Mês: dezembro 2011



Banco do Brasil começa a operar Banco Postal dos Correios com novos serviços

A partir da próxima segunda-feira, dia 2 de janeiro, as mais de seis mil agências do Banco Postal dos Correios também serão Banco do Brasil. Com esse movimento, o BB se faz presente em 95% dos municípios brasileiros, com mais de 20 mil pontos de atendimento espalhados por todo país.

A parceria firmada entre BB e Correios para utilização do Banco Postal como Correspondente Mais BB, tem por objetivo promover a inclusão bancária em municípios desassistidos e disponibilizar aos clientes do BB maior comodidade e conveniência para realizar suas transações bancárias, ao acrescentar à rede de atendimento mais pontos. As prestações de serviços financeiros no Banco Postal serão amparadas por ações de educação financeira com o objetivo de familiarizar a população brasileira aos conceitos de serviços financeiros e bancários, reforçando a utilização consciente do crédito.

Para o vice-presidente de Varejo, Distribuição e Operações do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, com a aquisição do Banco Postal o BB antecipa em três anos o objetivo de estar presente em 100% dos municípios brasileiros e áreas desassistidas do país, já que a estratégia inicial era que o projeto fosse concluído em 2015. Ainda de acordo com Abreu, o Banco Postal é uma excelente alternativa para gerar mais um canal de atendimento para aquele cliente que quer e precisa do atendimento físico e de uma maior interatividade com o canal.

Para os clientes que já possuem conta no Banco Postal e desejam continuar realizando movimentações bancárias pelo canal, e os  novos clientes que não tem conta no Banco do Brasil e desejam abrir uma conta no Banco Postal, basta comparecer, a partir do dia 02 de janeiro, a uma das agências dos Correios que possuam Banco Postal, munido de CPF, documento de identidade e comprovantes de endereço e de renda (original e duas cópias de cada um desses documentos).

Novos serviços

O Banco do Brasil agrega novos serviços ao Banco Postal. Já no mês de janeiro será possível  realizar transações como DOC e TED, além da disponibilização de crédito para pessoa jurídica. Seguem alguns serviços que serão oferecidos nas agências dos Correios que operam o canal:

. Conta de Depósitos Pessoa Física e Pessoa Jurídica
Conta-Corrente e poupança com talonário. As pessoas físicas contarão com a praticidade do direcionamento automático para poupança.

. Cartões Pessoa Física
Cartão básico; Cartão Doméstico; Cartão Internacional; Cartão Bônus Celular Doméstico; Cartão Bônus Celular Internacional.

. Cartões Pessoa Jurídica
Cartão Empreendedor; Cartão Empresarial.

. Empréstimos Pessoa Física
BB Crédito Benefício; BB Crédito Salário; BB Crédito Automático; BB Crédito 13º.

. Empréstimos Pessoa Jurídica

. Pagamento de contas de Consumo

. Transferência bancárias
Transferência entre contas-correntes, DOC e TED.

Sem categoria
1 Comentário


Amusep não terá eleição no ano que vem

O mandato de Vanderlei Santini na presidência da Amusep será mais longo do que foi o dos últimos presidentes, já que a entidade não fará eleição em 2012 para renovação de diretoria.

A decisão já é antiga e a associação dos prefeitos da região de Maringá não fará eleição de diretoria porque mais da metade dos atuais prefeitos não pode disputar a reeleição e os demais não têm garantia de serem reeleitos.

Sendo assim, a Amusep só vai renovar a diretoria depois que os prefeitos eleitos já estiverem empossados, ou seja, lá por janeiro ou fevereiro de 2013.

Sem categoria
2 Comentários


Novo prefeito de Ângulo já tem nomes de secretários na manga

O novo prefeito de Ângulo, Pedro Vicentim (PPS), já está trabalhando na montagem de sua equipe. Sabe-se que Erivaldo Lourenço da Silva deverá ser o chefe de Gabinete de Vicentim e também o professor Valdecir Maróstica teria sido convidado para uma secretaria.

Valdo e Maróstica foram os candidatos a prefeito e vice-prefeito em 2008, venceram a eleição mas acabaram cassados antes da posse, acusados de compra de voto e abuso do poder político.

Vicentim foi empossado na manhã desta terça-feira durante sessão extraordinária da Câmara e recebeu dos vereadores o pedido para que “aja com mão de ferro” para recolocar Ângulo no caminho do desenvolvimento.

Vicentim se tornou prefeito devido à morte do prefeito Moisés Gomes da Silva (PP) na última sexta-feira, vítima de enfarto.

Comente aqui


Vitória de Santini já era tida como certa

A vitória do prefeito de Ivatuba, Vanderlei Santini, para a presidência da Amusep, hoje, na sede da entidade, não foi nenhuma surpresa, nem mesmo para os membros da chapa do candidato Marcos Mello, prefeito de Colorado.

Vanderlei Santini, prefeito de Ivatuba

Vanderlei Santini diz que já definiu seu programa de trabalho à frente da Amusep

Desde que as chapas ainda estavam sendo montadas os prefeitos já diziam que a de Santini seria vencedora pelo fato de Santini ter em seu grupo alguns dos principais estrategistas políticos da região.

Além disso, foi levado em conta a experiência de Santini como administrador. Ele é apontado como o homem que mudou a Amusep, tirando-a de um marasmo que durou 30 anos, ao criar o Consórcio Intermunicipal de Saúde (CisAmusep), o Pro-Amusep e ainda decidiu que a entidade deveria ter sua própria sede – antes ela funcionava dentro da prefeitura de Maringá.

A chapa de Santini teve 17 votos, a de Marcos Mello ficou com 6. Cinco prefeitos não compareceram e dois votaram em branco, talvez por não concordarem com nenhuma das duas chapas.

Mas a votação não teve essa tranquilidade que pode parecer. Além da chuva de telefonemas para todos os prefeitos nos últimos dias, Mello e Santini foram pessoalmente visitar prefeito por prefeito, membros das duas chapas também não deram sossego a quem tinha direito a voto e, hoje, desde bem cedo, todos os prefeitos ainda receberam telefonemas e ao chegarem à sede da entidade, no centro de Maringá, ainda deram de cara com boca de urna feita por gente das duas chapas.

Enquanto isso, Santini e Mello permaneceram quase duas horas trancados em uma sala, com um tentando convencer o outro a abrir mão. Pelo jeito, os dois foram fracos de argumento, pois ninguém saiu fora e a decisão acabou mesmo no voto secreto.

Os prefeitos Silvio Barros e Cileninho, de Maringá e Mandaguari, ambos do PP, foram membros da chapa de Mello e ferrenhos cabos eleitorais, mas além deles, do próprio candidato à presidência e mais três prefeitos, todos membros da chapa, ninguém mais optou pelo grupo.

Depois da apuração dos votos, os dois postulantes à presidência se abraçaram e Mello, embora chateado por ter perdido, disse que o novo presidente pode contar com sua ajuda no trabalho que terá pela frente, pois, acima dos interesses de cada um há a Amusep, um modelo de associação de municípios.

Confira o que dizem Santini e Marcos Mello sobre esta eleição da Amusep clicando aqui.

3 Comentários


Lei polêmica faz vereadores trabalharem durante as festas de fim de ano

A Câmara de Vereadores de Paraíso do Norte continua trabalhando em pleno período de férias por conta de uma Lei Municipal aprovada há duas semanas que está dando panos prá manga.

A Lei obriga todos os estabelecimentos que comercializam comida pronta – bares, restaurantes, padarias, pizzarias, lanchonetes, carrinhos de lanche – a fechar às 11 da noite e quem não fechar pode ser multado.

É claro que ela desagradou os comerciantes, que ficaram no prejuízo, e a população em geral, que ficou sem ter onde comer à noite, já que no horário de verão as pessoas saem para fazer uma boquinha na hora que os estabelecimentos já estão fechando.

Enfim, a noite de Paraíso do Norte ficou morta. Na semana passada, uma festa de rodeio reuniu cerca de 3 mil pessoas e muita gente foi dormir com fome, já que os carrinhos de lanche foram proibidos de atender depois das 11. O mesmo aconteceu com muita gente de outras cidades que foi a Paraíso para uma festa de formatura, que só acabou por volta da meia-noite.

As reclamações foram tantas que os vereadores pensaram, repensaram, e decidiram dar meia volta e acabar com o toque de recolher.

Ainda nesta semana eles votam o fim da polêmica Lei, mas criam outra, uma que proíbe venda de bebidas alcoólicas depois da meia-noite. Nas noites de sexta para sábado e sábado para domingo a cerveja e a cachaça podem ser vendidos até as duas da manhã.

1 Comentário


Amusep: Santini e Marcos Mello querem acordo, mas nenhum abre mão da presidência

Depois de sete anos, os prefeitos da região de Maringá estão divididos para escolher a diretoria que comandará a Amusep no ano que vem. Duas chapas apareceram e há três semanas os prefeitos estão tentando um consenso, mas, está difícil.

Na semana passada os prefeitos chegaram a se reunir para eleger a nova diretoria, mas jantaram e foram embora sem acordo.

Nesta quarta-feira, às 9 horas, eles voltam a se reunir e desta vez com acordo ou sem acordo vai sair uma chapa eleita.

De um lado, o candidato a presidente Vanderlei Santini, prefeito de Ivatuba, diz que até a última hora vai lutar para um acordo, mas ele não fala em abrir mão em favor da outra chapa. Do outro lado, Marcos Mello, prefeito de Colorado, diz o mesmo.

Prefeitos das cidades mais próximas a Maringá apostam que a chapa de Santini é a favorita. Pudera, todos estão na chapa do prefeito de Ivatuba.

2 Comentários


Após morte de prefeito, vice fará mudanças na prefeitura de Ângulo

A prefeitura de Ângulo, que está em recesso até o dia 5 de janeiro, ganha novo comando nesta terça-feira, quando a Câmara de Vereadores dá posse ao pecuarista Pedro Vicentim como prefeito, no lugar de Moisés Gomes da Silva, que morreu sexta-feira à noite de um enfarto fulminante.

Vicentim será empossado às 10 horas, mas terá alguns dias para definir o trabalho que pretende realizar. No dia 5, com o a reabertura da prefeitura, ele vai fazer uma grande reunião com todos os funcionários para deixar bem claro qual é o seu estilo de administrar. Na semana seguinte ele vai a cada departamento para uma conversa sobre o que espera de cada setor.

Vicentim deve saber o que fala. Afinal, aos 68 anos de idade ele respira política desde o anos 70, quando foi eleito vereador na vizinha cidade de Flórida. Depois disso teve dois mandatos como prefeito em Flórida e só não ganhou outras eleições porque decidiu mudar-se para Ângulo.

Algumas mudanças que ele fará na prefeitura já estão definidas, mas ele evita falar para não criar um clima de apreensão.

1 Comentário


Maringá pede o fim das esmolas

 

Maringá fim esmola

foto do blog da Patrícia

Foi lançada agora há pouco a campanha Não dê Esmola, da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, a Sasc, que visa articular e mobilizar a sociedade civil e o poder público no combate ao fenômeno da mendicância de crianças e adolescentes, assegurando a esse segmento da população o direito de estudar e brincar.

A campanha consiste em panfletagem, afixação de cartazes em estabelecimentos comerciais, capacitação dos profissionais dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), dos Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), e de fiscais da equipe de abordagem, além de profissionais que lidam diretamente com meninos e meninas em situação de rua.

O Não dê Esmolas prevê o incentivo da população ao projeto famílias acolhedoras, uma medida de proteção de defesa ao direito à convivência familiar e comunitária, que consiste no encaminhamento de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade a famílias, evitando a institucionalização desnecessária de crianças em situação de rua ou vítimas de abuso, negligência, maus-tratos, exploração. Neste sentido, a iniciativa contará com oficinas temáticas com famílias e comunidades.

Outro eixo da campanha diz respeito ao trabalho infantil. A proposta é criar um banco de dados para mapear e monitorar crianças e adolescentes que têm sua mão de obra explorada com a participação dos municípios de Sarandi, Paiçandu e Marialva.

2 Comentários


Marialva doa sangue e medula óssea

A Associação de Colaboradores e Doadores de Sangue de Marialva, o Projeto Salvando Vidas, está  realizando hoje até as 16 horas, no Rotary Club, Avenida Cristóvão Colombo, 833, centro, coleta de sangue e cadastro para doação de  medula óssea.  Uma equipe do Hemocentro Regional de Maringá presta o atendimento.

Para ser doador é necessário estar em boas condições de saúde, pesar acima de 51 quilos e apresentar documento com foto. Se estiver usando medicamento, deve levar o nome do remédio para o médico avaliar se pode ou não doar.

A ação tem o apoio do Rotary Club de Marialva, Secretaria Municipal de Saúde, diversas entidades e do comércio local.

Sem categoria
Comente aqui


Prefeito de Paranapoema é alvo de nova denúncia

Denunciante diz que prefeito abastecia carros particulares na conta da prefeitura

O prefeito de Paranapoema (a 110 quilômetros de Maringá), Jocelino da Costa (PDT), que em meados deste ano foi denunciado no Ministério Público por prática de nepotismo, foi denunciado segunda-feira por supostamente abastecer veículos particulares na conta da prefeitura. A denúncia foi apresentada ao MP e protocolada na Câmara de Vereadores. 

Jocelino Costa, prefeito de Paranapoema

Jocelino Costa diz que se houve abastecimento de carros particulares a responsabilidade é do prefeito que foi cassado

A denúncia é de autoria do ex-funcionário da prefeitura Joaquim Júlio da Silva e foi lida na sessão da Câmara da última terça-feira. O presidente do Legislativo, Cláudio de Alcântara Mereda (PMDB), quer que agora o denunciante apresente provas e possíveis testemunhas para que os vereadores decidam, em votação, se instauram ou não uma comissão processante para investigar o caso.

Jocelino Costa assumiu a prefeitura há um ano e dois meses com a cassação do mandato do prefeito Hélio de Souza Ramalho (PTB), acusado de várias irregularidades, entre elas a de pagar com dinheiro da prefeitura o abastecimento de veículos particulares. Agora, Jocelino está sendo acusado de cometer a mesma irregularidade, porém enquanto ainda era vice-prefeito.

De acordo com a denúncia, o então vice-prefeito, que não tinha função alguma na prefeitura, chegava a gastar até R$ 3 mil por mês em combustíveis, inclusive abastecendo veículos de terceiros. Os comprovantes dos gastos, cerca de 200 notas assinadas por Costa, estavam em um cofre da prefeitura e foram retirados por Ramalho às vésperas da cassação de seu mandato. De acordo com Ramalho, o número de comprovantes era bem maior, mas muitas notas teriam sido rasgadas antes do início da crise política que resultou na cassação. O prefeito cassado se dispõe a ceder o material a Joaquim Júlio para a montagem do processo na Câmara ou no Ministério Público.

Não tenho conhecimento disto, não mexia com combustível enquanto era vice, e se houve alguma irregularidade ela é de responsabilidade do ex-prefeito, Hélio Ramalho”, disse ontem o prefeito Jocelino Costa. Segundo ele, essa denúncia “não passa de tentativa de vingança de gente que mamava na prefeitura em outros tempos e agora perderam a teta”. De acordo com o prefeito, o autor da denúncia ganhava muito organizando um rodeio que levava dinheiro da prefeitura e, após a mudança de prefeito, não conseguiu mais a parceria.

5 Comentários