Mês: janeiro 2019

 

Sobre a revogação da desapropriação do “Hotel Bandeirantes”

Corretíssima a providência adotada pelo governador Ratinho Júnior ao revogar o decreto de desapropriação do prédio do antigo Hotel Bandeirantes de Maringá, assinado pela ex-governadora Cida Borghetti, em dezembro passado, ao apagar das luzes do mandato desta.

O decreto de Cida destinava R$ 23 milhōes dos cofres públicos do Estado do Paraná para serem empregados em uma desapropriação estranhamente determinada/decretada ao final do seu mandato. Naquele mesmo período (dezembro) a ex-governadora não se constrangeu em realizar a inauguração de nova ala do Hospital Universitário de Maringá (HUM) desprovida de quaisquer equipamentos ou de pessoal (servidores) necessários para a sua regular utilização pela população de Maringá e região (aqui).

No dia de hoje (17), passados alguns dias da revogação do referido decreto desapropriatório pelo governador Ratinho Júnior, o jornal O Diário de Maringá fez publicar uma nota da assessoria da ex-governadora Cida Borghetti (aqui) em que esta defendeu o decreto desapropriatório revogado, justificando-o no suposto interesse da comunidade maringaense (???) na sua manutenção sor o argumento de que tal geraria empregos e renda paras as pessoas e se prestaria a preservar a memória histórica de Maringá.

No entanto, ao meu ver maior interesse dos maringaenses se da no sentido de cuidar da saúde pública de Maringá e região, a fim de se preservar vidas e a saúde dos cidadãos.

Não me parece ético ou moralmente defensável a ex-governadora justificar o suposto interesse dos maringaenses na desapropriação do prédio em referência, sob a justificativa da geração de ALGUNS empregos, enquanto, ao mesmo tempo, fez inaugurar apressadamente – e dando a nítida impressão da busca de garantir que seu nome constasse da respectiva placa de inauguração – uma ala inteira do HU sem as mínimas condições de atender e preservar a vida das pessoas, de modo a colocar em segundo plano e a manter em risco, a vida e saúde de inúmeros paranaenses, os quais notoriamente vem sendo atendidos com precariedade naquela unidade hospitalar por falta de investimentos necessários.

E notem que a ex-governadora é mulher do ex-ministro da Saúde. É mole ou quer mais!?

Sem categoria
Comente aqui


Sensíveis diferenças no novo governo

“Viralizou” a foto de jatinhos do Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea, estacionados no aeroporto de Brasília em pleno sábado. Em governos passados aeronaves serviam de “táxi” para autoridades e até seus familiares voltarem aos estados, e a cena de aviões parados era inédita para pilotos e profissionais da aviação. Mas os jatinhos não ficaram parados no chão: ao menos um deles foi utilizado no fim de semana para transportar um órgão vital para Londrina, no Paraná. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O Transporte de Órgãos Vitais (TROV) é realizado por aeronaves-ambulâncias. Dessa vez, chegou num LearJet reservado a autoridades.

O voo do sábado causou estranheza entre funcionários do aeroporto, desacostumados com esse tipo de uso para aeronaves do GTE/FAB.

Decreto assinado por Temer, em junho de 2016, fez a FAB multiplicar o número de TROV realizados. Pulou de 28 em 2015 para 199 em 2017.

Sem categoria
1 Comentário


Paralelos entre Cesare Batistti e Lula

Os esquerdopatas não se cansam na tentativa de enganar os incautos.

Andam apavorados tentando encobrir os méritos de Bolsonaro no contexto da deportação, pela Bolívia, do terrorista Cesare Batistti (protegido por Lula), sob a alegação de que o decreto brasileiro de extradição foi assinado por Temer e que, após a fuga, o terrorista fugiu para Bolívia tendo sido deportado por este país diretamente à Itália.

No entanto, os estelionatários da verdade “se esquecem” de dizer que Batistti somente fugiu do Brasil em meados de dezembro (por volta do dia 15), quando este já sabia que Bolsonaro a partir do dia 1° de janeiro seria o presidente do Brasil, e que este havia prometido em campanha extraditar Batistti imediatamente tão logo assumisse o poder.

Portanto, a fuga de Batistti para a Bolívia se deu exclusivamente pelo fato deste saber, de antemão, que seria extraditado do Brasil em questão dias, de modo que Bolsonaro representava para o terrorista a certeza de que o decreto de extradição lavrado por Temer não seria mudado e seria de fato cumprido tão logo Bolsonaro assumisse a presidência.

Por aí se vê que diversamente do que tentam fazer crer os estalionatários da verdade, o envio de Batistti à Itália pela Bolívia tem tudo a ver com o que representou para o criminoso a mudança de governo no Brasil, mediante a eleição de Bolsonaro e sua prometida intolerância com os criminosos.

Tivesse sido eleito no segundo turno o candidato dos esquerdopatas (Haddad) Cesare Batistti certamente teria permanecido no Brasil livre, leve e solto e Lula já estaria fora da cadeia. Em outras palavras, estaria tudo dominado.

Sem categoria
2 Comentários
 

A desonestidade da esquerda sobre as armas

Chegam a ser ridículos e até mesmo desonestos os argumentos dos esquerdistas que se propõem a combater que o cidadão comum, mas que preencha os requisitos legais, possa contar uma arma em casa para defender da bandidagem a si e a sua família.

Depois de se autoridicularizarem dizendo que agora os ricos vão matar os pobres, os esquerdopatas estão “tentando” disseminar a idéia de que com o decreto regulamentatório das armas, assinado por Bolsonaro, vai se instalar a Lei de Talião, o tal do “olho por olho, dente por dente”.

Dá pra acreditar numa cretinice argumentativa destas?

Então quer dizer que enquanto somente os criminosos estiverem furando os olhos e quebrando os dentes dos cidadãos de bem a situação é tolerável? E a legítima defesa, PREVISTA EM LEI, existe para quê se não puder ser concedido legalmente ao cidadão meios para o seu exercício??

Cada vez mais me convenço de que os esquerdopatas gostam mesmo é de defender bandidos. Mas ainda bem que o povo está de olhos abertos e já consegue identificar quem são estes malandros; eles é que continuam dormindo de touca e estão se expondo ao ridículo sem perceberem.

Sem categoria
3 Comentários


O álibi falso de Lula

Informa O Antagonista que Sergio Moro, em entrevista à GloboNews, desarmou as chicanas de Lula:

“Há um álibi falso de perseguição política. Ou seja, existem os fatos, e o fato é que a Petrobras, durante o governo do ex-presidente, foi saqueada e num volume sem paralelo no mundo. Vejam que a própria Petrobras reconheceu – desvios de 6 bilhões de reais. Para onde foi esse dinheiro? Foi para enriquecer ilicitamente diversos agentes públicos que faziam parte daquele governo. E uma parcela do dinheiro foi beneficiar pessoalmente o ex-presidente.”

———-

*** Nota do Blog – E depois tem gente que tem a cara de madeira para dizer que existem “petefóbicos”. De certo, depois da quadrilha que Lula instalou no poder, quer que o povo “ame” o PT. Tenha a santa paciência.

Sem categoria
1 Comentário


Cesare Batistti e a ação em rede apoiada pelo PT, PCdoB, etc

Políticos integrantes da esquerda brasileira se solidarizando com Cesare Batistti (Foto: Ag. Brasil)

O episódio envolvendo o retorno à Itália do terrorista Cesare Battisti para cumprir a pena perpétua que lhe foi imposta naquele país há quase 40 anos, traz novamente à tona as circunstâncias da sua acolhida no Brasil pelo governo do PT então conduzido pelo presidente Lula.

Não nos esqueçamos que Battisti, na Itália, como ativista do Partido Proletário comunista italiano praticava assaltos a bancos e atos terroristas que resultaram em diversos assassinatos, similarmente ao que fizeram no passado no Brasil Dilma, Genoíno, Mirian Leitão, Marighella, dentre outros referenciais atuais da esquerda representada pelo PT, PCdoB, PSOL, PSTU, etc.

Partindo da análise sobre as origens históricas ativistas e comunistas de Cesare Batistti, se vê que desde o início da sua estranha acolhida no Brasil, pelo governo de esquerda de Lula e companhia, que contou inclusive com ato favorável do então Ministro da Justiça Tarso Genro (PT) (clique aqui aqui), que tal não se tratou de mero acaso tratá-lo como alguém que vinha sendo “perseguido politicamente”, considerando a visão enviesada e distorcida que a patota esquerdista no Brasil adota sobre o que vem a ser “perseguição política”.

Portanto, acolher referido terrorista no Brasil como uma vítima da suposta “perseguição politica” que este vinha sofrendo – nos fazendo passar verdadeiro vexame internacional – se tratou de ato de governo de Lula e seus comandados em reverência à rede comunista internacional que há décadas tenta solapar as democracias pelo mundo a fora, especialmente na América Latina.

Diria que se tratou de ato de fidelidade do PT e seus puxadinhos partidários (PCdoB, PSTU, PSOL) à causa comuno-socialista, também aderidas por estes partidos ao integrarem o Foro de São Paulo (espécie de coordenação política da esquerda-comunista visando torná-la hegemônica na América Latina), assim como ao terem sido lenientes politicamente com o projeto de entrega do patrimônio nacional (via BNDES, empréstimos internacionais bilionários e perdão de dívidas bilionárias) a países que não por mero acaso se tratam de ditaduras alinhadas politicamente ao que pode ser denominado como rede comuno-socialista.

Em tempo, também não se trata de mero acaso o silêncio que se percebe neste momento por parte do PT e seus puxadinhos partidários sobre a prisão e envio à Itália do referido terrorista. Devem estar apostando no esquecimento das circuntâncias do acolhimento deste bandido no Brasil. Só que não.

Sem categoria
Comente aqui


Precisa dizer alguma coisa?

O Partido dos Trabalhadores (PT) e a esquerda anacrônica do país estiveram representados ontem na posse de Nicolás Maduro na Venezuela, enquanto, por outro, lado emitiram nota oficial dizendo que não se fariam presentes na posse de Bolsonaro sob a pseudo justificativa de que o processo eleitoral no Brasil foi ilegítimo por ter sido manipulado.

Para essa gente democracia é o que ocorre na Venezuela e não aqui no Brasil. O nazista e fascista é o Bolsonaro e não o Maduro.

Dá náuseas só de lembrar que essa gente nas eleições presidenciais se fazia de defensora da democracia. Puro estelionato eleitoral.

 

Sem categoria
2 Comentários


O PT e a omissão da ONU

Os países latino-americanos precisam se posicionar definitivamente em relação à crise política e humanitária na Venezuela, até porque toda a região vem sofrendo socialmente com os reflexos da imigração de venezuelanos fugindo da catástrofe instalada naquele país pelo comunismo bolivariano.

Interessante notar que a ONU, autointitulada defensora dos direitos humanos, vem se omitindo em adotar posição contrária ao governo despótico e sanguinário de Nicolás Maduro.

E o PT ? Vem manifestando publicamente franco apoio ao regime despótico bolivariano. Que “vocação” dessa gente para defender o que não presta.

Sem categoria
Comente aqui