Inflação ao consumidor segue elevada e resistente

Carlos Hamilton, diretor de Política Econômica do Banco Central

“A inflação ao consumidor segue elevada e ainda mostrando resistência” e, assim, houve a continuidade do ciclo de ajuste das condições monetárias, reiterou o diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Hamilton, referindo-se à elevação dos juros, que voltaram aos dois dígitos neste ano, a 10%.

Em seu relatório de inflação, divulgado nesta sexta-feira, o Banco Central mostrou que, em seu cenário de referência, a inflação anual do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve recuar nos próximos dois anos, mesmo que não haja novas elevações da taxa básica de juros da economia brasileira. A queda, no entanto, não seria suficiente para trazê-la ao centro da meta, fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 4,5% (Valor Econômico).

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.