Mês: setembro 2014



MP, prefeitura e polícia investigam execução de cães

Além da investigação que já está sendo feita pelo Ministério Público de Barbosa Ferraz, também a prefeitura de Corumbataí do Sul vai instalar uma sindicância para apurar a execução de cães na cidade. A Polícia Civil também tem um inquérito no mesmo sentido.

Todos os indícios apontam para a Vigilância Sanitária, que estaria matando os cães com injeções letais e enterrando os corpos próximo ao aterro sanitário.

Segundo o prefeito Carlos Caxão (PDT), a Vigilância não tinha autorização para exterminar a população canina de rua. Segundo ele, a VS é o órgão que deveria estar cuidando da saúde dos animais, não matando-os.

A presidente da Associação Protetora dos Animais de Corumbataí do Sul, Magna Rosana Oliveira Martins, disse que entre os animais executados sob a responsabilidade do médico veterinário Antonio Maria Ferrari, chefe da Vigilância, havia vários que tinham donos.

Se ficar comprovado que o que ocorreu foi mesmo execução, sem qualquer laudo técnico que respaldasse a ação, o veterinário chefe da Vigilância, Ferrari, poderá sofrer um inquérito administrativo e perder o cargo para o qual é concursado, receber multa até 100 vezes o valor de sua remuneração e ainda responderá ainda pelo crime de improbidade administrativa. O veterinário pode ainda ser condenado até 10 anos por crime ambiental e maus tratos a animais. A pena pode ser multiplicada pela quantia de cães mortos sob a responsabilidade dele.

Por meio do Gabinete do Prefeito, a prefeitura de Corumbataí informou ontem que o doutor Ferrari pediu licença de alguns dias e quando retornar deve dar sua versão dos fatos. Segundo o Gabinete, Ferrari é bom profissional e muito responsável em suas ações.

2 Comentários


Inquérito apura morte de comerciante em confronto com a PM

Um inquérito da Polícia Civil e mais uma investigação interna da Polícia Militar vão apurar as circunstâncias da morte do comerciante Edilson José Duarte, de 50 anos, na noite do último sábado em Paranavaí em confronto com a PM.

Pelo que se sabe até o momento, o comerciante teria ingerido bebidas alcoólicas, envolveu-se em uma briga de bar com um grupo de rapazes, foi em casa buscar uma pistola calibre 380, mas acabou enfrentando a PM e morreu com tiros no pescoço, tórax e braço.

Algumas testemunhas disseram que a troca de tiros, que aconteceu na casa de Duarte, no momento em que ele tentava abrir a porta. Disseram que ele teria atirado primeiro e os policiais revidaram.

O resultado da investigação só será divulgado dentro de 40 dias.

Comente aqui


Garoto cego lê a Bíblia pela primeira vez

Momento em que Leonardo tateia as páginas da Bíblia em Braille

Momento em que Leonardo tateia as páginas da Bíblia em Braille

A última sexta-feira foi um dia de muita emoção para o pequeno Leonardo. Isto porque, ele, que é deficiente visual e estudante do Centro de Atendimento Especializado (CAE), leu pela primeira vez um texto bíblico graças a doação de uma Bíblia escrita em Braille feita pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) ao prefeito Bongiorno durante o Seminário de Ciências Bíblicas, realizado no Seminário Presbiteriano de Cianorte. Os 38 volumes do exemplar doado ficarão disponíveis para o acesso da comunidade cianortense na Biblioteca Municipal.

Cada exemplar tem um custo de R$ 3 mil e a SBB imprime apenas dois por dia. O objetivo da SBB é promover a integração do deficiente visual, pois através da leitura da Bíblia ele pode socializar-se com as pessoas, já que terá assuntos para debater. “É uma alegria muito grande poder doar essas Bíblias aqui para Cianorte, que já desenvolve um trabalho belíssimo com o CAE”, afirmou o secretário regional da SBB, Walter Eidam. 

Comente aqui


Patrícia Poeta deixa a apresentação do Jornal Nacional

Deverá ser anunciada hoje, durante o Jornal Nacional, a saída da apresentadora Patrícia Poeta da bancada do mais importante noticiário da Rede Globo de Televisão e do País.

Patrícia Poeta pretende dedicar-se a um projeto na área de entretenimento na Globo

Patrícia Poeta pretende dedicar-se a um projeto na área de entretenimento na Globo

Patrícia, que está há 15 anos na emissora, já foi ‘moça do tempo’, apresentou o Jornal Hoje e o Fantástico, está no JN há três anos, quando substituiu Fátima Bernardes. Agora ela deverá ser substituída por Renata Vasconcelos, que foi do Bom Dia, Brasil e agora apresenta o Fantástico.

A despedida de Poeta será em novembro, mas a partir desta semana já começa a preparação de sua substituta. Renata já apresentou o Jornal Nacional várias vezes, principalmente aos sábados.

Patrícia diz que quando aceitou ancorar o JN ao lado de William Bonner estipulou o prazo. “Acreditava, então, que estar na bancada do mais importante telejornal brasileiro seria uma experiência única, enriquecedora, algo que me aprimoraria de uma maneira sem igual. Foi exatamente o que aconteceu. Agora, parto feliz para começar a desenvolver um novo projeto, no entretenimento, algo com que sempre sonhei e para o qual procurei estar preparada. Sempre vi a televisão como um espaço maior para propor e realizar ideias. É exatamente isso que estou fazendo agora”.

Comente aqui


Maringá perde pioneira de 104 anos

Amélia Maria de Jesus da Silva chegou a Maringá há 68 anos

Amélia Maria de Jesus da Silva chegou a Maringá há 68 anos

Está sendo velado neste momento no Conjunto Santa Felicidade o corpo da pioneira maringaense Amélia Maria de Jesus da Silva. Oriunda de família escravizada, dona Amélia tinha 104 anos e morava há 68 anos em Maringá. Era uma das pessoas mais idosas da região e um dos mais antigos moradores de Maringá.

No ano passado, a pioneira foi homenageada com o Troféu Zumbi dos Palmares, oferecido pelo Centro Cultural Jamaica.

A mulher morreu de males próprios da idade avançada. O sepultamento está marcado para as 16h30 no cemitério municipal.

Sem categoria
Comente aqui


Álvaro diz que Dilma e Marina têm a mesma origem e não quer apoiar nenhuma no segundo turno

Em conversa com empresários dos setores imobiliário e da construção civil ontem em Maringá, o senador Álvaro Dias (PSDB) disse que não deverá seguir seu partido no segundo turno da eleição presidencial, caso o candidato Aécio Neves não passe para o segundo turno. Ele disse não pretende apoiar a candidatura de Marina Silva (PSB) e que não há hipótese de ir com Dilma Rousseff (PT), preferindo manter uma posição de independência para continuar exercendo o papel de fiscal.

“São poucos os parlamentares no Brasil que podem exercer esta função e é necessário para o País que haja uma oposição”, disse, sugerindo que a maioria busca a sombra do poder, “mas alguém tem que ficar no sol para denunciar, fiscalizar, apontar os erros”.

Ontem pela manhã o senador se reuniu em Maringá com pastores evangélicos e, na sequência, com imobiliaristas e construtores, quando revelou que não enxergava a possibilidade de mudança na política brasileira com a polarização entre as candidatas à Presidência Dilma e Marina. Segundo ele, as duas têm as mesmas origens.

O senador se confessou admirador do programa Minha Casa, Minha Vida quando os construtores externaram preocupação com o futuro do programa em caso de mudança de governante. “É um grande programa, que não pode morrer. Tanto governantes quanto oposição têm que defender este programa e seu aprimoramento”.

Comente aqui


Material de campanha em áreas públicas é recolhido

Por determinação da Justiça Eleitoral, a polícia recolheu placas de propaganda de candidatos que se encontravam em áreas públicas de Ivatuba.

Na cidade são permitidos os cavaletes de campanha e placas em áreas particulares, com autorização do proprietário, mas essas que foram recolhidas estavam em pontos vetados pela legislação eleitoral.

Sem categoria
Comente aqui


Ginásio que virou ponto de droga terá cursos profissionalizantes

O que deveria ser um ginásio de esportes é usado também como abrigo de andarilhos  Foto: Blog Nelson Lima

O que deveria ser um ginásio de esportes é usado também como abrigo de andarilhos Foto: Blog Nelson Lima

O ginásio de esportes do Jardim Novo Independência, em Sarandi, construído há mais de 10 anos e que nunca foi usado para a prática de esportes, deverá deixar de ser um ponto de reuniões para consumo de drogas e prática de sexo. Este é o objeto da audiência pública que acontecerá na próxima terça-feira para discutir a possibilidade de aproveitar as instalações para a implantação de um projeto de cursos profissionalizantes.

A audiência, convocada pelo prefeito Carlos Alberto de Paula Júnior (PDT), deverá contar com a participação da população, entidades de classe, associações de moradores, representativas, conselhos municipais, servidores municipais, partidos políticos e a imprensa.

A audiência acontecerá no próprio ginásio, na Rua 10, esquina com a Avenida Borsari Neto, às 19h30, onde o prefeito apresentará o projeto dos cursos profissionalizantes.

Sem categoria
Comente aqui


Lutando contra o Mal de Alzheimer, mulher volta à escola com quase 80 anos e é exemplo para os jovens

A escola me abre um mundo novo, me mostra coisas que eu jamais imaginei, ocupa e exercita minha mente e me ajuda a fazer novas amizades”, diz a mais animada aluna do Ensino Fundamental do Curso de Educação de Jovens e Adultos (Ceebja) Santa Clara, de Mandaguari (a 39 quilômetros de Maringá). A frase não causaria estranheza se a estudante Rosalina da Silva Cunha não tivesse 79 anos.

Rosalina e Davi: hora de fazer a tarefa de casa   Foto: Douglas Marçal

Rosalina e Davi: hora de fazer a tarefa de casa                      Foto: Douglas Marçal

A vida de estudante de Rosalina não se resume à sala de aula. Em casa, ela faz todas as tarefas da escola, lê livros e revistas, copia artigos inteiros, desenha e decora palavras em Inglês e Espanhol. Quando se sente inspirada, escreve poesias e faz redações sobre assuntos diversos.

Se tivesse tido oportunidade na idade certa, dona Rosalina iria longe”, diz a professora de História Elizabete Cardoso Alexandre, que se encanta com a vivacidade da aluna. “Ela é sempre a primeira a concluir os exercícios, entende tudo com facilidade, responde as perguntas com rapidez e clareza, tem uma letra bonita e, o que é melhor, é muito interessada na aula e nos assuntos discutidos em sala”.

Entre os professores das demais disciplinas, a pedagoga e a direção, Rosalina é unanimidade como exemplo de empenho e aproveitamento.

Rosalina voltou para a escola aos 75 anos de idade. Para isto, contou com o apoio do marido, “seu” Davi Antonio Cunha, de 84 anos, que se chegou a matricular-se só para acompanhar a esposa, mas acabou desistindo de permanecer em sala devido aos problemas de visão. Mesmo sem frequentar a sala, ele acompanha Rosalina na ida e volta da escola. O casal levanta às 5 horas todas madrugadas de segunda a sexta-feira, toma um ônibus escolar às 6 e às 7 já está no histórico prédio do Ceebja, o mais antigo prédio público de Mandaguari, construído há mais de 60 anos.

A estudante conta que seus pais foram pioneiros de Bom Sucesso, cidade que fica a 30 quilômetros de Mandaguari. Na infância não teve oportunidade de estudar porque a família vivia mudando de fazenda em fazenda para trabalhar nos cafezais, mas mesmo assim fez exames de final de ano e sempre foi aprovada. Casou cedo com Davi, continuou de fazenda em fazenda até que o marido comprou terras no fundão do Mato Grosso, onde foram os primeiros moradores do local onde nasceu a cidade de Alta Floresta.

Depois de uma vida inteira abrindo matas, plantando e colhendo, o casal que teve 9 filhos retornou para o Paraná, comprou uma casa em Mandaguari para descansar os últimos anos, mas sentia um grande vazio, pois alguns filhos morreram, outros casaram e Davi e Rosalina ficaram sozinhos.

A volta à escola era um desejo da idosa senhora, mas para ela tornou-se uma necessidade depois que foi diagnosticada com princípio de Mal de Alzheimer, uma doença degenerativa que tem como um dos principais sintomas a perda da memória. Rosalina evita falar sobre o assunto, mas tem consciência da doença e sabe que uma das formas de retardar os efeitos é utilizar a mente o máximo possível. O jeito encontrado por ela – e aprovado por seus médicos – é a dedicação aos estudos.

Quem conversa com Rosalina Cunha nem de longe imagina que uma mulher tão esperta, tão faladeira, com tanta clareza no que diz e uma memória invejável possa ter Mal de Alzheimer. E ela diz ter consciência de que está ganhando a luta. Fez a primeira parte do Ensino Fundamental – de 1ª a 4ª série – com o mínimo de faltas às aulas, tanto que ficava com a chave da escola e enquanto o professor não chegava ela ficava ensinando aos colegas. Agora espera concluir a segunda parte, de 5ª a 8ª série, para pendurar na parede casa de madeira em que vive com o marido uma gigantesca fotografia recebendo o diploma. “Para uma pessoa na minha idade, é uma vitória, não é?”.

Comente aqui


Fezes de pombos impedem prática de esportes em colégio de Cruzeiro do Sul

O Colégio Estadual Eurides Cavalcanti Tenório, maior e mais central estabelecimento de ensino de Cruzeiro do Sul (a 71 quilômetros de Maringá), é o maior prejudicado pela invasão de pombos que acontece na cidade desde o outono. Os estudantes estão impedidos de utilizar a quadra de esportes, que virou poleiro de pombos, e os pais e professores temem que o excesso de fezes das aves no pátio possa transmitir doenças às crianças.

Todos os pontos da quadra estão tomados por fezes das aves

Todos os pontos da quadra estão tomados por fezes das aves

Os pombos começaram a chegar durante o outono, passavam os dias nas granjas e lavouras em torno da cidade e à noite se empoleiravam na estrutura da igreja matriz, no ginásio de esportes e nas quadras das escolas. Mas a grande maioria ‘hospeda-se’ nas estruturas de ferro da cobertura da quadra do Colégio Eurides, possivelmente pela facilidade para entrar.

Já tentamos de tudo para afastar as aves, mas não conseguimos”, diz o diretor do estabelecimento, professor. Ele explicou que todas as medidas adotadas pela escola foram no sentido de não ferir as aves. “A alternativa seria fechar a quadra com uma tela, o que consta de um projeto de melhoria que encontra-se com a Secretaria Estadual da Educação”.

Segundo o diretor, o problema é que a quantidade de pombos vem crescendo dia a dia e com isto aumenta também a quantidade de fezes, tanto na quadra quanto no pátio. “Os funcionários da escola não vencem manter o ambiente limpo e os pais estão preocupados com a possibilidade de os filhos contraírem doenças transmitidas pelas fezes dessas aves, como histoplasmose e criptococose ou a bactéria clamidiose”.

Sem poder utilizar a quadra tomada por fezes de pombos, professor de Educação Física Gilberto Julião de Souza leva os alunos para realizarem atividades físicas em outros pontos do pátio e lamenta que “se não forem tomadas providências, vamos acabar ficando sem a quadra, que é um dos ambientes preferidos pelos estudantes”.

Segundo o professor, o risco de contaminação é muito grande, pois “a bola rola pelo pátio sujo de fezes, as crianças acabam sujando as mãos ao pegarem na bola e podem acabar contaminados”.

O Núcleo Regional de Educação de Paranavaí, que recebe hoje pela manhã o secretário estadual de Educação, Paulo Schmidt, informou que tem conhecimento da invasão de pombos na escola e que espera que a Secretaria de Educação execute logo o projeto que visa o fechamento da quadra com tela.

Comente aqui