiritas ,os budistas …..Todos são expressão de Amor Divino!!!
    infelizes aqueles que vivem limitados em uma só crença e acham que Deus exclui as outras ,e acham que Jesus é só deles,e que o resto está PERDIDO!!
    Felizes aqueles que vivem em UNIDADE,que podem ir em qualquer templo SAGRADO de qualquer religiaõ e saber que alí esta´a presença do PAI DE TODOS!!!è isso que Jesus veio fazer aqui ,e a humanidade até agora não deixou cair a ficha.è isso que Ele quiz nos dizer com o :Amai-vos uns aos outros ,assim como eu vos amei.
    Entendam ,o que há de errado em cada religião é o que o homem acrescentou,por que o Sagrado é o mesmo em TODAS!!!!!!
    Qdo conseguirmos entender isto ,o mundo se transformará!!!
    Não sei por que tanta resistencia?
    Em Deus e em unidade
    Maria Beatriz

  11. Filipe Silva 18 de fevereiro de 2013 10:06

    A Igreja Católica Romana está tão dividida, que os próprios padres pops estão tendo desavenças em público.

    Não importa se o Fabio de Melo fala o que vem do coração (A obrigação dele é falar o que vem do coração de DEUS).

    A igreja Católica está falida. São papas e concílios que nada tem a ver com a palavra verdadeira que liberta o homem do pecado. É muita mariologia, é a infalibilidade papal e tantos outros dogmas que fogem completamente da bíblia.

    Abra seu olho!!

  12. maria de fatima 15 de março de 2013 21:35

    oi padre eu estou muito tristes padre estou gravida e estou com depessoa oq eu faso padre meu deus oq sera da minha vida

  13. Raimundo Valente 23 de março de 2013 14:28

    Fábio, você não é Padre e nunca será, querer ser artista é uma coisa más enganar as pessoas é pecado viu!

  14. Carlos 28 de abril de 2013 23:53

    O que vejo são muitas pessoas que se dizem cristãs e nunca leram a Bíblia, dai criticam quem lê e a segue. Ser cristão de verdade não é fácil, as pessoas querem pertencer ao mundo e adaptar a palavra de DEUS ao seu modo de vida, quando são lembrados dos preceitos passados por ele na Bíblia chamam estas pessoas de radicais pelo simples fato de nunca terem lido realmente a Bíblia, só conhecerem um ou outro versículo e só. Querem ser do mundo sejam do mundo, mas não mudem os ensinamentos de DEUS, pois quem faz isto é um hipócrita e não um cristão! Se você crê em outros deuses, avatares e outras coisas, uma coisa é certa cristão você não o é!

  15. George Lins 25 de maio de 2013 21:55

    Uma discursão desnecessária criada pela mídia.
    Não escutei o que disse o Pe Marcelo, só ouvi falar.
    Concordo com o Pe Fábio. Ele é muito sincero e convincente em suas respostas.
    Quanto às vestes e ao cachê o que tenho a dizer é que Jesus Cristo usava as mesmas vestes do pessoal de sua época e uma vez Ele disse: “dai a Cézar o que é de Cézar e a Deus o que é de Deu”. As missas são para Deus e seu povo. Os cachês são para os trabalhadores (comparando, os Cézares).

  16. Mariclara Marques 16 de julho de 2013 15:36

    Gente, é esse tipo de coisa que dá margem pras outras religiões detonarem com a Igreja Católica.
    Não são os dois por Cristo? Então. Deixem essas bobagens de lado, por amor.
    Mas realmente concordo que o Pe. Fábio de Melo tem que parar com esse negócio de camisa de grife. Mas a batina do Pe. Marcelo pode ser “lida” da seguinte forma: a sua ordem não é franciscana, mas usar um hábito parecido com os dos padres franciscanos pode evocar uma afinidade, predileção pelo que é dessa ordem, como a opção pela pobreza e o desapego (um padre franciscano passa no máximo 6 anos numa paróquia entrando e saindo dela apenas com o que trouxe: carros pertencem à paróquia não a eles (a não ser que tenha uma profissão (muitos são professores de filosofia e por esse trabalho recebem um salário) que lhes permita comprar um – o Papa mesmo, que nem franciscano é, anda de ônibus e nutre simpatia e afinidade por São Francisco)… Nesse sentido é positivo que o Pe. Marcelo use uma batina que lembra a dos franciscanos: significa que ele pensa numa Igreja da mesma forma que São Francisco pensou: voltada para o cristianismo dos primórdios. Não sei o que se passa no seu íntimo e disso só Deus sabe, mas que a batina pode simbolizar isso, realmente pode.
    Quem é padre fez uma opção diferente da dos outros homens. Logo, não pode se igualar a eles nesse sentido, especialmente na vaidade.
    Além disso, “padre pop-star” são duas palavras que não deviam estar na mesma frase: uma contradiz a outra, as opções (e atitudes) de um contradiz as do outro. Assim, isso tb não é cabível. Não vejo nenhum problema ter projeção na mídia (é um veículo a que se tem que recorrer). Só não se pode deixar que isso suba à cabeça. Afinal é por Cristo ou por si mesmos que estão nessas?

  17. helen souza 22 de julho de 2013 16:26

    Leiam Marcos 1;2 e verão Jesus usando um burrinho. Sem pompas, sem glamour, sem músicas direcionadas a um sentimentaloide culto…. só palavra de Verdade, e como Ele mesmo ensinou….EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA…Pare e pensem.

  18. Dinorah de Oliveira 27 de julho de 2013 19:08

    Padre Fábio, o Sr. é um very handsome man, indeed! Deve ser um excelente pregador da Palavra e verdadeiro Pastor do seu rebanho tb. Mas para cantar para o Papa Francisco, ah que decepção! Parecia que o Sr. estava cantando no programa da F.Bernardes… O Sr. cantou baixo, como se fosse para uma pequena audiência, em ambiente fechado. Eu esperava ouvir o Sr. abrir o gogó e deixar sair do seu interior toda a força da sua juventude, todo entusiasmo que o momento exigia. E que música mais sem graça para aquela ocasião, muitos “bem-vindos” mas sem emoção. Essa música tinha de ser mais vibrante, que nos fizesse (e tb ao Papa) chorar de emoção… Agora já passou, fica para a próxima, não é? Não me tome como uma crítica destrutiva mas construtiva. E viva o Papa Francisco!

  19. Paulo Roberto 31 de julho de 2013 13:18

    Concordo plenamente com os comentários da Sra. Julia e do Sr. Josenildo (2º e 3º comentários), quando dizem: “é isso que o demônio quer, colocar intrigas dentro da igreja, entre religiosos e leigos. Não podemos deixar. Deus é demais!” e “para mim não importa usar hábito ou não, o que importa de verdade é o coração de ambos os padres . . . continue deste jeito, pois não façam o que a mídia quer, pois ela quer é instalar um dilema entre os dois é assim que a mídia vive e disto se faz. que Deus abençoe a todos”.
    Católicos? Evangélicos? . . . o que importa? Importante é termos cada dia mais pessoas dentro das igrejas, principalmente os jovens, ouvindo a palavra, seja através de um Padre ou Pastor, mas seguindo a Deus, pois esse é o único caminho para que o mundo alcance a PAZ.

  20. Divina 28 de agosto de 2013 09:02

    Padres jovens e bonitos, dá nisso, e cantores! Por ser padre deveriam ambos ter mais sabedoria. De um lado o padre Marcelo, professor de educação física que usava bomba para seus músculos, conquistou as fiéis mais velhas, seguido o padre Fábio, outro padre bonito que cuida da aparência também. Ambos gostam de serem amados pelo maior numero de fã, ou seja fiéis…Ambos conquistaram seu lugar no sucesso…Quem deve ser amado e querido é DEUS, quem tem que ser sucesso é DEUS, e se estão estranhando um ao outro, onde está DEUS no coração??? No mundo há espaço para todo que levam a palavra de DEUS, por favor, OREM a DEUS e ao POVO e não gastem tempo reparando um no outro, pois o povo tem olho também.

  21. Mauro Carvalho 30 de outubro de 2013 12:19

    Volto ao blog para informar aos cristãos que a lei do aborto PLC 03/2013 foi aprovada por Dilma Rouseff onde qualquer jovem grávida poderá abortar sem qualquer comprovação que comprove que a mesma tenha sido vítima de violência, basta chegar na rede credenciada e pedir para abortar.

    O anúncio feito em agosto de 2013 da sanção presidencial foi feito pela ministra Eleonora Menicucci, que explicou que as mulheres brasileiras sofrem um estupro a cada 12 segundos e que a nova lei, PLC 03/2013, será uma solução para a difícil situação delas.
    Mas a nova lei ajuda mais o aborto do que as vítimas de violência sexual.

    Menicucci se gabou de que fez dois abortos, ainda que seja contra a lei no Brasil. Ela disse que foi treinada a realizar abortos na Colômbia em 1995.
    A nova lei de aborto não solucionará a crise de estupros em massa no Brasil. A impunidade está desenfreada na sociedade brasileira. Os assassinos e os estupradores ficam impunes. Mas as pró-aborto Rousseff e Menicucci asseguraram que os bebês em gestação não ficarão impunes.
    A nova lei tem um jeito amplo de definir “violência sexual.” De acordo com a Dra. Damares Alves, assessora pró-vida no Congresso Nacional, a lei diz que “violência sexual é qualquer relação sexual não consentida” em seu artigo 2. A Dra. Damares disse que se uma esposa for a um hospital e disser que engravidou do marido por sexo não consensual, ela está qualificada para a condição de vítima de violência sexual.

    Com a palavra o Pe Fábio de Mello.

  22. Mauro Carvalho 30 de outubro de 2013 12:24

    gi disse:
    24 24America/Sao_Paulo dezembro 24America/Sao_Paulo 2012 às 10:41

    No Catecismo da Igreja Católica o ensino da Igreja sobre o uso das imagens. Lá encontramos:

    2131. Com base no mistério do Verbo encarnado, o sétimo Concílio ecuménico, de Niceia (ano de 787) justificou, contra os iconoclastas, o culto dos ícones: dos de Cristo, e também dos da Mãe de Deus, dos anjos e de todos os santos. Encarnando, o Filho de Deus inaugurou uma nova «economia» das imagens.

    2132. O culto cristão das imagens não é contrário ao primeiro mandamento, que proíbe os ídolos. Com efeito, «a honra prestada a uma imagem remonta (63) ao modelo original» e «quem venera uma imagem venera nela a pessoa representada» (64). A honra prestada às santas imagens é uma «veneração respeitosa», e não uma adoração, que só a Deus se deve:

    «O culto da religião não se dirige às imagens em si mesmas como realidades, mas olha-as sob o seu aspecto próprio de imagens que nos conduzem ao Deus encarnado. Ora, o movimento que se dirige à imagem enquanto tal não se detém nela, mas orienta-se para a realidade de que ela é imagem» (65).” (Catecismo da Igreja Católica, 2131-2132.)

    Na Sagrada Escritura há outras passagens que condenam a confecção de imagens como, por exemplo: Lv 26,1; Dt 7,25; Sl 97,7 e etc. Mas também há outras passagens que defendem sua confecção como: Ex 25,17-22; 37,7-9; 41,18; Nm 21,8-9; 1Rs 6,23-29.32; 7,26-29.36; 8,7; 1Cr 28,18-19; 2Cr 3,7,10-14; 5,8; 1Sm 4,4 e etc.

    A ignorância evangélica sobre os ensinamentos da Igreja Católica continua a pleno vapor. Aos menos antes de emitirem críticas de juízo, estudem com muita seriedade para não cairem em contradições.

    Paz e Bem

  23. MARIA DO SOCORRO SILVEIRA MAGALHAES 3 de novembro de 2013 17:09

    Acho que o padre Fábio não tem nada de padre. Ele deve deixar a igreja e ficar na mídia, pois já está rico, cobra altos cachês. Eu vi esse padre em roupas de ginástica e fiquei horrorizada com os trajes sumários. Mesmo para uma pessoa laica já era ridículo.
    Gosto do Pe Zezinho este sim, me convence.

  24. maria 15 de dezembro de 2013 16:17

    Esses dois padres, são SERES HUMANOS maravilhosos que evangelizam com muito amor. Padre Fabio eu quero sempre vê-lo no Círio de Nazaré, esse ano aproveita para trazer o padre Marcelo eu nunca o vi nessa romaria que é Patrimônio Mundial de Humanidade) um abraço e Deus abençoe vocês dois pela linda missão que é ensinar a adorar Jesus e respeitar Maria.

  25. humberto manhani 9 de março de 2014 21:08

    Se sou popular e dou opiniões a respeito disso ou daquilo, estou atraindo as pessoas para me seguirem. As opiniões de um sacerdote devem ser voltadas para as coisas de Deus. Padre Fábio deve dar o exemplo através de uma conduta mais reservada, pois já recebeu a sua recompensa quando se expõe com tanta veemência. Um padre tem que ter humildade e simplicidade. Jesus deve ser o guia. Jesus não vestia Armani e não se expunha através das vestimentas. Ele é o exemplo que deve ser seguido.

  26. Rafael 14 de abril de 2014 10:26

    Não sou católico,
    mas o importante é não julgar, (não julgar, para não ser julgados)
    não vamos julgar os padres, ou qualquer outra pessoa.
    aí estaremos destruindo nossa alma, nos afastando de Deus.

    o único perfeito é Deus, Jesus. Nunca esqueçam

  27. Éverton Franklin 8 de junho de 2014 09:31

    Não vi nada de mais no “rebatimento do Pe. Fábio de Melo”, muito menos o Pe. Marcelo ter atacado o Pe. Fábio, o que eu vi foi a mídia sensacionalista querer colocar as discórdias entre os dois.
    No livro do Pe. Marcelo (Kairós), o prefácio foi do Pe. Fábio de Melo. O que me deixa triste é que um site evangéico como esse, que deveria estar evangelizado, está lançando a discórdia assim como a mídia do mundo!

  28. Jaqueline 2 de julho de 2014 23:25

    Adoro o pe Fábio de Melo é td de bom,abençoado,iluminado só oferece coisas boas pra nós católicos…ele é nossa luz

  29. Isadora 4 de setembro de 2014 13:17

    …o Padre Marcello Rossi esteve aqui no meu bairro e além de so escrever no “Agape ” de quem comprasse na livraria do shopping no dia do autografo, ele me olhou com desdém e não aceitou (leva esse troço de volta foi o q disse) quando ofereci um cachorrinho de pano que fiz pois faço artesanato além de dizer qualquer coisa sobre saber o q eu queria de verdade. Chorei e até hoje choro pq me senti desrespeitada. Não falo mau do padre mas decepcionei-me…

  30. Maria Izabel 26 de setembro de 2014 01:49

    Os padres pregam o amor pelo próximo ,todavia ficam se digladiando na mídia .que coisa feia para nós católicos, se existem arestas as aparem muito longe da mídia, principalmente desse programa que não respeita ninguém, querem audiência através de fofoca, não importando se vão ferir ou não a integridade dos outros ou simplesmente fazer intriga, eu não suporto se tipo de matéria, também entendo que os padres não se prestar a esse tipo de coisa

  31. maria 8 de novembro de 2014 07:26

    Cabe ressaltar que : Se alguem evangeliza a qualquer ser humano, ão é bonito em nada, mais é super carismático que não conseguimis encontrar feirura nenhuma e sim o próprio DEUS ali presente sendo usado pelo padre MARCELO ROSSi. Se ele não se salvar, ai de nós. Força Padre Marcelo, os outros gostariam de ser o que és, mais não são e dai concluimos o seu sofrimento que se chama : INVEJA de poder elevar o nome de Deus no ápice.

  32. Thalya Muniz 22 de novembro de 2014 13:42

    Hoje até os padres não aguentam tanta mentira,” O Marianismo ” idolatrar a Maria , imagens, Santos , não é pecado? Maria era uma mulher humana sujeita a falha e a pecar mas Deus escolheu ela para ter Jesus. mas por causa disso idolatram ela , chegam a colocar ela só como o centro de tudo, Jesus ele sim é o ser supremo, que opera milagres, e esquecem eles as vezes, está na biblia que nao devemos adorar imagens , isso se chama idolatria , idolatria é pecado, mas na blia católica , a palavra é totalmente diferente, criaram outra biblia para eles de acordo com a doutrina catolica. a palavra de Deus é única , nao tenho preconnceito contra os catolicos , so peço que vcs nao se enganem, nao fiquem durante anos neste engano, creia na verdadeira palavra de Deus, se vcs fizerao pedidos a santos e foram atendidos, nao pense que foi a santa que operou o milagre , mas foi a sua fé que te salvou Deus operou atravez da sua fé, Saiam do engano enquanto ha tempo, na biblia diz que vao vim falsos profetas para tentar te enganar, mas de ouvidos a verdadeira palavra de Deus.
    Que O Senhor te abençoe. e te faça Feliz.

  33. Geraldo Angelo 25 de novembro de 2014 00:34

    Desculpa mas a referencia certa é Atos 9:5
    E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.

    Atos 9:5

  34. Geraldo Angelo 25 de novembro de 2014 00:36

    Concordo com o Padre Fábio de Melo que Maria não é o centro, pois quem revelou a ele isso não foi carne nem sangue, foi o Espirito Santo de Deus. Pois a bíblia diz que todos dormem aguardando o dia do juízo com exceção de Jesus que esta com o Pai. Com isso quando ele afirma que não se deve venerar Maria ele diz que Cristo é o centro de tudo, Maria foi somente agraciada por Deus. A intercessão somente é aceita por Deus em Nome de Jesus, como pode pedir alguém que já morreu pra ser intercessor. Com toda certeza esse Padre esta lendo bíblia, e vai se converter ao cristianismo verdadeiro. Onde Jesus disse aos discípulos que foce pra todo mundo pregar o evangelho. Com isso Jesus esta mandando ir fazer discípulos para ele não para Maria, João, Pedro, José etc. Somente em JESUS tem salvação para aquele que o aceitar se alguém negar a ele, ele também negará diante do Pai. Abre os olhos, ler bíblia que nela que testifica do Senhor Jesus. Quem tem ouvido ouçam. Quem tem olhos deixe que as escamas do pecado saiam pra ver a verdade de Deus. E seguir a Paz com todos. Jesus disse
    “Dura coisa te é recalcitrar contra os aguilhões.”
    Atos 9:5
    Convém primeiro entender o significado: “recalcitrar” significa confrontar, resistir, desobedecer, teimar, revoltar-se contra.
    e “aguilhão” é uma espécie de espeto de ferro, de bronze ou até de prata, com o qual os carroceiros prendem o gado para puxar a carroça. Porém quando o boi era muito bravo ele se debatia contra os aguilhões e acabava se ferindo.
    Não tente debater com a palavra de Deus. Vai se machucar.

  35. pepe 21 de abril de 2015 09:27

    Essa boiolada engana um monte de incautos, isso é enganação dos idólatras pra cegar mais ainda esses rebeldes católicos!

  36. josé braz machado filho 31 de maio de 2015 15:44

    É COM TRISTEZA QUE VEJO O PE. FÁBIO DE MELO SER ATACADO POR FIÈIS CATÓLICOS POR ÊLE DIZER A VERDADE, POIS SÓ A BÍBLIA SAGRADA É A VERDADE DE DEUS EM JESUS CRISTO, NOSSO ÚNICO SENHOR E SALVADOR.BASTA DE TANTA IDOLATRIA E DOUTRINA CONTRÁRIA AOS ENSINAMENTOS DE JESUS,COMO ESTÁ REGISTRADO PELAS ESCRITURAS SAGRADAS. LEIAM NAS ESCRITURAS O QUE DISSE JESUS NO EVANGELHO SEGUNDO A JOÃO, NO CAPÍTULO 3 VERSÍCULO 13, BEM COMO O QUE DISSE JESUS A MARIA NAS BODAS DE CANÁ QUANDO ELA DISSE A ÊLE QUE VINHO HAVIA ACABADO……. ASSIM COMO FOI DITO POR ÊLE ( JESUS ) : ” AI DAQUELE QUE RETIRAR UM TIL OU UMA VÍGULA DESTAS ESCRITURAS E ASSIM ENSINAR AOS HOMENS.”……

  37. Daise 26 de março de 2016 00:19

    Misericórdia se eu vê o padre Fabio dentro da igreja vou pecar a missa inteira

  38. SIDNEY 19 de março de 2017 12:24

    QUERIA SIMPLESMENTE QUE ELES FALASSEM A VERDADE AS PESSOAS QUE NÃO INVENTASSEM NADA DE SEU CORAÇÃO E SIMPLESMENTE PREGASSEM O QUE DIZ A BÍBLIA SAGRADA O QUE ELS FAZE É SERVIR DE PEDRA DE TROPEÇO PARA MUITOS. Mateus 18:6 mas quem puser uma pedra de tropeço no caminho de um destes pequeninos que crêem em mim, melhor seria que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e que fosse lançado no fundo do mar.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.