Judiciário



Justiça do Trabalho é lenta e pouco efetiva para o empregado

Muito interessante a matéria da Folha de São Paulo (veja aqui) sobre a (in)eficácia da Justiça do Trabalho no Brasil.

Embasada num estudo realizado pelo pesquisador André Gambier Campos do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a matéria da Folha demonstra o quanto a Justiça do Trabalho é lenta e cara, custando mais de R$ 14 bilhões anuais aos cofres públicos.

Comente aqui