Prendam o desembargador petista. Com urgência!

Ex-servidor dos governos Lula e Dilma , petista por duas décadas e desligado do partido, por obrigação, para assumir o posto no TRF-4 de Porto Alegre (nomeado por Dilma Rousseff), mas fiel aos preceitos do partido em suas posturas jurídicas desde então, o desembargador Rogério Favreto deveria ser preso. E com urgência!

A mesma urgência com que determinou a soltura do ex-presidente Lula, atropelando decisão da corte à qual pertence, a Lei da Ficha Limpa e o ordenamento da Polícia Federal.

Favreto protagonizou hoje um dos atos mais vergonhosos da história jurídica brasileira ao atender reclamação de três parlamentares petistas, liderados por Wadih Damous, e ordenar a libertação do ex-presidente, condenado em segunda instância, por unanimidade, a doze anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

As teses que defendeu no mandato de soltura foram gritantemente absurdas: 1. Que Lula está preso ilegalmente pois não teve o caso tramitado em julgado (a ordem de prisão, que obedece a jurisprudência do STF, foi determinada pelo tribunal em que trabalho), 2. Que a prisão o impede de participar do processo eleitoral e, consequentemente, disputar a presidência da República (a Lei da Ficha Limpa impede que condenado em segunda instância concorra a cargo eletivo) e 3. Determinar que Lula fosse solto IMEDIATAMENTE mesmo sem a presença de um delegado da Polícia Federal, onde cumpre pena, e sem os procedimentos de praxe, que são o exame de corpo de delito, etc.

O desembargador petista – pois só um petista seria capaz de tamanha afronta à Justiça – tem de ser preso COM URGÊNCIA . Pois é uma ameaça latente ao Estado de Direto.

E tenho dito!

Sem categoria

2 comentários sobre “Prendam o desembargador petista. Com urgência!

  1. Carlos 8 de julho de 2018 21:09

    Prendam o juizeco Moro e os outros golpistas do TRF-4 urgente!

  2. José Pedriali 12 de julho de 2018 16:02

    Uma vez petralha, sempre petralha!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.