Pastor suicida-se após seu nome vazar em site de adultério que acessava nos EUA

pastor-Gibson-suicida-se-ao-ter-nome-revelado-em-site-de-adulterio-eua-familia-1 Após ter se cadastrado no site Ashley Madison, que promove infidelidade conjugal, o pastor John Gibson teve seu nome exposto por ação de hackers. Gibson de 56 anos, pastor da Primeira Igreja Batista do Sul em Pearlington, Mississipi-EUA, não suportou a exposição e tristemente decidiu cometer suicídio por remorso.-Confira e comente…

O fato aconteceu no dia 24 de agosto, uma semana após ter sido revelado o seu nome junto com quase uma centenapastor-Gibson-suicida-se-ao-ter-nome-revelado-em-site-de-adulterio-eua de nomes de outros pastores dos EUA.

John Gibson além de pastor da Primeira Igreja Batista do Sul também era professor na faculdade do Seminário Teológico Batista Leavell de Nova Orleans, e teve o caso de seu suicídio revelado apenas esta semana, onde em entrevista a CNN Money a sua esposa Christi relata que encontrou o corpo do marido em casa, com um bilhete de despedida.

pastor-Gibson-suicida-se-ao-ter-nome-revelado-em-site-de-adulterio-eua-familia-tvChristi disse que “foi um daqueles momentos em que a vida não prepara você”, eu tive que chamar meus filhos. E como dizer a seus filhos que seu pai esta morto e que ele tirou a própria vida?” – comentou na entrevista a CNNMoney – Veja vídeo no final do post.

No bilhete deixado por Gibson ele descreveu as coisas que o atormentava. “Ele falou sobre a depressão. Falou sobre seu nome na lista do site e que estava muito arrependido”, o que sabemos é que ele dedicou a sua vida para outras pessoas, e ele ofereceu graça, misericórdia e perdão para outras pessoas, mas depastor-Gibson-suicida-se-ao-ter-nome-revelado-em-site-de-adulterio-eua-c-familia alguma forma ele não pode estender isso para si mesmo”, disse Christi.

Gibson era conhecido como um grande mestre e dono de uma “risada peculiar”, mas já havia lutado contra depressão e vício no passado, comentou a família. Desde a sua morte, a família de Gibson fez um pacto de ser o mais transparente possível com os outros sobre suas lutas.

pastor-comete-suicidio-ao-ter-nome-revelado-em-site-de-adulterio-eua-homeChristi Gibson deixou uma mensagem para os quase 32 milhões de pessoas usuários do site Ashley Madison que promete sigilo total dos nomes dos seus usuários, e tiveram seus nomes expostos pela ação dos hackers e estão  eventualmente enfrentando problemas pela exposição dos nomes por causa desta ação, dizendo: “São pessoas reais com famílias reais, verdadeira dor e perda real” e “Nada vale a perda de um pai, um marido e um amigo. Ele não merecia isso. Ele não merecia nada disso”, com a voz embargada complementou Christi.

Veja vídeo entrevista da viúva e filhos do pastor Gibson a CNNMoney em Inglês e comente…


post inforgospel.com.br – com informação vídeo CNNMoney – via cristianosaldia.net – 09/09/15

Um comentário sobre “Pastor suicida-se após seu nome vazar em site de adultério que acessava nos EUA

  1. Geraldo de Souza 14 de dezembro de 2017 02:16

    E verdade estamos nos ultimos dias.Tudo pode acontecer por isso que temos que orar e amar nossos Pastores.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.