Um ano sem Geraldo Altoé

Ontem fez um ano que Maringá perdeu um de seus mais tradicionais professores, Geraldo Altoé, um dos pioneiros da educação ginasial da cidade e que participou da criação do primeiro curso superior de Maringá, o de Ciências Econômicas, que foi o embrião da criação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Para matar a saudade do mestre, veja este vídeo:

Um comentário sobre “Um ano sem Geraldo Altoé

  1. maso 6 de novembro de 2017 18:34

    So tenho uma lembranca do Professor Geral do Altoe! Eu estudava no Gastao a tarde, e foi talvez 1977, mas nao tenho ceteza. A materia era Educacao, Moral, e Civica. Acho que era isso. E numa tarde o prof. Geraldo disse= prova! E entregou as provas carteira a carteira. Em seguida comunicou que nao poderia ficar na sala por um motivo urgente, e que nos deixaria fazendo a prova, que confiava em nos, que cada um fria a sua, e depois recolher e entregar na secretaria. E foi se!
    Imagina zona, a cola, alunos se juntando, o alvoroco.
    Nao sei donde ele viu tudo, mas viu e anotou. Na aula seguinte ele contou o que cada um fez, e com aquele voz melosa foi esculachando um a um. Todo mundo quietinho ouvindo a licao de moral do Altoe. Foi impactante tanto que toda vez que lembro do professor, tambem me lembro desse fato. A gente nao precisa apanhar pra ser ensinado. Basta um homem correto corrigindo nossas safadezas. Um grande homem sem duvida. Que ajudou a moldar o carater de muita gente. Saudades!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.