Mês: janeiro 2013



Guido, o angelical

O ministro da Fazenda, o angelical Guido Mantega, disse ontem, day after ao aumento da gasolina, que isso “não vai prejudicar ninguém”,

 

Por acaso o ministro paga o combustível que abastece seus carrões e paga com seu cartão de crédito pessoal as despesas de mercado?

 

De um dia para o outro, muitos itens expostos nas gôndolas subiram 30%!

Política
Comente aqui


Cuma?

O título se apropria de uma expressão celebrizada por Didí Mocó, a que recorria sempre que não entendia algo: “Cuma?”

Pois é: “cuma” é que o comandante-presidente Hugo Chávez está cada dia melhor, como afirmam as autoridades cubanas (foi capa hoje do Granma) e venezuelanas, se o ex-presidente Lula não foi autorizada a vê-lo?

Lula está em Havana desde segunda-feira, para, entre outras coisas, vem em que pé andam as obras de ampliação do Porto de Mariel, tocadas pela brasileira Odebrech com financiamento do BNDES (isso mesmo: financiamento do BNDES).

Ele tentou falar com Chávez, foi até o hospital, e o único que conseguiu foi posar ao lado da filha do comandante-presidente e outros figurantes.

De três uma:

1. Ou Chávez tem alergia ao vermelho da “habanera” usada por Lula

2. Ou seu estado é tão ruim que ele não pode receber visita

3. Ou os médicos temem a fama (comprovada) de que Lula é pé-frio?

Pé-frio, “cuma” assim?

Em tempo: ao lado de Lula está o chanceler venezuelano Elias Jaua, que, como toa a cúpula de seu país, despacha de Havana… É o realismo absurdo!

 

 

 

Política
Comente aqui


Torcemos por você, Alberto

Alberto de Paula Machado é a fusão perfeita de leite-quente com pé-vermelho – nasceu em Curitiba e formou-se em Londrina, onde mantém seu principal escritório de advocacia.

 

Alberto já foi presidente estadual da OAB, é vice-presidente nacional da da entidade e disputa hoje seu comando, na primeira disputa franca e aberta que ela realiza nos últimos 15, 16 anos.

 

Bairrismo à parte, estamos com você Alberto! Pois nunca antes na história desta cidade (e talvez do Estado) a OAB foi comandada por alguém destas plagas.

 

Estão aptos a votar os 81 conselheiros da OAB nacional. A votação começa às 19 horas.

Política
Comente aqui


O milagre cubano

Esta foto, assim mesmo, distorcida, está na capa da edição online do jornal Granma, órgão oficial do governo de Cuba. Pode ser acessado em http://www.granma.cu/

 

(Jornal, aliás, que é o paradigma da liberdade de imprensa pretendida pelos petralhas).

 

A legenda da foto informa: “Lula lê o livro, ladeado por Fernando Moraes e Alarcón”.

 

O brasileiro Moraes é o autor do livro “Os últimos soldados da guerra fria”.

 

O livro teve aceitação pífia no Brasil; por isso, ele  pretende ver se o transforma em beste-seller em Cuba. Lula é seu garoto-propaganda.

 

Alarcón – Ricardo Alarcón de Quesada – é o presidente da Assembleia Nacional, órgão legislativo que diz amém a tudo o que os Castro mandam.

 

Muito bem, voltemos à legenda da foto: “Lula lê o livro (…)”

 

Esses cubanos são mesmo demais: conseguiram o milagre de fazer o ex-presidente ao menos folhear um livro. E na posição correta!

 

Viva Cuba!

 

 

 

Política
1 Comentário
 

Pois é, né, seu Lula!

Do estadao.com:

O Instituto Lula, sede das articulações políticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Paulo, decidiu reforçar a segurança após moradores do assentamento Milton Santos invadirem o prédio da instituição na semana passada. A assessoria de imprensa não quis dar detalhes das medidas que serão tomadas, mas garantiu que as mudanças têm como objetivo evitar que “eventos como aquele se repitam”. Atualmente, a sede do instituto já conta com câmeras de vigilância e tem uma cerca de arame sobre o muro, mas não se descarta uma reforma na entrada do edifício para dar mais segurança ao ex-presidente. No dia 23, por volta das 6h30, o grupo de assentados conseguiu entrar no local ao render o caseiro. Os manifestantes ficaram no prédio por quase 32 horas.

 

Pois é. Sem-terra pode invadir propriedade de qualquer um, e barbarizar qualquer um, pois é bonzinho, um injustiçado; mau, explorador, injusto é o proprietário. Mas quando sem-terra  toma posse pacificamente, e por poucas horas, do escritório do ex-presidente Lula, a coisa muda de figura.

 

Política
1 Comentário


Um mês e…

Alexandre Kireeff completa hoje um mês no comando do Executivo de Londrina.

Um mês e… nenhum xingamento, nenhum atropelo da paz e da ordem, nenhum escândalo protagonizado pelo prefeito ou assessores de confiança, nenhum vereador acusado de extorsão, nenhum anúncio mirabolante de instalação de montadora de automóveis, nenhuma precipitação em relação à tarifa do transporte coletivo.
Enfim, temos prefeito.
Política
1 Comentário
 

Evocando o Torquemada do PT

Do estadão.com:

“Há setores do Ministério Público que têm tido atuação partidária. Evidente agora com essa manipulação em torno do presidente Lula em uma ação deliberada do setor partidário”.

A afirmação é do presidente do PT, Rui Falcão. Ele se refere à disposição do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, em analisar a acusação de Marcos Valério que envolve o ex-presidente Lula no mensalão.

Concordo com a primeira frase, discordo da segunda.

Começo pela discórdia: Gurgel age como deveria agir um procurador da República que, acima de tudo, defende os interesses da República (!) Ele está procedendo, no caso da denúncia de Marcos Valério, com a responsabilidade inerente ao cargo: examina a peça acusatória com atenção para remetê-la, se a considerar consistente, para o Ministério Público de primeira instância.

Afinal, Lula – ao contrário do que pensa e de como age o ex-presidente  – não é mais presidente da República (oficialmente). Portanto, não tem foro privilegiado.

E vamos à concordância. Se houve “setores do Ministério Público” que agiram com “atuação partidária”, isso envolve um ex-militante do partido, o procurador Luiz Francisco Fernando de Souza, o Torquemada do governo FHC. Quem não se lembra desta triste figura, que parece ter se calado para sempre desde que Lula tomou posse?

Um bom perfil deste procurador-militante está em http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/tag/luiz-francisco-fernandes-de-souza/

 

Política
2 Comentários


Por que não importar?

A gasolina passa a custar hoje R$ 2 em média o litro, equivalente a um dólar – o dobro do que pagam os norte-americanos, porém três quartos do que custa a boa parte dos europeus ocidentais.

 

Tudo bem, tudo tem que subir, já que a inflação, apesar da miopia do governo, não dá trégua.

 

Mas a president@ Dilma poderia aproveitar a viagem de seu criador a Cuba e sugerir a Lula que, caso ele consiga falar com Hugo Chávez, e isto só vai acontecer se ele ainda estiver vivo, fato sobre o qual pairam dúvidas atrozes, que proponha um intercâmbio petrolífero com a Venezuela.

 

Explico: o Brasil vai aumentar a quantidade de etanol na gasolina, que de 20% vai para 25%, para baixar o preço final na bomba. Legal, mas a coisa poderia ser bem melhor.

 

Ora, a gasolina que o “hermano” e “cumpanhero” Chávez produz é a mais barata do mundo. O tipo mais comum custa cerca de 3 centavos de real o litro.

 

Então porque não importamos gasolina da Venezuela para misturar com a brasileira? Tipo assim: 9/10 partes de gasolina venezuelana….

 

Teríamos uma redução fabulosa do produto sem que o Tesouro, como fará com a conta da luz mais baixa (sic), desembolse um centavo.

 

E ainda haveria o pretexto de engordar o PAC com o Chavoduto – o duto que traria o maná negro das savanas venezuelanas para os grandes centros brasileiros.

 

(Viajei na maionese!)


Política
Comente aqui