Mais um surto no hospício chamado Brasil

A decisão do TSE de manter a validade da chapa Dilma-Temer, apesar da robustez das provas de uso da máquina pública e de recursos ilícitos na campanha, caracterizando abuso de poder econômico e corrupção, torna inimputáveis daqui para a frente todos os crimes similares.

Caixa 1 (propina travestida de doação declarada), 2 (receitas não declaradas) e 3 (terceirização da doação por meio de empresas laranjas) estão liberados. A proibição do STF de doações eleitorais de empresas é letra morta: a única coisa que não vale, a partir de agora, é doação legal; o que for ilegal, pode!

Eis mais um surto registrado neste hospício chamado Brasil.

Sem categoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.