E a sombra da solidão se projeta sobre Lula

Onde estavam os 40% de nordestinos que, segundo as pesquisas, estão decididos a votar em Lula em 2018 para a presidência (se até lá ele não for preso)?

Onde estavam esses eleitores em potencial durante a caravana que ele acaba de realizar naquela região para consolidar e ampliar sua popularidade?

Não sei. Só sei que não estavam nos atos que o ex-presidente promoveu, atos dos quais participaram – as camisetas e bonés os denunciaram – somente os mortadeleiros financiados pela CUT e PT.

Onde estavam os apoiadores do ex-presidente hoje, antes, durante e depois do segundo depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro?

Se no primeiro, ao invés do prometido “exército vermelho”, compareceu a Curitiba cerca de cinco mil esfomeados, hoje nem um quinto desse número esteve na capital do Paraná para se solidarizar com a “viva alma mais honesta deste país”.

Os mortadeleiros o recepcionaram na Justiça Federal, mas, quando Lula terminou o depoimento, a turma havia debandado para comer – sanduba de mortadela com tubaína, é claro. E, então, o “maior líder popular da história do Brasil” teve de se recolher em um hotel até que o local previsto para seu discurso – a Praça Generoso Marques – começasse a receber a turma paga para aplaudi-lo. Demorou duas horas para isso acontecer, e quando aconteceu – ó tristeza, ó dor! – nem metade da claque estava no local. Barriga cheia, sabe como é… dá um sono!

Seu discurso durou… 15 minutos! Talvez o mais rápido discurso de Lula, o falador…

Lula, Lula: a sombra da solidão se projeta cada vez mais sobre suas esperanças!

Sem categoria

Um comentário sobre “E a sombra da solidão se projeta sobre Lula

  1. maso 16 de setembro de 2017 18:12

    sem onibus, mortadela, cinquentao, , ta com nada o Lula e trupe

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.