Evangélicos no Brasil – Confira ranking por capitais conforme estudo da Revista Exame

Com informação no último CENSO 2010 do IBGE, onde se constatou o crescimento dos evangélicos no Brasil a Revista Exame pelo Marco Prates, publicou uma post informando as capitais do Brasil e o número de evangélicos em cada uma delas. – Confira, veja em que posição está a sua capital e comente…

Não é novidade para ninguém que nenhuma religião se expande a ritmo tão acelerado quanto a evangélica no Brasil, apesar do país ainda ser a maior nação católica do mundo em termos absolutos (123 milhões – 64,6% da população).

Hoje, 42,3 milhões de pessoas – 22,2% da população brasileira, segundo o Censo 2010, do IBGE – são evangélicas. Dez anos antes, 15,4% dos cidadãos se declaravam da religião.

Mas se nacionalmente 2 em cada 10 brasileiros são evangélicos, em algumas capitais, o números aumenta para 4. Em outras, é apenas um.

São Paulo tem mais evangélicos que qualquer outra cidade do Brasil, 2,3 milhões, mas em termos percentuais fica longe de Rio Branco (AC), onde a presença de católicos e evangélicos é quase igual.

O segmento mais numeroso da religião evangélica são os pentecostais, sob a liderança da Assembleia de Deus, com 12 milhões de fieis. Entre as de Missão, a Batista lidera, com 3,7 milhões de pessoas.

Confira as 27 capitais e comente…

1ª Rio Branco (AC) – 39,54%

Evangélicos: 39,54% (120,8 mil pessoas)
Católicos: 40,44%
Espíritas: 1,02%
Umbanda e Candomblé: 0,05%
Outras: 3,25%
Sem religião: 15,51%

2ª Manaus (AM) – 35,19%
Evangélicos: 35,19% (577,2 mil pessoas)
Católicos: 54,1%
Espíritas: 0,76%
Umbanda e Candomblé: 0,09%
Outras: 3,02%
Sem religião: 6,74%

3ª Palmas (TO) – 32,77%
Evangélicos: 32,7% (68.189 mil pessoas)
Católicos: 54,56%
Espíritas: 1,84%
Umbanda e Candomblé: 0,02%
Outras: 3,18%
Sem religião: 7,79%

4ª Porto Velho (RO) – 32,16%
Evangélicos: 32,16% (126,4 mil pessoas)
Católicos: 48,75%
Espíritas: 1,16%
Umbanda e Candomblé: 0,11%
Outras: 3,26%
Sem religião:13,75 %

5ª Boa Vista (RR) – 32,09%
Evangélicos: 32,09% (82.624 mil pessoas)
Católicos: 46,96%
Espíritas: 3,62%
Umbanda e Candomblé: 0,15%
Outras: 4,27%
Sem religião: 14,89%

6ª Goiânia (GO) – 32,07%
Evangélicos: 32,07% (390,3 mil pessoas)
Católicos: 51,25%
Espíritas: 4,42%
Umbanda e Candomblé: 0,1%
Outras: 3,05%
Sem religião: 9%

7ª Campo Grande (MS) – 30,22%
Evangélicos: 30,22% (220,6 mil pessoas)
Católicos: 51,93%
Espíritas: 3,65%
Umbanda e Candomblé: 0,27%
Outras: 3,3%
Sem religião: 10,38%

8ª Vitória (ES) – 29,19%
Evangélicos: 29,19% (89,9 mil pessoas)
Católicos: 54,57%
Espíritas: 2,77%
Umbanda e Candomblé:0,16 %
Outras: 2,55%
Sem religião:10,61 %

9ª Belém (PA) – 28,24%
Evangélicos: 28,24% (365,3 mil pessoas)
Católicos: 62,32%
Espíritas: 1,6%
Umbanda e Candomblé: 0,2%
Outras: 2,14%
Sem religião: 5,35%

10ª Macapá (AP) – 26,59%
Evangélicos: 26,59% (95,4 mil pessoas)
Católicos: 65,33%
Espíritas: 0,61%
Umbanda e Candomblé: 0,12%
Outras: 1,92%
Sem religião: 5,35%

11ª Brasília (DF) – 26,58%
Evangélicos: 26,58% (632,8 mil pessoas)*
Católicos: 56,91%
Espíritas: 3,62%
Umbanda e Candomblé: 0,23%
Outras: 3,42%
Sem religião: 9,07%

* Considera todo o DF

12ª Cuiabá (MT) – 26,33%
Evangélicos: 26,33% (134,3 mil pessoas)
Católicos: 58,67%
Espíritas: 3,26%
Umbanda e Candomblé: 0,13%
Outras: 3,85%
Sem religião: 7,6%

13ª Recife (PE) – 24,8%
Evangélicos: 24,8% (357,4 mil pessoas)
Católicos: 54,74%
Espíritas: 3,68%
Umbanda e Candomblé: 0,25%
Outras: 2,23%
Sem religião: 14,21%

14ª Belo Horizonte (MG) – 24,6%
Evangélicos: 24,6% (551,3 mil pessoas)
Católicos: 60,32%
Espíritas: 4,15%
Umbanda e Candomblé: 0,17%
Outras: 2,66%
Sem religião: 7,95%

15ª Curitiba (PR) – 24,03%
Evangélicos: 24,03% (394,9 mil pessoas)
Católicos: 62,36%
Espíritas: 2,8%
Umbanda e Candomblé: 0,26%
Outras: 3,69%
Sem religião: 6,71%

16ª João Pessoa (PB) – 23,87%
Evangélicos: 23,87% (160,5 mil pessoas)
Católicos: 63,62%
Espíritas: 1,77%
Umbanda e Candomblé: 0,16%
Outras: 2,3%
Sem religião: 8,01%

17ª Maceió (AL) – 23,5%
Evangélicos: 23,5% (202,3 mil pessoas)
Católicos: 62,26%
Espíritas: 1,41%
Umbanda e Candomblé: 0,15%
Outras: 2,23%
Sem religião: 10,36%

18ª São Luís (MA) – 23,47%
Evangélicos: 23,47% (220,4 mil pessoas)
Católicos: 66,22%
Espíritas: 0,65%
Umbanda e Candomblé: 0,12%
Outras: 1,93%
Sem religião: 7,45%

19ª Rio de Janeiro (RJ) – 23,05%
Evangélicos: 23,05% (1,372 milhão de pessoas)
Católicos: 51,47%
Espíritas: 6,05%
Umbanda e Candomblé: 1,32%
Outras: 4,54%
Sem religião: 1,32%

20ª São Paulo (SP) – 21,88%
Evangélicos: 21,88% (2,306 milhão pessoas)
Católicos: 58,47%
Espíritas: 4,84%
Umbanda e Candomblé: 0,63%
Outras: 4,82%
Sem religião: 9,2%

21ª Fortaleza (CE) – 21,12%
Evangélicos: 21,12% (482 mil pessoas)
Católicos: 68,22%
Espíritas: 1,33%
Umbanda e Candomblé: 0,22%
Outras: 2,47%
Sem religião: 6,5%

22ª Natal (RN) – 20,65%
Evangélicos: 20,65% (155,5 mil pessoas)
Católicos: 67,64%
Espíritas: 1,86%
Umbanda e Candomblé: 0,08%
Outras: 1,89%
Sem religião: 7,79%

23ª Salvador (BA) – 19,42%
Evangélicos: 19,42% (487,4 mil pessoas)
Católicos: 51,94%
Espíritas: 3,33%
Umbanda e Candomblé: 1,08%
Outras: 6,57% (maior do Brasil)
Sem religião: 17,28% (maior do Brasil)

24ª Aracaju (SE) – 15,15%
Evangélicos: 15,15% (80,3 mil pessoas)
Católicos: 70,89% (maior do Brasil)
Espíritas: 2,81%
Umbanda e Candomblé: 0,41%
Outras: 2,39%
Sem religião: 8,12%

25ª Teresina (PI) – 13,25%
Evangélicos: 13,25% (100 mil pessoas)
Católicos: 79,13%
Espíritas: 0,88%
Umbanda e Candomblé: 0,15%
Outras: 2,06%
Sem religião: 4,4%

26ª Florianópolis (SC) – 12,81%
Evangélicos:12,81% (50,9 mil pessoas)
Católicos: 63,68%
Espíritas: 7,48% (maior do Brasil)
Umbanda e Candomblé: 0,66%
Outras: 3,39%
Sem religião: 11,76%

27ª Porto Alegre (RS) – 11,65%
Evangélicos: 11,65% (155 mil pessoas)
Católicos: 63,85%
Espíritas: 7,03%
Umbanda e Candomblé: 3,35% (maior do Brasil)
Outras: 3,64%
Sem religião: 10,38%

post inforgospel.com.br – com informação Exame.com -por: Marco Prates-27/02/13

11 comentários sobre “Evangélicos no Brasil – Confira ranking por capitais conforme estudo da Revista Exame

  1. Sansão 28 de fevereiro de 2013 11:56

    A questão de crescimento de rebanho, isso é cíclico. O esvaziamento de uma religião para o engrandecimento de outra é comum. Isso significa que a pessoa não estava bem em uma determinada denominação e resolveu trocar. Isso ocorre com frequência entre as igrejas evangélicas. Não gostei do pastor, vou para a outra denominação. Esses números não significam qualidade, uma vez que os que se diziam católicos e que trocaram de religião, eram católicos apenas no nome – como sempre houve na história da igreja. O mesmo ocorre com os evangélicos. Não podemos negar o crescimento, mas quantas pessoas que se dizem evangélicas (e que eram católicas um dia, ou do candomblé, ou espíritas ou outras denominações), principalmente artistas, que foram para igrejas evangélicas, mas que seus atos não condizem com as pregações de Cristo? Acho que mais do que ficar comparando números, dizendo que esta é a maior, esta é a menor, é preciso, sim, fazer um trabalho de formação daqueles que dizem seguir o cristianismo e cobrar que seus comportamentos sejam exemplares. Principalmente nossos políticos, que independente das denominações religiosas, estão mostrando faces nada cristãs.

  2. DENILSON 11 de abril de 2013 01:15

    Eu quero fazer uma pergunta, vocês Evangélicos não adoram a nossa Senhora, porquê? Estou esperando.-respondido

  3. DENILSON 11 de abril de 2013 09:21

    Bom Dia, é que eu sou católico, mas eu tenho uma queda pela religião Evangélica, sou dificiente porquê eu tive um derrame cerebral com 28 anos, ou A.v.c(Acidente vascular cerebral) mas agora estou com 45 anos foi o derrame 18/12/1995. Não sei quem me falou que a Religião Evangélica não adoram a nossa Senhora Aparecida e eu estou perguntando? porquê todas as religões vai dar a um só Deus, não é. Estou esperando, o meu e:mail esta ai. Obrigado e Um Bom Dia.-Respondido

  4. Taisson 22 de abril de 2013 22:35

    Denilson,eu poderia citar oais de 100 passagens biblicas aonde nos não devemos adorar idolos tanto vivos como mortos.Maria foi um intrumento de Deus escolhida para dar a luz ao Filho de Deus Jesus Cristo que sempre existiu antes mesmo da a criação da humanidade.Não morreu virgem teve outros filhos .O proprio Senhor Jesus disse “Somente ao Senhor teu Deus adoraras e só a ele servirás.Jesus ao morrer na cruz recuperou a posição de Filho de Deus que antes exercia ,igual ao Pai. E DEUS não tem mãe.

  5. Carlos Bahia 25 de novembro de 2013 00:13

    Este número(123 milhões – 64,6% da população), são pessoa que se dizem católico porque foram batizado quando criança, mas na realidade mais de 50% destes não frequentam sua igreja ou conhece a doutrina Católica.
    A igreja católica proibia os fiéis de ler a Bíblia. Hoje o povo está lendo e saindo da escuridão espiritual!
    O crescimento evangélico é diretamente proporcional ao crescimento educacional do Brasil. Há pouco tempo a Bíblia Sagrada era proibida pela
    O Evangelho de Cristo é simples, como o próprio Jesus disse jugo é suave e o fardo é leve.
    Tenho amigos padres, eles próprio admitem que a igreja precisa rever seus dogmas.
    Historicamente, podemos constatar que ao logo dos anos as diversas encíclicas bulas papais distorceram o Evangelho, criando dogmas que não tem consorciaria bíblica, estão mais para filosofias cregas e mitologias romanas, que para cristianismo. Não por acaso que a Igreja romana passa por importante crise moral e institucional.

  6. Rafael 18 de janeiro de 2014 23:01

    sabemos que os evangelicos precisa de estrutura psicologica e frieza para enfrentar a ironia,discriminação,rejeição,provocação etc.nós temos até sido censurados e excluidos da sociedade.a midia que patrocina pessoas para tentar impor -se leis ditadoras,mas não é toda a midia porque tem sido profissionais competentes e séria no que faz.

  7. remato 10 de março de 2014 22:44

    o crescimento evangelico e bom, mas o mais importante
    e o crescimento das missoes pelo mundo o que nao esta acontecendo na mesma proporçao, pois os evangelico seguem a biblia e nao a dirigem como certas religioes

  8. giba 11 de abril de 2014 14:50

    olá. Graças à Deus o número de evangélicos está crescendo,isso mostra que o IDE,está sendo levado à sério. Vamos continuar assim,levando a palavra de Deus a toda criatura,onde ela estiver. Jesus morreu por nós e muitas pessoas não têm feito nada para honrar eese ato de amor. Toda honra e toda glória seja dada a Jesus,único e incomparável.

  9. Sarides Freitas 20 de julho de 2014 20:28

    - é licito imitar Judas?

    O Brasil tem mais de quarenta milhões de evangélicos. Quantos são fiéis a Cristo? Difícil dizer. Fácil é constatar que uma parcela enorme, está apoiando quem não tem em Cristo o caminho que leva a Deus. Todos os evangélicos que apoiam o PT ou sua base aliada, não são dignos de Jesus Cristo. A Dilma não Crê em Deus! A Dilma é a favor do aborto. A Dilma é fã de Ditaduras comunistas. O comunismo é inimigo de Deus. A frase – “A religião é o ópio do povo”. Carl Marx. Dilma é fã de Carl Marx. Se aliar a quem apóia o comunismo é se aliar ao MAL. Quando o Pastor abre o Púlpito da Igreja para o político – o político entra pela porta da frente – e Jesus Cristo sai pela porta dos fundos. A política matou Cristo – Pense nisto!

    O eleitor cristão que se nega a votar, não trai o Cristo como Judas votando no Mal, mas ao não votar, lava as “mãos” como Pôncio Pilatos, o que é também trair o Cristo. Jesus disse: “Vigiai e orai”.

  10. BIANCA 20 de setembro de 2014 15:08

    ola eu fiquei agradecida pela resposta que o texto me deu muito obrigada obrigada mesmo pela resposta eu estava confusa de quantas pessoas dizem cristãs. beijo abraço sua fã

  11. bruno henrique 20 de setembro de 2014 15:10

    muio obrigado mesmo.eu adoro o seu site thau.kkkkkkkkkkkkkkk

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


− 5 = 2