PT convoca jejum nacional. Acredite quem puder

O PT pretende convocar um jejum nacional para o dia 4, quando será realizada a convenção que vai oficializar a candidatura presidencial de Lula. O ato será em solidariedade aos militantes que farão greve de fome pela liberdade do ex-presidente.

Haverá um pedido para que os petistas levem alimentos a famílias das periferias do país dizendo que “foi Lula quem mandou entregar”.

O PT produziu 1 milhão de folhetos para convocar militantes de todo o país para o ato de registro da candidatura de Lula no TSE, dia 15 de agosto. O partido acredita que pode reunir de 30 mil a 40 mil pessoas em Brasília. (Painel – Folha de S.Paulo)

O blog comenta: a proposta petista é do tipo pedir para apanhar – insere-se desde já na crônica de um fracasso anunciado, pois 1: sem mortadela e tubaína na convenção, não haverá pelego disposto a comparecer; 2. Seus opositores – maioria absoluta da nação – aproveitarão a deixa para se fartarem de comida. Dia 4 será um sábado: e tome churrasco com cerveja!

E mais: a tal distribuição de alimentos em nome de um candidato (e ainda por cima um candidato ficha-suja) fere a lei eleitoral.

Para finalizar: a autora desta ideia escalafobética deve ser a presidentA Gleise Hoffmann, a mesma que convocou as mulheres para fazer greve de sexo para impedir o impeachment de Dilma Rousseff.

Sem categoria

3 comentários sobre “PT convoca jejum nacional. Acredite quem puder

  1. Paulo Turte 31 de julho de 2018 19:15

    Esperamos ainda quando Lula morrer, que no terceiro dia algo venha a acontecer e surpreenda toda a humanidade ! (kkkkkkkkkkkkkkk)

  2. JOSÉ MÁRIO NOWAK 31 de julho de 2018 19:19

    Jejum para parar e comer cúzico de jornalista/londrina/veado…

  3. José Pedriali 6 de agosto de 2018 17:22

    Publico o comentário de José Maria Nowak (?) para demonstrar a que nível chegam os petralhas! Há mais de 5 mil comentários do gênero na lata de lixo deste blog.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.