fraudes



Porque eles são eles e nós somos nós

A delação de Joeseley Batista da JBF continua e continuará a causar impacto ainda por muito tempo. Talvez se constitua num marco temporal que nunca mais seja esquecido pelos brasileiros.

Interessante notar que dos mais de 1.800 mencionados na sua delação nenhum, umzinho sequer, é dos Estados Unidos (americano), país onde a JBS possui 56 indústrias ligadas ao ramo de proteína animal.

Entenderam por que os Estados Unidos é os Estados Unidos e o Brasil é o Brasil?

Comente aqui
 

Cuidado! WhatsApp Gold das celebridades não existe

É bem provável que você tenha WhatsApp e, por isso, recebe centenas de mensagens todos os dias, imagens, vídeos e links. Então fique atento com mais essa que circula no aplicativo. Desta vez, trata-se de um “convite” para acessar uma suposta versão “Gold” ou “Golden” do “Whats”, que só seria acessível para celebridades.

O convite promete que Continue lendo

Comente aqui


SMS no celular vira arma contra fraude no cartão

CRÉDITOO Brasil foi um dos países que mais investiu no cartão com chip, a última tecnologia contra a clonagem nas transações eletrônicas. Mas foram as mensagens de texto (SMS) o instrumento que mais surpreendeu no ano passado no combate às fraudes nos pagamentos com cartões.

Os motivos apontados são a popularidade do celular, especialmente dos smartphones, entre a população bancarizada do país e a familiaridade com que o brasileiro utiliza esses aparelhos.

Quando uma pessoa recebe a mensagem de uma transação que não efetuou, costuma responder imediatamente ao banco. Em poucos minutos consegue cancelar a transação suspeita e ainda bloquear o cartão clonado. — Folha S. Paulo.

Comente aqui


Golpes no WhatsApp: sete dicas para não cair em ciladas

O WhatsApp tem sido usado por criminosos para aplicar golpes. Os mais recentes são cupons de descontos falsos, mas promessas de uma versão “azul” ou “transparente” do aplicativo também são maneiras de roubar dados financeiros e pessoais dos usuários. Para usar o WhatsApp e se manter seguro, confira estas sete dicas simples e não seja enganado.

Continue lendo

Comente aqui


Vídeo | Golpes pela internet: alguns cuidados

Os golpes pela internet aumentaram 470% em 2014, o que aponta para a necessidade de redobrados cuidados a serem tomados pelos consumidores em relação a esta modalidade de crime, especialmente com os e-mails falsos que visam a coleta de dados pessoais e senhas para aplicação de golpes.

Sobre o tema vejam o vídeo:

Comente aqui


Justiça do RS mantém multa à empresa de adicionou formol no leite

A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou nesta terça-feira recurso da Cooperativa Agrícola Mixta São Roque, com sede em Salvador das Missões (RS), e manteve a multa imposta pela União pela venda de leite com índices de formol acima do permitido. A decisão da 4ª Turma foi tomada em julgamento realizado na última semana.

A cooperativa foi multada em R$ 15.648,52 pela fiscalização sanitária após vistoria realizada no dia 27 de agosto de 2012. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de 2009 a 2012 a São Roque foi autuada 27 vezes – 17 vezes só em 2012.

Veja mais aqui.

Comente aqui


Cliente NET é vítima de tentativa de golpe do boleto falso

RADARClientes da operadora de TV a cabo NET devem ficar atentos, pois um e-mail com um falso débito, que pode ultrapassar os R$ 400, tem sido enviado por golpistas, com o objetivo de faturar, ameçando negativar o nome do consumidor em caso de não pagamento. A primeira forma de identificar a falsa mensagem, que usa da mesma identidade visual dos boletos eletrônicos da empresa, é verificar o remetente. Nesse caso, ele vem do próprio e-mail do cliente, o que não é o padrão da NET. Em nota ao GLOBO, a operadora de telecom informou que está apurando a origem do falso documento.

“Recomendamos que os clientes sempre consultem a Central de Relacionamento pelo número de telefone 106 21 quando houver dúvidas sobre a procedência da comunicação”, ressaltou.

A NET orienta, ainda, que os clientes sempre verifiquem o endereço que está na mensagem recebida. Ao passar o mouse sobre os links disponíveis no e-mail, o endereço que deve aparecer é o da NET (www.net.com.br).

Confira o conteúdo do e-mail falso:

“Prezado cliente,

Para aproveitar o melhor do entretenimento, informação e comunicação que você só encontra na NET, é importante que você pague a sua fatura no valor de R$ 471,08.

No site da NET, você tem várias formas de deixar o seu dia a dia ainda mais fácil: O não pagamento da fatura, resultara em medidas legais como, inclusão do CPF no Sistema de Proteção ao Crédito(SPC) e Serasa.”. — Portal do Consumidor.

Comente aqui


Fraudes ao consumidor aumentaram no início de 2015

Radar do Consumidor

“O consumidor deve tomar muito cuidado com “promoções” tentadoras, pois elas podem acobertar tentativas de fraudes”.

JOÃO LUIZ AGNER REGIANI

As últimas pesquisas apontam no sentido de que no mês de janeiro houve uma tentativa de fraude a cada 15, 9 segundos aos consumidores brasileiros.

Por isso a importância do consumidor não ignorar a necessidade de realizar transações comerciais seguras, especialmente pelo meio eletrônico, adquirindo produtos somente em `sites` conhecidos ou bem referenciados por quem já os tenham utilizado. Nunca repassar cópias de documentos pessoais para terceiros, sem credenciais das instituições financeiras ou fora do ambiente bancário, a fim de evitar que “picaretas”  tenham acesso aos seus dados pessoais.

A internet está repleta de orientações sobre segurança nas transações comerciais. Portanto, não custa nada demandar um pouquinho de tempo para buscar orientações pela internet ou junto aos órgãos de defesa do consumidor ANTES (!!!) de realizar qualquer transação.

Fica a dica.

Comente aqui


Maquiagem de preços é a tônica da `Black Friday`

Radar do Consumidor

João Luiz Agner Regiani

Infelizmente a `Black Friday` no Brasil tem se constituído numa armadilha que na maioria das vezes tem se prestado a induzir o consumidor ao prejuízo na aquisição de supostas promoções.

“Arapucas virtuais” e as falsas promoções rolam soltas na `Black Friday` brasileira e o consumidor menos antenado, muitas das vezes movido pela sanha de uma vantagem excessiva, acaba caindo no conto da “promoção relâmpago”.

Neste ano, assim como nos anteriores, a maquiagem de preços na `Black Friday` brasileira tem sido a reclamação mais frequente dos consumidores.

Portanto, muita atenção e cautela. O consumidor não pode perder de mente a idéia de que “ninguém oferece milagres gratuitos no mercado de consumo”.

Veja matéria interessante sobre o assunto AQUI.

Comente aqui