Honestidade nem daqui para frente

Ministro do STF Roberto Barroso, mandando indiretas em palestra hoje na abertura do 7º Encontro de Resseguros do Rio de Janeiro.

“Hoje, no Brasil, nessa reação às transfeormações, há dois lotes, o lote dos que não querem ser punidos pelos malfeitos que fizeram, o que consigo entender, é da natureza humana. E tem um lote pior, dos que não querem ser honestos nem daqui pra frente e gostariam que tudo permanecesse como está. É gente que não sabe viver sem que seja com o dinheiro dos outros, sem que seja com dinheiro desviado. A reação é muito evidente. As transformações estão atingindo pessoas que sempre se julgaram imunes e impunes, e por essa razão, porque achavam que o direito penal nunca ia chegar a elas, cometeram uma quantidade inimaginável de delitos”.

—————————

PS – Aqueles que estão a defender a revisão do posicionamento sob STF quanto a prisão em segunda instância ou estão no “segundo lote” ou são inocentes úteis, sem saber, a serviço da impunidade e resistência contras as mudanças necessárias para moralizar a vida pública no país.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.