empreendedorismo



EXPOINGÁ 2018: BRDE liberou R$ 40 milhões em financiamentos

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, BRDE, liberou neste sábado 40 milhões de reais em financiamentos para cooperativas, produtores rurais e empresas do Noroeste do Paraná e região do Vale do Ivaí.

Os contratos foram assinados na Expoingá 2018, com a presença da governadora Cida Borghetti, do diretor-presidente do Banco, Orlando Pessuti, e dos diretores João Luiz Regiani, de Operações, e Luiz Noronha, de Planejamento, do deputado federal Ricardo Barros e demais autoridades presentes.

Negócios

O BRDE participa da 46ª Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá – Expoingá 2018 com a oferta de linhas de financiamento para projetos de todos os setores da economia. O banco tem estande próprio na feira com equipe especializada para atendimento de parceiros e futuros clientes.

O BRDE poderá fechar negócios na Expoingá para apoio também de projetos inovadores dos setores de energia e sustentabilidade, como geração de energia e eficiência energética, uso racional e eficiente da água, gestão de resíduos e reciclagem, além das linhas destinadas a cadeia do agronegócio, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Imagens do evento:

Comente aqui


Investimentos, empreendedorismo e agricultura em Angola

Aproveitando período de férias estou a visitar algumas regiões da Angola e cumprindo agenda em diversos setores do governo na capital Luanda.

Ontem estive com o Ministro da Agricultura da Angola Marcos Alexandre Nhunga (ao centro na foto) e com o consultor de governo para assuntos agrários, engenheiro Sambeny (direita).

Tive a oportunidade de conhecer alguns aspectos relacionados a oportunidades para os brasileiros investirem na agricultura da Angola, bem como aspectos interessantes da economia do país.

Hoje terei audiência com o presidente do Banco Nacional de Angola e diretores de sete instituições financeiras angolanas, dentre as quais do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) a fim de compreendermos melhor o sistema de fomento angolano e as possibilidade de auto-financiamento existente no país.

Comente aqui


Inclusão financeira das micro e pequenas empresas

 

Diretor de Operações do BRDE João Regiani participou de painel no Congresso Empresarial Paranaense 2017 da FACIAP

Nesta semana entre os dias 19 e 21 foi realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, o “Congresso Empresarial Paranaense 2017” organizado pela Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB) e pela Federação das Associações Comerciais do Paraná (FACIAP).

No evento participei, representando o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE),  de painel de discussão voltado a abordar o tema “História da Inclusão Financeira da Micro e Pequena Empresa no Paraná”. Participaram conjuntamente do painel representantes do Sebrae, Sicoob, Banco do Brasil, Fomento Paraná e Bancoob.

O congresso reuniu representantes das associações comerciais de todas as regiões do estado e do Brasil,  e houve oportunidade para falarmos sobre as ações que o BRDE vem executando a fim de cada vez mais realizar a inclusão financeira das micro e pequenas empresas (MPEs) mediante a utilização de estratégias criativas e específicas, como por exemplo,  a formação de fundos financeiros para tal finalidade e captação de recursos financeiros internacionais.

Foram demonstrados, ainda, o números e índices de desempenho do BRDE em relação aos diversos portes financeiros do seguimento econômico do Paraná e que receberam investimentos do banco, com enfoque especial nas MPEs da região Sul e do Paraná, bem como abordamos sobre as políticas de fomento financeiro que o governo Beto Richa vem desenvolvendo para o estímulo econômico do estado.

Comente aqui


Cinco das 15 empresas mais inovadoras tem apoio do BRDE

A Revista Amanhã lançou nesta quarta-feira (4) o ranking das 50 empresas mais inovadoras da Região Sul, das quais 15 no Paraná, sendo cinco clientes ativos do BRDE.

São cooperativas e companhias dos setores de telecomunicações, tecnologia, papel e celulose, saúde, varejo e logística, que investem em pesquisa e desenvolvimento para gerar inovações tanto em processos quanto em produtos.

As cinco empresas que têm apoio do BRDE são: as cooperativas Frimesa e Cocamar, o laboratório farmacêutico Prati-Donaduzzi, a Usina de Açúcar Santa Terezinha e o Positivo Tecnologia. A Frimesa, com sede em Medianeira, Oeste do Paraná, foi a melhor colocada do Estado no ranking, além de ser considerada líder do setor. Continue lendo

Comente aqui