Angola se prepara para o agronegócio

Hoje (02) pela manhã aqui na Angola, continente africano, visitei o “Projeto Quiminha”, localizado a 50 quilômetros de Luanda (capital), planejado e organizado pelo Ministério da Agricultura da Angola, e que abrigará progressivamente mais de 300 famílias angolanas preparando-as para o agronegócio.

É um ‘projeto piloto’ muito bem estruturado e que será replicado em outras regiões de Angola, preparando-a para abrigar uma nova fronteira do agronegócio, com excelência técnica, no continente africano.

Fui recebido e conduzido de modo muito cortez pelos Engenheiros Agrônomos angolanos Pedro Silveira (esq.)  e Vieira Dias (dir.), competentes profissionais que fazem a gestão do projeto.

3 comentários sobre “Angola se prepara para o agronegócio

  1. Lulu 3 de fevereiro de 2018 8:22

    Quem tá pagando esta viagem?

    • João Luiz Regiani 6 de fevereiro de 2018 12:23

      O meu bolso custeou a viagem toda, que por sinal a realizei no meu período de férias. Nenhum vintém de quem quer que seja envolvido, a não ser o meu próprio dinheiro. Simples assim.

  2. Edmylson Pena 6 de fevereiro de 2018 19:23

    Boa tarde. Parabéns pela iniciativa. Precisamos de brasileiros que busquem abrir novos horizontes para nossos empresários. Que volte com novas perspectiva de novos mercados.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.