“Febre” do WhatsApp modifica telefonia

MENSAGEM

O aplicativo WhatsApp vem mudando o costume do consumidor em relação à telefonia

Cada vez mais populares, aplicativos de mensagens para smarpthones têm assumido a dianteira como principal meio de comunicação do país e afetado a receita das empresas de telefonia com os serviços “tradicionais”, como voz e SMS. Estudo da consultoria Teleco mostra que o tempo médio que o brasileiro passa falando ao celular, via operadora, diminuiu 15% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior – a média mensal por usuário foi de 111 minutos.

A queda no uso de voz pelo celular tem afetado todas as operadoras e se mostra ainda mais acentuada em comparação com os anos anteriores – no final de 2013, por exemplo, a média mensal chegava a 140 minutos (veja infográfico). Para a Teleco, o uso mais intenso de aplicativos como o WhatsApp, Messenger, Viber e outros, que hoje também disponibilizam ligações por voz via internet, está tornando obsoleto parte dos serviço das operadoras. O que, por consequência, afeta o caixa das empresas –no primeiro trimestre do ano, a receita média mensal por usuário com o serviço de voz no país foi de R$ 11,60, contra R$ 13,60 no mesmo período de 2014. — Com informações da Gazeta do Povo.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.