S&P rebaixa a nota de crédito do Brasil

Notícia nada agradável da manhã sobre a avaliação da nossa economia se refere a redução, pela S&P, da nossa nota de crédito de BB para BB-.

A análise e consideração, pela equipe econômica do governo federal, sobre os aspectos que foram considerados para o rebaixamento da nota de crédito é importantíssimo para a realização dos ajustes possíveis e políticas necessárias, uma vez que o rebaixamento da nota nos distancia do grau de investimento, tornando mais onerosa a captação de fundos internacionais pelo Brasil.

Veja mais.

PS – O efeito nefasto para a economia e para o cidadão em relação ao rebaixamento da nota de crédito do Brasil, se refere ao encarecimento do acesso ao crédito interno em médio prazo, por exemplo, com juros mais elevados do cartão de crédito, do limite especial da conta corrente e dos financiamentos pessoais. Em outras palavras, o que num primeiro momento parece não se relacionar com as pessoas, em prazo médio trará efeitos diretos sobre as sua vidas. Mais, um dos principais motivos para o rebaixamento se refere ao titubeio dos parlamentares em votar a reforma da previdência, o que torna a economia do país menos confiável face aos efeitos econômicos negativos que o ‘deficit’ progressivo da Previdência oferece sobre a nossa economia.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.