Champingon antes de morrer disse:”Quando a pessoa perde a fé, a pessoa perde tudo” em entrevista

O ex-integrante da Banda Charlie Brown Jr. Champingon declarou ser simpatizante do Espiritismo em entrevista, quando comentava a morte de Chorão e Peu Sousa dizendo que os dois tinham perdido a fé, pois se perdem a vida sem culpa de ninguém, acredito que em algum momento perderam a fé. -Confira, assista e comente...

O músico ao comentar a morte de Peu Sousa, ex-colega do Nove Mil Anjos – 6 de maio de 2013 e do seu amigo Chorão vocalista da Banda Charlie Brown Jr. que morreu com overdose de cocaína em março/13, o baixista em entrevista ao G1 relatou o que entendia sobre a morte dos amigos na época.

Champingon comentou que “Os dois perderam a fé. Quando perdem a fé, perdem a vontade de viver. Foi mais um dia muito triste”, disse o baixista. “Eu acho que as pessoas, em algum momento da vida, perdem a fé. Independentemente se morrem por droga, ou enforcadas. Se perdem a vida sem culpa de ninguém, acredito que em algum momento perderam a fé”, acrescentou.

E nesta madrugada do dia 09/09/13 ele mesmo o ex-integrante da banda Charlie Brown Jr. Luiz Carlos Leão Duarte Junior, conhecido como Champignon, foi encontrado morto com um tiro na boca em seu apartamento na região do Morumbi. A policia informa que as evidências levam para a pratica de suicídio pela própria vitima.

Ainda na entrevista concedida ao G1 em maio/13 o baixista lembrou que “a droga é uma coisa terrível, além de fazer a pessoa perder a fé ela deixa um sofrimento aqui…”

NOTA: Longe da discussão de religião, fica o alerta para os jovens e a todos quantos lerem este post, que viver por viver você consegue, mas viver com fé no seu coração é muito melhor. Cremos que a fé que Champignon estava se referindo é a fé que dá esperança de vida, a fé que não precisa de drogas para ser feliz, a fé que não deixa a angustia e a ansiedade chegar ao coração. Esta fé, cremos, é a fé no Filho de Deus, Jesus Cristo, o Único que pode nos dar vida e vida com abundância, sem buscar nenhum artificio para ser feliz, pois se eu e você tivermos Jesus em nossos corações teremos alegria de viver com todos que amamos, sem precisar buscar em nada que mundo oferece para termos alegria. E com Ele(Jesus) em nossas vidas teremos entendimento e força para superar as dificuldades e perdas. Ele (Jesus) disse que no mundo nós iriamos ter aflições, mas para termos bom ânimo… , jamais desistirmos da vida, pois a vida é o dom precioso que Deus nos concedeu para louvor e honra de Seu Nome. – Amém…

Ouça a entrevista do baixista ao G1 no vídeo abaixo e, se estiver angustiado, creia Jesus te ajuda, se estiver sofrendo Jesus é a Paz, se não aguenta o fardo da vida Jesus pede pra você lança-lo sobre Ele, pois Jesus disse em Mt. 11 vs. 28: “Vinde a Mim todos que estais cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei…”, portanto com fé no Filho de Deus podemos suportar e passar por tribulações em nossas vidas. Então abra seu coração, deixe Jesus fazer morada nele e com certeza absoluta você não chegará ao extremo, como aconteceu com estas três vidas que partiram de maneira tão trágica e triste.

Mas lembre-se Jesus alivia o fardo, Ele não carrega para você, portanto Ele nos pede para fazermos a nossa parte que Ele nos ajudará, Amém…

https://www.youtube.com/watch?v=rFmzW5mtBio

Trajetória do baixista:

Champignon tinha 35 anos e nasceu em Santos, litoral paulista. O músico lançou vários discos com a banda Charlie Brown Jr, que deixou em 2005, após brigas com o vocalista Alexandre Magno Abrão, o Chorão.

Nessa época, participou de outros projetos, como o grupo Nove Mil Anjos, que tinha Junior Lima (irmão de Sandy) na bateria.

Em 2011, Champignon retornou ao Charlie Brown Jr. fazendo com que a banda voltasse a contar com a presença dos quatro integrantes da formação original de 1992: Marcão, Champignon, Chorão e Thiago Castanho, além do baterista Bruno Graveto, que passou a integrar o grupo em 2008.

post inforgospel.com.br – com informação G1 e You Tube – 09/09/13

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.