Desativação da Palmali será definida nesta quinta-feira

Moradores do Jardim Novo Horizonte e diretores do Frigorífico Palmali se reúnem, mais uma vez, nesta quinta-feira, às 9 horas, na prefeitura, para definir sobre a mudança da empresa, que, segundo eles, seria responsável pelo forte mau cheiro e surgimento de insetos, principalmente moscas e baratas.

A empresa está naquele local há 60 anos, desde que toda a área era de fazendas. A própria diretoria tem interesse em mudar a indústria, mas o terreno que conseguiram no distrito de Iguatemi não pode receber qualquer tipo de construção enquanto o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) não liberar as licenças ambientais necessárias.

A comissão formada por moradores e os diretores da empresa devem firmar um compromisso para que o Palmali seja desativado dentro de seis meses, com ou sem licenças do IAP. A alternativa para a empresa será transferir a indústria para um município do centro-oeste paranaense.

O problema é que se a Palmali deixa a cidade, Maringá perderá uma boa arrecadação de tributos e pelo menos 500 trabalhadores perderão seus empregos.

Sem categoria

2 comentários sobre “Desativação da Palmali será definida nesta quinta-feira

  1. maso 25 de outubro de 2017 19:11

    Perder a Palmali seria tragico. 500 empregos agora na recessao, que a Palmali triplica isso facilmente. E que as autoridades maringaenses se empenhem em resolver o problema da empresa e dos moradores, que oferta para a Palmali se mudar, iso aparecera muitas. Todo municipio almeja uma empresa solida que paga altos tributos e gera centenas de empregos.

  2. Karyna Cremonez 26 de outubro de 2017 13:05

    O que falta é respeito ao próximo…a Palmali está aqui a 60 anos enquanto o bairro tem 10 anos… então para aqueles que compraram seus imóveis já sabendo como seria a vizinhança o que estão cobrando? É um fundo de vale onde passa um córrego e tem uma mata fechada..Não quer insetos? Olha acho uma tremenda arrogância esses moradores querer reinvindicar algo…Maringá vai perder em tributos e em vagas de emprego… Isso é a lei da vida quem chegou primeiro tem direitos se não está feliz Maringá é enorme para ir atrás de um imóvel que agrada

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.