Mês: outubro 2017



Justiça do Trabalho é lenta e pouco efetiva para o empregado

Muito interessante a matéria da Folha de São Paulo (veja aqui) sobre a (in)eficácia da Justiça do Trabalho no Brasil.

Embasada num estudo realizado pelo pesquisador André Gambier Campos do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a matéria da Folha demonstra o quanto a Justiça do Trabalho é lenta e cara, custando mais de R$ 14 bilhões anuais aos cofres públicos.

Comente aqui


Meu pai Adelermo Regiani

Se o meu querido pai Adelermo Regiani estivesse vivo, hoje ele completaria 81 anos.

Saudades do meu querido. Se alegrava com as minhas alegrias e se emocionava com as minhas emoções. Meu par de alma, de sentimentos e de vida.

Hoje só peço a Deus uma coisa: que possamos um dia nos reencontrar. Beijos no coração meu velho. Te amarei sempre.

Sem categoria
2 Comentários


Prefeitos da AMUNPAR receberam visita do BRDE

Prefeitos da AMUNPAR se reuniram com o BRDE em Paranavaí (fotografias: Diário do Noroeste)

Prefeitos que compõem a Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense (Amunpar) estiveram reunidos ontem na sede da entidade, em Paranavaí, com o diretor de operação do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo- Sul (BRDE), João Regiani, para conhecerem as linhas de financiamento disponibilizadas pelo banco aos municípios.

 
“São nas cidades que as coisas acontecem, e o BRDE tem recursos para o desenvolvimento dos municípios”, enfatizou Regiani.

 
As linhas de financiamento vão desde implantação da coleta seletiva, passando por recursos voltados à infraestrutura, mobilidade urbana, saneamento, entre outras ações.

 
“Temos linhas de financiamento para a realização do geoprocessamento para atualizar os valores dos impostos”, disse.

 
O BRDE foi criado em 1961, com objetivo de fomentar o desenvolvimento nos estados do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. “O BRDE é um banco operador de crédito, hoje estamos voltados aos municípios, dos 1.991 municípios do Sul brasileiro estamos em 1.095, uma cobertura de 91,9%”, disse Regiani.

Continue lendo

Comente aqui


Outubro Rosa: Vice-governadora visitou o BRDE

Na tarde de terça-feira passada (24) a equipe do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), em Curitiba, recebeu a vice-governadora do Paraná Cida Borghetti.

A ilustre visita se deveu a afinidade que Cida tem com as políticas de desenvolvimento realizadas pelo BRDE e, em especial, em celebração ao “Outubro Rosa” para falar sobre a prevenção do câncer nas mulheres.

Cida Borghetti é reconhecidamente, no cenário nacional, a “Embaixadora do Laço Rosa”, há mais de 20 anos tendo criado a campanha que deu origem ao “Outubro Rosa” e mantido de modo persistente a defesa da causa contra o câncer, uma bandeira que ela incansavelmente vem defendendo e, por isso, contribuiu para que a campanha ganhasse proporções nacionais.

Sem categoria
Comente aqui
 

BRDE: financiando sustentabilidade

FINANCIANDO A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

O BRDE é o banco de desenvolvimento verde do Brasil, o “banco verde” do Sul do país.

Com as suas linhas BRDE Energia e PCS (Produção e Consumo Sustentáveis) a instituição se alinha às políticas de financiamento de vanguarda do mundo, financiando projetos para utilização de energias limpas, renováveis e eficientes.

São linhas com taxas de juros e custos menores a fim de ajudar na entrega de um planeta ambientalmente melhor para as futuras gerações.

Como o BRDE é um banco pertencente aos três estados da região Sul do país (PR, SC e RS), pôde-se dizer que se trata de uma política destes estados para melhorar a qualidade de vida dos paranaenses, catarinenses e gaúchos.

Comente aqui


Inclusão financeira das micro e pequenas empresas

 

Diretor de Operações do BRDE João Regiani participou de painel no Congresso Empresarial Paranaense 2017 da FACIAP

Nesta semana entre os dias 19 e 21 foi realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, o “Congresso Empresarial Paranaense 2017” organizado pela Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB) e pela Federação das Associações Comerciais do Paraná (FACIAP).

No evento participei, representando o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE),  de painel de discussão voltado a abordar o tema “História da Inclusão Financeira da Micro e Pequena Empresa no Paraná”. Participaram conjuntamente do painel representantes do Sebrae, Sicoob, Banco do Brasil, Fomento Paraná e Bancoob.

O congresso reuniu representantes das associações comerciais de todas as regiões do estado e do Brasil,  e houve oportunidade para falarmos sobre as ações que o BRDE vem executando a fim de cada vez mais realizar a inclusão financeira das micro e pequenas empresas (MPEs) mediante a utilização de estratégias criativas e específicas, como por exemplo,  a formação de fundos financeiros para tal finalidade e captação de recursos financeiros internacionais.

Foram demonstrados, ainda, o números e índices de desempenho do BRDE em relação aos diversos portes financeiros do seguimento econômico do Paraná e que receberam investimentos do banco, com enfoque especial nas MPEs da região Sul e do Paraná, bem como abordamos sobre as políticas de fomento financeiro que o governo Beto Richa vem desenvolvendo para o estímulo econômico do estado.

Comente aqui


Saída à russa de Gleise

Gleisi Hoffmann e Jorge Viana estavam muito longe de Brasília anteontem, quando seus correligionários saíram derrotados do plenário do Senado ao verem a maioria da Casa aprovar o retorno de Aécio Neves.
A ausência da dupla, que está em visita a São Petesburgo, irritou a bancada petista.


Ao responder a um jornalista “onde o PT ficaria no caso Aécio”, um senador do partido foi irônico: “O PT? O PT fica na Rússia”, zombou a excelência. (fonte: Fabio Campana).

Sem categoria
1 Comentário
 

BRDE na Cocamar

Na sexta-feira estive em visita à COCAMAR, em Maringá, e fui recebido pelo seu Presidente Divanir Higino da Silva (dir.) e pelo seu Superintendente de Operações Osmar Liberato.

Na oportunidade tratamos de diversos assuntos relacionados ao cooperativismo e sobre o projeto de produção de energias renováveis da cooperativa. O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) poderá ser o parceiro financeiros deste projeto socioambiental com recursos captados pelo banco junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), cujos recursos se destinarão para o financiamento de projetos  “amigos da natureza” ou projetos verdes.

Comente aqui