Mês: julho 2016



“Panelas deslavadas”

Muito “interessante”, e até curioso, atualmente vermos em jornais, blogs, Facebook e demais mídias sociais algumas figuras criticando indiscriminadamente o governo Temer em relação a todo e qualquer ato que este pratique.

“Esquecem-se” (ou fazem de conta) os incautos que a maioria das medidas e cortes orçamentários e de politicas sociais ora promovidos por Temer se dá por conta dos descalábrios cometidos pelo governo petista,  o qual os que agora o criticam até dias atrás prestavam apoio e devotavam ardorosos posicionamentos de defesa.

Pior de tudo é “realizar” tamanha contradição de posicionamento sem se quer ter dado, anteriormente, ao menos um ‘pio’ contra a corrupção escancarada à nação pela Operação Lava Jato.

Cobram que os rotulados “coxinhas” continuem batendo panelas sem sequer ter a “higiene” de lavar as suas.

1 Comentário


Aéreas: Temer veta 100% de participação estrangeira

Michel Temer vetou a participação estrangeira de 100% nas companhias aéreas nacionais, permanecendo a participação máxima nestas em 20% do capital estrangeiro, como vinha ocorrendo.

Reflexo de uma política tupiniquim arraigada, de ideário político de países econômicos pobres, normalmente de caráter de esquerda pouco inteligente.

Enquanto países emergentes para se desenvolverem abrem as suas economias para o capital estrangeiro, nós vamos nos fechando como ostras na nossa pequenez.

Nesta o Temer se fez parecer com a Dilma de calças.

Lamentável.

Comente aqui


ANAC: assistência integral nos aeroportos

Nesta semana foi baixada resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) que obriga a manutenção, por tempo integral, se serviços de amparo e auxílio às pessoas portadoras de necessidades especiais.

Portanto, não se trata mais de um mero favor, mas agora de direito finalmente  instituído por norma do órgão regulador do setor em respeito a todas as pessoas que possuam algum tipo de limitação incapacitante.

Os aeroportos que não estiverem cumprindo a norma podem ser denunciados junto à própria ANAC e ao Procon da cidade onde o aeroporto se encontra localizado ou da cidade de residência do consumidor, o qual nas cidades do país onde ele existe pode ser contatado pelo telefone 151.

Comente aqui