A truculência petista que pavimenta o caminho do jovem vereador

Um tal “coletivo de sindicatos e associações” (desprazer em conhecê-lo!) exige a cassação do vereador londrinense Filipe Barros (PRB/foto) porque, na última “greve geral” ordenada pela CUT – e que foi um fiasco de norte a sul, leste a oeste -, passou com seu carro diante de um piquete gritando “vagabundos!”. Esse piquete impedia a entrada e saída de ônibus do terminal urbano.

O vereador -25 anos e no primeiro mandato – errou e reconheceu o erro. Pediu desculpas publicamente, mas de nada adiantou: o tal “coletivo” reuniu dezenas de pessoas para esbravejar, da galeria da Câmara, contra o vereador: “fascista!”, “golpista” e outros adjetivos impublicáveis. A agressão que praticaram fez parecer cócegas o destempero do vereador.

E os sindicalistas & congêneres não largam do pé do presidente do Legislativo, Mário Takahashi, para que coloque o assunto em discussão no plenário – da qual esperam, evidentemente, um único veredicto: “Fora!”

Pois é. Barros gritou “vagabundos” para uma turma que impedia a livre movimentação das pessoas e, portanto, violentava a Constituição. Mas, para essa turma, que se crê detentora da verdade e refente do destino alheio, seu procedimento equivale a um crime de lesa-trabalhador…

Bem, o que esperar dessa turma, a mesma – mudaram apenas os membros; eram dezenas e haviam participado do congresso do PT – que agrediu a jornalista Miriam Leitão na última sexta-feira, desde o momento em que ela chegou ao aeroporto de Brasília até quando deixou o Santos Dumont, no Rio, e torturando-a no avião com gritos, gestos ameaçadores e obscenos. Duas horas de violência!

Não se deve esperar – jamais!- coerência dos petistas, exceto num ponto: tudo o que é feito contra eles é pecado, tudo o que praticam é virtude.

E não se deve esperar também – e igualmente jamais! – inteligência em suas ações. Pois a pressão que fazem sobre Barros, numa cidade 127% contrária ao PT, pavimenta seu caminho para voos mais altos na política.

Sem categoria

Um comentário sobre “A truculência petista que pavimenta o caminho do jovem vereador

  1. amilkar 16 de junho de 2017 16:06

    PT, partido de canalhas que abusam da ideia de tentarem ser diferentes. Sao esquerdopatas alienados que nao percebem que o mundo nao está mais aberto ä intolerancia, que o seu destino é a proscricao.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.