Pastor indignado pergunta “Que benefícios as mega passeatas trazem para o Brasil?” – Leia

A concentração de milhares de pessoas em eventos e passeatas esta se tornando rotineira no Brasil, como o “carnaval”, “marcha da vadias”, “marcha da maconha” e as de mais visibilidade na mídia atualmente a “marcha para Jesus” e a “parada gay”. Pastor se mostra indignado com a valorização destes movimentos e não da vida. – Confira e comente…

O pastor Ciro Sanches Zibordi da Assembleia de Deus (Niterói-RJ) em seu blog postou no dia 02/05 um artigo intitulado “Parada da vergonha”, onde questiona quais benefícios as grandes concentrações de pessoas em passeatas e eventos trazem ao povo brasileiro. Enquanto o país num geral a violência aumenta a cada dia, os filhos e filhas dos brasileiros estão morrendo, a impunidade aumentando e muitas outras atrocidades acontecendo: pergunta “Que benefícios as mega passeatas trazem para o Brasil?” –  e diz o pastor: “Gostaria muito que todos os cristãos brasileiros, em vez de reunirem para megashows para gritar e pular, se unissem para chorar copiosamente pelo que está acontecendo nessa nação em que o número de evangélicos aumenta, mas sem gerar transformação da sociedade.”

-Confira o artigo na integra e comente…

Parada da vergonha

Que benefícios as mega passeatas trazem para o Brasil?

A onda de violência em São Paulo, Rio de Janeiro e importantes cidades brasileiras assusta. Dentistas são incendiados vivos. Mulheres e crianças são assassinadas por quem deveria protegê-las. Arrastões acontecem em restaurantes. Estupros ocorrem em transportes públicos. Balas perdidas encontram inocentes. Viciados em crack se drogam em praça pública. Sequestros relâmpago, latrocínios, assaltos… E muito mais!
Enquanto isso, a grande mídia só fala da maior Parada do Orgulho Gay do mundo, em São Paulo. Orgulho de quê? Orgulho de quem? Com todo o respeito aos milhões de participantes dessa mega marcha, ela muda em quê a vida dos cidadãos brasileiros? Em nada! Ela só serve para fins comerciais e não beneficiam a população como um todo. Gostaria muito que a multidão que participa de marchas capitalistas — e também do Carnaval e de outras mega passeatas, inclusive algumas ditas evangélicas — se reunisse para a Marcha da Vergonha! Isso mesmo. Vergonha de ser brasileiro.

Não tenho vergonha das coisas boas do Brasil, especialmente das maravilhas que Deus criou e das pessoas honestas e trabalhadores que vivem aqui. Tenho vergonha de pertencer a um país de políticos corruptos e egoístas, de uma nação que não valoriza a vida humana, que não se indigna e pouco se sensibiliza com a morte e o sofrimento de seus filhos. Gostaria muito que todos os cristãos brasileiros, em vez de reunirem para megashows para gritar e pular, se unissem para chorar copiosamente pelo que está acontecendo nessa nação em que o número de evangélicos aumenta, mas sem gerar transformação da sociedade.

Sim, tenho vergonha de ser brasileiro. Tenho vergonha de estar debaixo da autoridade de políticos egoístas, corruptos, que assistem a tudo de modo impassível. Até quando vamos festejar, enquanto pessoas são assassinadas, e a impunidade impera? Até quando vamos nos orgulhar, enquanto famílias choram por ter perdido seus entes queridos? Onde está a nossa indignação coletiva?

Onde estão os jovens de caras pintadas que forçaram a saída do presidente Fernando Collor? Onde estão os pretensos ativistas de direitos humanos? Eles só lutam por causas ligadas à libertinagem e seus próprios “direitos”? Não lutam eles pela segurança, pela justiça e o bem-estar de todos os cidadãos do Brasil?! Os estão os cristãos protestantes? Sorrir e “profetizar vitória” em shows é muito fácil. Gostaria de ver uma multidão de cristãos chorando e clamando a Deus em praça pública, pedindo perdão pelos pecados dessa nação.

Ciro Sanches Zibordi

post inforgospel.com.br – com informação Blog do pastor Ciro – via CPADNews – 02/05/13

9 comentários sobre “Pastor indignado pergunta “Que benefícios as mega passeatas trazem para o Brasil?” – Leia

  1. Ciro Negueb 4 de junho de 2013 17:51

    Parabéns Pastor. Enfim uma palavra inteligente, indignada mas frutífera para a glória de Jesus, que aliás em minha modesta opinião ELE jamais participaria de uma marcha ou passeata, nem de gay e nem de evangélico, mesmo que seu nome seja papagaiado nos microfones e faixas. Realmente e lamentavelmente o número de evangélicos aumenta, mas sem gerar transformação alguma na sociedade, que está cada dia mais fria e incrédula, querendo ver esse Deus que tem sido pregado nos rostos e atitudes daqueles que pregam, e vendo apenas $how, $how e $how. Enquanto isso o diabo ri na nossa cara.

  2. Moysés Magno 4 de junho de 2013 21:34

    Talvez o senhor Ciro não saiba o significado de duas palavras: DIFERENÇA e TESTEMUNHO!

  3. maso 5 de junho de 2013 07:14

    Discordo do Pastor Ciro! As passeatas são importantes como forma de publicidade, de força , e união dos evangélicos.
    Chorar e se lamentar se faz em casa, de joelhos, mas a luta se faz nas ruas, nas praças.
    Se temos representantes no Congresso, e eles lideram uma mega manifestação, isso dá força e incentivo para nossas posições e revindicações na casa de leis.
    Se cem mil vagabundos se juntam para liberar a maconha, vadias pelo aborto, gays atrás de direitos além do que a lei dá a todos os cidadãos, então temos de nos juntar e mostrar que somos contra.
    Desta vez não concordo com o Pastor Ciro não!

  4. Borges 5 de junho de 2013 08:12

    Nenhum beneficio. Proxima pergunta.

  5. claudia 16 de junho de 2013 15:58

    apesar de não ser evangélica, não posso deixar de concordar com o pastor! sinto que nesse país chamado Brasil, os jovens brigam por causa de R$0,20 centavos de aumento de passagem de ônibus, mas não deixam de tomar a sua cerveja e cigarro no fim de semana que aumenta muito mais que vinte centavos!!!!!!!!! o que o povo brasileiro precisa brigar é para: mudar as leis nesse país, melhorar a saúde, com hospitais que funcionem e com médicos comprometidos com o seu trabalho, a educação nesse país que é péssima com escolas caindo aos pedaços por esse país a fora e sem contar com a violência desenfreada que assola as nossas cidades!!!! onde que podemos ter justiça onde um cara que : bebe, dirige, mata uma pessoa e paga R$1.200,00 de fiança sena e vai embora responder o seu crime em liberdade!!!!! é um absurdo ver os meios de comunicação com os nossos jornalista maravilhosos que mostram todos os dias a indignação dos seus telespectadores no ar e o nosso governo NADA FAZ!! um país onde a presidente vem na maior cara de pau dizer que existe terrorismo em prol da inflação!! minha senhora dona Dilma Rousseff, eu tenho certeza absoluta de que a senhora não faz compra no mercado toda a semana, não paga a sua conta de luz, água, gás e outros… porque se sim a senhora certamente saberia o que é uma INFLAÇÃO!!!!
    O POVO BRASILEIRO!!!! QUANDO VOCES REALMENTE SOUBEREM FAZER PASSEATAS DECENTES COM COMPROMISSO COM OS SEUS DIREITOS DE CIDADÃOS, AÍ SIM ESSE PAÍS COMEÇARÁ A MUDAR!!!! ENQUANTO ISSO, SINTO EM CHAMAR ESSAS “PASSEATAS” DE PURA BADERNA!!!!!!

  6. Rogerio Pacheco 24 de junho de 2013 05:31

    Descordo do PASTOR..
    ´Pois a passeata da Igreja Renascer é uma benção , será agora dioa 29/6
    ÀS 10HS EM SP.
    Para Glória de Jesus.
    a Passeata contra a PL 122 DO pastor Sillas foi Bneção semana Passada.
    a Paz.

  7. Paulo Cruz de Souza 1 de julho de 2013 13:56

    Com muito respeito ao Sr.Ciro primeiro não deveria gastar o seu precioso tempo para postar um comentário destes já que se preocupa tanto com a situação atual do Brasil acho que deveria está orando,segundo comparar a nossa Marcha com a das vadias,maconha e parada gay é uma falta de respeito com o povo de Deus e terceiro respondendo a sua pergunta o beneficio ? O TESTEMUNHO…MULTIDÃO REUNIDA SEM QUEBRAR NADA,SEM VIOLÊNCIA,SEM PORNOGRAFIA…ONDE EU PUDE LEVAR MEU FILHO PEQUENO COM TODA SEGURANÇA E PAZ…ISSO SR.PASTOR CIRO É PARA MOSTRAR AO MUNDO QUE É POSSÍVEL VIVER EM PAZ !!!! Que Deus te abençoe e que o ano que vem se Jesus não voltar você possa está entre nós.

  8. João Cirino Gomes 6 de julho de 2013 17:30

    Só quando tiver fim a lei de imunidade, teremos democracia e justiça social!

    Enquanto isso não acontecer, toda a luta e as passeatas, não passam de desfiles carnavalescos e fantasiosos!

    Quando a população se revolta, os corruptos simplesmente os adulam com um melzinho na chupeta e pronto, tudo volta ao normal e eles voltam aos seus cargos principescos, suas vantagens pessoais, roubando, iludindo com mentiras; e pregando democracia e justiça social, para este povo que na realidade esta escravizado, levando vida de miseráveis, em um dos países que deveria ser o mais rico do planeta em todos os sentidos!

    Leia; caso esteja de acordo, assine e divulgue; pois uma andorinha sozinha não faz verão!

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    Os signatários

  9. Irineu 21 de outubro de 2013 22:13

    Finalmente, um pastor falando algo sensato.
    Paradas pra que?
    Provocação?
    Medir força?
    Causar tumulto?
    Daqui a pouco, com todo o direito de outros, teremos “Parada Hetero”, “Marcha para Alá”, “Marcha para Iemanjá”, “Marcha para Nossa Senhora”, “Marcha para Padre Cícero”, Marcha para Buda”, e por aí vai.
    Por favor, tenhamos bom senso!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.