Sonhos que se iniciam com uma simples visita

Maynara no local em que sonhou há muitos anos

Texto de Kamilla Yohanna
para “O Diário na Escola”

Pessoas digitando loucamente, homens e mulheres conversando ao telefone, alguns jornalistas concentrados e sérios, outros mais sorridentes e alegres dialogando com amigos de trabalho numa sala cheia de pessoas, computadores e telefones que não param de tocar um só segundo.

Este é o cenário da Redação de O Diário há 10 anos, na visão de Maynara Beatriz Carvalho Guapo, de 20 anos, que, desde 2007, quando tinha apenas 10 anos, visitou o jornal por meio do projeto O Diário na Escola e decidiu, naquele dia, que seria jornalista, e mais, também trabalharia na Redação de O Diário.

“Estar aqui é a realização de um sonho”, diz ela, hoje já em uma das mesas da Redação, trabalhando como estagiária do jornal. Mesmo depois de uma década, ela ainda diz se lembrar dos detalhes daquela visita ao grupo jornalístico.

Era um dia de sol, no final do ano letivo de 2007, quando as turmas de alunos do 4º ano da Escola Municipal Jardim Primavera, de Santa Fé, seguiram para Maringá, com o intuito de conhecer as instalações do grupo O Diário. Mal sabia Maynara que seu sonho e futuro estariam ali, escondidos e guardados entre os silêncios e os barulhos de uma sala jornalística.

Com dezenas de amiguinhos que também estiveram na visita, Maynara soube na hora: “era isso que queria para minha vida”. Outros estudantes, apesar de gostar do lugar, da rotina e dos aprendizados da visita, não sentiram a mesma intensidade da pequena Maynara.

Todos os departamentos da empresa foram visitados e bastou uma olhadela na sala de Redação e no barracão de impressão dos jornais para ela se encantar de vez com o mundo jornalistico. “Fiquei admirada com cada detalhe aqui”, diz.

“Minha mãe é professora e veio comigo na época. Olhei para ela e disse: ‘mãe um dia eu vou trabalhar aqui'”, recorda-se. O sonho acompanhou os anos que se passaram. Maynara iniciou o curso de Jornalismo há três anos e, no próximo sábado, completará dois meses que faz parte da equipe de jornalistas de O Diário.

“Ao lado de pessoas sensacionais, trabalhar aqui é gratificante”, define ela. O desejo que percorreu uma década nunca diminuiu, pelo contrário: a cada dia, tinha mais certeza de seu futuro. As expectativas infantis foram supridas e, mesmo com sonho realizado, estar numa Redação continua sendo uma paixão declarada. “Eu conto para todos essa história, é bonita e mostra que não devemos desistir jamais.”

Maynara é uma moça sonhadora e orgulhosa de si. Diferentemente de muitos jovens, ela não sente vergonha em ser quem é, muito menos de quem escolheu ser.

O sonho de pequena cresceu com ela e deu lugar a um novo sonho adulto: escrever e dedicar-se ao impresso até seus últimos suspiros.

Um comentário sobre “Sonhos que se iniciam com uma simples visita

  1. Valéria Aparecida Cuba 1 de novembro de 2017 14:52

    Linda história de vida para alguém tão nova. Parabéns Maynara, você assim como tantos outros jovens, merecem a realização dos seus sonhos.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.