Mês: outubro 2012



O PT e seu singular senso de ética

Do estadao.com:

BRASÍLIA – Acordo entre os líderes da base governista enterrou de vez nesta quarta-feira, 31, os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira, que serão concluídos até o fim deste ano.

A estratégia dos aliados do Planalto é evitar novas investigações das ramificações do esquema do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com a empreiteira Delta.

A oposição acusa os governistas de promoverem uma “vergonhosa pizza” e uma “farsa” com o fim da CPI.

Prevista para acabar neste domingo, 4, a CPI vai se estender oficialmente até o início do recesso parlamentar, no dia 22 de dezembro. Mas estes 48 dias de prorrogação servirão apenas para que o deputado Odair Cunha (PT-MG) apresente o relatório final com as conclusões das investigações, que se arrastam desde maio. “Quero apresentar o meu relatório no dia 20 de novembro”, disse Cunha.

A CPI do Cachoeira revela-se a crônica de uma farsa anunciada: foi criada para ofuscar o julgamento do mensalão – e deu com os burros na água -, impediu que se investigassem as ramificações da Delta – a empreiteira queridinha do governo – e, terminado o julgamento, não tem mais razão de existir.

E viva a ética petista!

 

Política
1 Comentário


Herança barbosiana (a saga continua)

De odiario.com:

O Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) cancelou o convênio com a Prefeitura Municipal de Londrina para a construção de uma escola. O anúncio foi publicado no Diário Oficial da União número 210 desta terça-feira (30), assinado pelo presidente do FNDE, José Carlos Wanderley Dias de Freitas.

A escola seria construída no Vale do Cedro, na região leste de Londrina, e atenderia mais de 200 crianças. Os recursos na ordem de R$ 1,2 milhão, com contrapartida de R$ 20 mil do município (…)

A extinção do convênio – firmado no governo de Barbosa Neto (PDT) – foi determinada pelo decreto presidencial número 7.654/2011 (…)

Moral da história: Homero Barbóquio (vade retro) se foi. Mas seus malfeitos continuam a ser sentidos.

 

Política
Comente aqui


Coerência petista

Do Congresso em Foco:

O presidente nacional do PT, o deputado estadual por São Paulo Rui Falcão, disse que os membros do partido condenados pelo mensalão não serão expulsos da legenda, apesar de o estatuto prever essa punição em caso de “condenação por crime infamante ou por práticas administrativas ilícitas, com sentença transitada em julgado”. “Não houve nenhum desvio administrativo”, disse ele no lançamento de exposição para comemorar as 5 mil edições do informativo da liderança do PT na Câmara, na tarde desta terça-feira (30). “O Estatuto não se aplica a eles”, afirmou Rui Falcão durante o evento, que teve a presença dos ministros Aloizio Mercadante (Educação) e Míriam Belchior (Planejamento).

 

A decisão é coerente com o ideário e a prática dos petistas, que fazem uma interpretação singular do ordenamento jurídico brasileiro. Para eles, tudo o que se fizer em nome de “um projeto de Nação” – que é a permanência do PT no poder – é legal. Trilegal!

 

Conferir em:

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/pt-nao-vai-expulsar-condenados

Política
Comente aqui
 

O que, afinal, Richa está escondendo?

E o governador Beto Richa está em viagem à China, Dubai e Itália.

Além de as informações sobre a agenda nesses países serem contraditórias e de Dubai ter sido incluído apesar de a Assembleia não tê-lo autorizado a ir lá, há a coincidência do início da viagem ter ocorrido na segunda-feira, dia seguinte à eleição que chamuscou a imagem do governador – ele foi derrotado no primeiro turno em Curitiba e no segundo em Londrina.

Safou-se, assim, de dar explicações no ardor da derrota consumada. E livrando desse suplício também o vice Arns e o presidente do Legislativo e seu aliado Rossoni.

Requerimento do deputado Tadeu Veneri (PT) foi derrubado na Assembleia. Ele pedia detalhes da agenda de Richa no exterior. Os tucanos garante: a Casa Civil vai explicar tudo, tintim por tintim.

(Por que não foi capaz de explicar antes? )

O caso está apenas no início.

O que, afinal, Richa está escondendo? Ou temendo?

Política
Comente aqui


Um apoio de peso para Kireeff

Elza Corrêa,  ex-deputada estadual e ex-vereadora – e responsável por dar a largada no processo de cassação de Antonio Belianti em 2000 – anunciou seu apoio ao prefeito eleito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD).

É um apoio de peso, que deverá incentivar outros.

Que esses apoios, no entanto, não se convertam em servilismo, como ocorre em tantos parlamentos e ocorreu – para citar o caso mais recente – na administração (sic) Homero Barbóquio (vade retro).  Os sete vereadores aliados se comportaram, quase até o fim do mandato melancólico de Barbóquio, como integrantes de uma quadrilha, cuja finalidade era permitir a liberdade de ação ao chefe.

 

Sem categoria
1 Comentário
 

Barbóquio, the serial loser

De Loriane Comeli, Folha de Londrina:

O ex-prefeito de Londrina Barbosa Neto (PDT) sofreu mais duas derrotas judiciais – entre pelo menos outras 15 – na tentativa de reverter a cassação de seu mandato pela Câmara Municipal em 30 de julho deste ano sob acusação de infração político-administrativa formulada pela Comissão Processante da Centronic. Mesmo sem chance de voltar ao cargo, a intenção é recuperar os direitos políticos que estão suspensos por oito anos em razão do impeachment.

Vou dispensar meu leitor – que tem mais o que fazer além de ler abobrinha – dos argumentos da defesa de Barbóquio (vade retro).  Ela se apega a todo filigrana possível para tentar reverter o fato consumado da cassação (aleluia! hosana nas alturas!).

E Barbóquio é derrotado em série – serial loser!  Até no STF – ou principalmente no STF -, onde encontrou pela frente nada mais, nada menos que o ministro Joaquim Barbosa…

Já disse e repito: ele está gastando tempo, papel, dinheiro e corroendo a paciência de juízes, desembargadores e ministros e suas esperanças indevidas por não usar o argumento fatal: o julgamento, do qual resultou sua cassação, foi ilegítimo. Os vereadores não usavam toga nem peruca!

 

Sem categoria
Comente aqui
 

O PAC que está dando certo

Sejamos razoáveis: o PAC não é uma decepção de norte a sul, leste e oeste, excluindo-se o Minha Casa, Minha Vida, que é a nova e mais ampla roupagem do velho programa habitacional do governo federal (rimou, que legal!)

No Nordeste, uma nova frente do PAC está funcionando muito bem. É o Programa de Apagão Cotidiano!

 

 

Política
Comente aqui