BRDE



Regiani preside reunião de comissão da ABDE

A Comissão de Assuntos Operacionais de Crédito da Associação Brasileira de Desenvolvimento – ABDE está reunida, nesta sexta-feira (18/5), sob a presidência do Diretor de Operações do BRDE, João Regiani.

O encontro se desenvolve na sala de reuniões da diretoria do BNDES, no Rio de Janeiro. Também participam dos trabalhos, representando o BRDE, o Diretor de Planejamento e Vice-presidente da ABDE, Luiz Corrêa Noronha, o Superintendente de Crédito e Controle e Coordenador da Comissão da ABDE, Thiago Tosatto, o chefe do GADIR, Paulo Starke, e o gerente-adjunto de Operações da AGFLO, Marcos Aurélio Cunha.

A pauta dos trabalhos aborda “Novos negócios e parceria Ministério do Turismo, BNDES, Sistema Nacional de Fomento (SNF) e Sebrae Nacional para alavancar os investimentos na área do Turismo – Programa PRODETUR”; Case: Badesul (relato sobre operação com o Fungetur); Relato do andamento do Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana ABDE; Portal do SNF para MPEs e Fundo de Aval da MPEs; Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – na visão do governo Henrique Villa Costa Ferreira – Secretário Nacional da Presidência da República; ODS e novos negócios – Luiz Corrêa Noronha, Diretor do BRDE; Componente da Taxa fixa na TLP Utilização do Fundo Clima para financiamento de sistemas fotovoltaicos Fernando Américo Santos Rodrigues – Gerência de Normas, Área de Operações Indiretas do BNDES; Assuntos Gerais – Matriz de competências; Prêmio ABDE-BID. (Ascom/BRDE).

BRDE ,
1 Comentário


EXPOINGÁ 2018: BRDE liberou R$ 40 milhões em financiamentos

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, BRDE, liberou neste sábado 40 milhões de reais em financiamentos para cooperativas, produtores rurais e empresas do Noroeste do Paraná e região do Vale do Ivaí.

Os contratos foram assinados na Expoingá 2018, com a presença da governadora Cida Borghetti, do diretor-presidente do Banco, Orlando Pessuti, e dos diretores João Luiz Regiani, de Operações, e Luiz Noronha, de Planejamento, do deputado federal Ricardo Barros e demais autoridades presentes.

Negócios

O BRDE participa da 46ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá – Expoingá 2018 com a oferta de linhas de financiamento para projetos de todos os setores da economia. O banco tem estande próprio na feira com equipe especializada para atendimento de parceiros e futuros clientes.

O BRDE poderá fechar negócios na Expoingá para apoio também de projetos inovadores dos setores de energia e sustentabilidade, como geração de energia e eficiência energética, uso racional e eficiente da água, gestão de resíduos e reciclagem, além das linhas destinadas a cadeia do agronegócio, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Imagens do evento:

Comente aqui


Menos teoria, mais ação: BRDE entrega 43,5 milhões para a produção

O diretor de operações do BRDE João Luiz Agner Regiani (centro) representou a instituição e o estado do Paraná na liberação dos financiamentos

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), instituição que pertence ao estado do Paraná, assinou contratos no valor de R$ 43,5 milhões com produtores rurais e empresas de Londrina e região. A liberação dos recursos ocorreu nesta quarta-feira (11) durante a Expolondrina 2018, na sede da Sociedade Rural do Paraná.

Os contratos foram assinados com avicultores, a empresa Granjeiro, de Rolândia, cooperativas de crédito, a Cooperativa Integrada, de Londrina, e empresas dos setores do comércio, serviços e indústria. São recursos destinados à construção de unidades produtivas, aquisição de equipamentos, modernização, armazenagem e implantação de aviários.

O diretor de Operações do BRDE, João Luiz Regiani, aproveitou a ocasião para anunciar que, a partir de maio próximo, o Banco passará a operar o Fundo de Defesa da Economia Cafeeira, com um aporte inicial de R$ 50 milhões. “É a busca do BRDE por novas fontes de recursos, mantendo a missão do Banco de fomentar a economia e gerar emprego e renda”, disse Regiani.

“A liberação desses recursos reflete a trajetória do BRDE como banco de fomento à economia e indutor da geração de emprego e renda e a busca por novas fontes de recursos para ampliar ainda mais os seus serviços”, afirmou o diretor. Regiani lembrou a primeira parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), o primeiro contrato internacional do BRDE. Continue lendo

Comente aqui


Enquanto isso….

…. na EXPOLONDRINA o tempo está aberto e ensolarado.

Hoje pela manhã teve julgamento da raça Nelore.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) está com estande na EXPOLONDRINA com a sua equipe atendendo a todos os empreendedores urbanos e rurais da região que forem até a feira e tenham interesse em conhecer melhor sobre as linhas de financiamentos disponíveis.

Comente aqui


Financiamento | Entendendo melhor o funcionamento do BRDE

Entrevista que concedi à Rede Massa de Maringá, para o programa Cidade Entrevista do dia 7/4/2018 (sábado) dirigido pelo jornalista Gelson Negrão. Falamos sobre os diversos aspectos que envolvem o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), seus fundos financeiros, acesso aos financiamentos, desempenho da instituição e investimentos na crise econômica.

7 Comentários


BRDE e FIEP assinam acordo de cooperação técnica

Na foto o diretor de operações do BRDE João Luiz Agner Regiani, o presidente do banco Orlando Pessuti e o presidente do sistema FIEP Edson Compagnolo

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e o Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Paraná), vão trabalhar juntos para ampliar o financiamento a empresas inovadoras. O acordo de cooperação técnica entre as instituições foi assinado nesta segunda-feira (12), na Agência Paraná do BRDE.

v

O acordo foi assinado pelo diretor-presidente do Banco, Orlando Pessuti, o diretor de Operações João Luiz Regiani, o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, e o Diretor do Departamento Regional do SENAI Paraná, José Antonio Fares. Em parceria com os Institutos SENAI de Inovação, o BRDE fomentará projetos do setor, especialmente por meio da linha de financiamento Inovacred.

v
“Com essa parceria e a estrutura física do SENAI, poderemos atender todos os municípios do Paraná, consolidando a marca do BRDE como maior repassador de linhas para inovação no país, e ampliando o acesso ao crédito de micro, pequenos e médios empreendedores”, disse Pessuti. Representantes da Financiadora de Estudos Projetos (Finep), parceira do BRDE no repasse de recursos à inovação, acompanharam o evento.

v
Pessuti mostrou números do BRDE em relação a investimentos na indústria e em inovação. Nos últimos cinco anos, as contratações do Banco no setor industrial paranaense chegaram a R$ 1,1 bilhão nos últimos cinco anos. No setor de inovação, as operações no mesmo período somaram R$ 106 milhões.

v
Campagnolo disse que a parceria representa a força do empreendedorismo no Paraná. “Ações como essa podem alcançar uma dimensão enorme”, destacou, lembrando que o novo acordo reforça as ações conjuntas já desenvolvidas pela Fiep, SENAI, BRDE e Finep. “Essa ação integrada permitiu o surgimento de novas empresas e o fortalecimento das já estabelecidas”.

v
“A parceria que formalizamos sinaliza que buscamos políticas para o desenvolvimento social, econômico e tecnológico do Paraná e nos demais estados do Sul do país”, disse o diretor João Regiani, que destacou a importância da Finep nos investimentos do BRDE em empresas e projetos inovadores. “Agradecemos a confiança que a Finep vem depositando no Banco”, acrescentou. Continue lendo

1 Comentário


BRDE e AFD assinam contrato de €50 milhōes

Na foto da esquerda para a direita, Odacir Klein (diretor financeiro do BRDE), João Luiz Agner Regiani (diretor de operações do BRDE), Michel Miraillet (Embaixador da França) e Neuto de Conto (vice-presidente do BRDE).

Carolina Hickmann, do Jornal do Comércio de Porto Alegre

Um contrato de crédito no valor de € 50 milhões para financiar projetos de impacto positivo sobre o meio ambiente e o clima foi firmado entre o BRDE e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), nesta quinta-feira, no Palácio Piratini.

Através da medida, os dois bancos de desenvolvimento empenham-se para mobilizar financiamentos com o intuito de combate às mudanças climáticas, especialmente aos ligados ao programa BRDE PCS (Produção e Consumo Sustentáveis).

Na ocasião, o embaixador francês, Michel Miraillet, lembrou que o destino dessa verba é de interesse mútuo dos dois países, segundo acordo firmado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-21), em 2015. Os dois bancos de fomento identificarão projetos de grande potencial de impacto e as condições de financiamento adaptadas ao contexto do País. Continue lendo

2 Comentários


PARANÁ: primeiro estado a adotar os objetivos sustentáveis da ONU

O Paraná foi reconhecido como o primeiro estado do mundo a aderir às metas globais definidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento sustentável (ODS). Nesta semana o governador Beto Richa esteve no World Family Summit, em Genebra, para receber o prêmio pelas boas práticas adotadas.

O evento realizado na Suíça reuniu lideranças globais para debater as práticas, ações e traçar experiências na atenção à família na erradicação da pobreza, visando tornar os ambientes sociais melhores pra se viver (veja mais aqui).

Neste sentido semanas antes (14/11) o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD/ONU) haviam firmado um acordo de cooperação com a finalidade de facilitar e fortalecer a promoção e o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU na Região Sul do País.

Assim, o Paraná e os seus órgãos governamentais se constituem na vanguarda da busca pelo cumprimento da Agenda 2030 da ONU quanto aos objetivos sustentáveis de que o Brasil é signatário.

Comente aqui


BRDE propōe fundo para investimentos no Sul em reunião do CODESUL

Nesta terça-feira se realizou no Palácio Piratini, em Porto Alegre, reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração da Região Sul (CODESUL). A reunião contou com a presença de toda a diretoria do BRDE, em especial dos diretores do banco pelo Paraná Orlando Pessuti e João Luiz Regiani, bem como dos governadores José Ivo Sartori (RS), governadora em exercício Cida Borghetti (PR), Raimundo Colombo (SC) e Reinaldo Azambuja (MS).

O tema de maior importância discutido pelos governadores e que foi proposto pelo BRDE, foi a criação de fundo orçamentário para região Sul, cuja região é a única no país que não conta com Fundo Constitucional tal como as demais regiões possuem para investimentos em desenvolvimento.

O diretor de operações do BRDE João Luiz Regiani estima que a criação de um fundo financeiro para investimentos nos três estados do Sul poderia movimentar mais de R$ 1 bilhão em investimentos de infraestrutura e de estruturação econômica e social para estes estados, gerando milhares de postos de trabalhos justamente numa época em que há a necessidade de se reforçar as políticas d empregabilidade no país.

 

Comente aqui


O BRDE assinou com a FNP

No dia 27 de novembro, durante a 72º Reunião Geral Frente Nacional dos Prefeitos – FNP, em Recife, o diretor Financeiro do BRDE, Odacir Klein, assinou um Acordo de Cooperação com a FNP que objetiva fornecer suporte e apoio técnico para o desenvolvimento de projetos de financiamento do Programa BRDE Municípios, que inclui também Mobilidade Urbana e o PMAT, pelos municípios participantes do Programa de Fortalecimento da Governança Local e da Articulação Interfederativa.
O Acordo consiste em um projeto da FNP com financiamento da Delegação da União Europeia no Brasil que objetiva fornecer apoio técnico e institucional aos municípios, prioritariamente aos integrantes do g100, para o desenvolvimento e conformação de projetos de modernização da administração tributária e dos setores sociais básicos para o PMAT.
O programa atende ao edital da União Europeia para o fortalecimento das associações de autoridades locais, terá duração de três anos e desenvolverá também ações sobre Parcerias Público-Privadas e Transparência e Accountability.(Ascom/BRDE)

Comente aqui