Cristãos são crucificados por não aderir ao culto de fé a Alá na Síria – ORE

cristaos-sao-crucificados-na-siria-afirma-freira-membro-do-jihad A violência na Síria continua e desta vez não foi aplicada contra os rebeldes do regime de Bashar-al-Assad, mas sim em cristãos. E o que relatou nesta sexta-feira(17) a irmã Raghid a rádio Vaticano ao denunciar que jihadistas crucificaram cristãos por se recusarem a aderir ao culto da fé a Alá. -Confira, ORE e comente…

De acordo com a irmã Raghid, que atualmente vive na França, a freira assumiu funções como diretora da escola do patriarcadocristaos-sao-crucificados-na-siria-afirma-freira-jihad-dominio-medo grego-católica, em Damasco, na Síria, relata que “em cidades ou vilas ocupadas por elementos armados, os jihadistas e todos os grupos extremistas muçulmanos oferecem aos cristãos a shahada (a fé muçulmana) ou a morte. Em alguns casos pediram resgate (propina para não serem mortos)”.

cristaos-sao-crucificados-na-siria-afirma-freira-foto-google“Por não renunciar à sua fé, os cristãos sofreram o martírio(morte, tormentos sofridos pela fé). E o martírio é realizado de uma maneira extremamente desumana, de extrema violência. Em Maalula, por exemplo, crucificaram dois jovens porque eles recusaram a shahada”. “Em outra ocasião, um jovem foi crucificado em frente a seu pai, que foi morto em seguida. Isso aconteceu em Abra, na zona industrial na periferia de Damasco”, relatou.

De acordo com Raghid, após os massacres, os jihadistas(grupo extremista islâmico) degolam as vitimas para”pegar a cabeça para jogar futebol com elas”, e em situações desumanas também  chegam a tirar bebês das mulheres grávidas para os pendurarem em árvores com o seus próprios cordões umbilicais, afirmou a freira.

NOTA: A situação dos cristãos, sejam os que professam a fé evangélica ou católica, em muitos países no mundo, como é do Orarconhecimento de muitos, estão sofrendo com a perseguição, que aumenta a cada dia. No relato da freira vemos que a crueldade é cada vez maior. Nós estamos tentando em cada post sobre a “Igreja Perseguida” levar ao conhecimento dos amados irmãos em Cristo esta situação, para que possamos tomar uma atitude de AÇÃO e ORAR por estes tais que sofrem. – Amém…

post inforgospel.com.br – com informação Radio Vaticano -via abola.pt – 18/04/14

4 comentários sobre “Cristãos são crucificados por não aderir ao culto de fé a Alá na Síria – ORE

  1. Dinho souza 20 de abril de 2014 12:30

    Onde está a ONU que não convoca os representantes de todos os países do Mundo e condena oficialmente essa insãnia dessa “religião” e não exige que os líderes religiosos condenem também isso , sob pena de ficar claro que são eles que instigam os seus seguidores à essa violencia brutal.

  2. beto 2 de maio de 2014 12:03

    Pela covardia do mundo ocidental, essa seita de satanás está crescendo no mundo. São animais que trucidam quem não abraça a crença de sua seita diabólica. Nostradamus previu que a terceira guerra mundial seria religiosa e, estamos caminhando a passos largo para esse evento. Não se combate chumbo com orações e sim com chumbo de volta. Quanto mais esperar pior será o embate, pois essa doença cresce de forma vertiginosa no mundo.

  3. Wagner Teixeira 15 de maio de 2014 15:22

    Jesus Amado Tenha misericórdia.
    Neste momento, todos os cristãos do mundo inteiro, independente de suas denominações, precisam se unir para combater estas forças malignas. É muito triste e aterrorizante assistir, ler, ouvir tudo isto e não poder fazer nada além de orar! Jesus amado! Venha em nosso auxílio, chega de mártires! Queremos paz!

  4. Irmã Ellen Scherzinger 18 de maio de 2014 16:25

    Irmãos cristãos,
    vamo-nos unir em oração e obra para ajudar a nossos irmãos perseguidos. Orar, falar, escrever, propagar, dirigir-se ( quem puder) às autoridades de nossos países cristãos – que os lideres exerçam pressão sob aqueles pessoas desumanas para que estas não possam continuar seus atos cruéis. Somos cristãos e temos de amar nossos irmãos como Jesus nos amou…

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.