Maringá é confirmada como sede dos Jogos Universitários 2019

Os Jogos Universitários do Paraná (JUPs), que foram dos maiores eventos esportivos do ano passado em Maringá, trazendo à cidade cerca de 1,5 mil atletas de universidades de todo o Estado, terão uma nova edição em Maringá neste ano. Será de 17 a 23 de maio, dentro dos festejos alusivos ao 72º. aniversário do município.

A confirmação foi feita pela Superintendência de Esportes e Turismo do Paraná, organizadora da competição, ao divulgar o calendário esportivo de 2019. O evento é realizado em conjunto com a Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU), Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e as universidades de todo o Estado.

Maringá e Região Convention & Visitors Bureau apoia a captação dos jogos e diz que a confirmação deve-se muito à estrutura esportiva que a cidade dispõe e à boa organização e acolhida aos participantes na edição de julho do ano passado.

“O secretário Valmir Fassina, de Esportes, foi um batalhador, teve o apoio do prefeito Ulisses Maia e pode contar com a parceria do Convention”, diz o professor Agnaldo Baldo, do Escritório Regional da Secretaria Estadual de Esportes e vice-presidente para Assuntos de Captação de Eventos do Convention Bureau de Maringá.

Segundo Baldo, tão logo terminaram os JUPs do ano passado, Fassina já apresentou a candidatura de Maringá para este ano.

O vice-presidente do Convention para Assuntos de Empreendedorismo e Captação de Recursos, Cláudio Crepaldi, destacou que é importante que a cidade traga eventos esportivos do porte do JUPs para movimentar a economia local. “São cerca de 1,5 mil pessoas de fora que se hospedarão nos hotéis de Maringá, frequentarão lanchonetes, casas noturnas, enfim, vão sair para conhecer a cidade e consumir em diferentes tipos de estabelecimentos. O Convention apoia a captação de eventos assim porque sabe da importância que eles têm para a economia do município”, diz.

Sem categoria
Comente aqui


Biodiversidade de árvores reúne espécies de aves na UniCesumar

O campus sede da UniCesumar, instituição mantenedora do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, se destaca pelas modernas estruturas, com amplos espaços e, principalmente, pelo grande fluxo de alunos, professores, colaboradores e membros da comunidade que visitam diariamente a instituição.

 

Entre as ações oferecidas pela instituição, estão os trabalhos de serviço à comunidade em clínicas da área da saúde, que abrangem a fonoaudiologia, psicologia, fisioterapia, nutrição, estética e a veterinária.

 

Neste último caso, são atendidos pets da comunidade, animais de pequenos portes e aves, oriundas de apreensões feitas pela Polícia Ambiental. No hospital, recebem todo o atendimento para reabilitação e posteriormente são levadas de volta para a natureza.

 

Porém, nos últimos meses um casal de Tucanos-Toco, tem se abrigado em uma das árvores plantadas no campus da instituição. A espécie não é a única a realizar visitas, como explica a professora do curso de Medicina Veterinária da UniCesumar, Jussara Maria Leite Oliveira. “É comum encontrarmos diversas espécies de pássaros em nosso campus, já temos mais de 20 registradas, entre elas espécies raras, como o Tucano-Toco, Tucano-Araçari, Gavião-Carijó e Carcará. Isso acontece principalmente porque temos uma grande monocultura em nossa região e as aves acabam encontrando abrigo e alimento nas árvores”.

 

Para o vice-reitor da UniCesumar, Wilson Matos Filho, a presença das espécies no campus demonstra o quão importante é a preservação nativa. “Temos mais de 12 mil árvores e arbustos plantados em nosso campus e a visita dessas aves também fortalece o incentivo que fazemos à comunidade acadêmica para o espírito de preservação e o respeito à natureza”.

Sem categoria
Comente aqui


Vitória do profissionalismo em um ano que não foi para amadores

O profissionalismo dos parceiros do Convention fez a diferença e ajudará a cidade a captar novos e maiores eventos

 

Dirceu Gambini*

 

Como tem sido bastante comentado por empresários, profissionais liberais e trabalhadores de diversos setores, enfim, por quem faz a roda da economia girar, 2018 não foi um ano para amadores.

 

Lembremos que ele já começou na esteira de um dos piores períodos das últimas décadas para a economia do País, a política vivia um momento de grande descrédito, tivemos uma Copa do Mundo em que nossos representantes deixaram no ar um clima de decepção e, por fim, vivemos uma eleição em que, no âmbito estadual, perdemos vários políticos tradicionais, a representante de Maringá na disputa pelo governo do Estado não logrou êxito e, no que se refere à Presidência da República, tivemos uma polarização entre duas ideologias extremas, onde o que menos estevuveram em pauta foram os temas básicos para os brasileiros, como a economia, relações externas, saúde, educação.

 

O turismo, que no nosso caso é basilar, nem sequer foi assunto para debate e possivelmente nem esteve na pauta dos candidatos.

 

Realmente, 2018 não foi um ano para amadores.

 

Mas, se no âmbito nacional o turismo não fez parte das grandes discussões, em Maringá o Maringá e Região Convention & Visitors Bureau fez a lição de casa. E nossos parceiros também.

 

Aqui tivemos o maior debate da história dos caminhos a serem tomados pelo poder público e pelo trade turístico com a realização da 1ª. Conferência Municipal de Turismo, organizado pela prefeitura; o Convention apoiou a captação e realização de diversos eventos que trouxeram gente e divisas para nossa cidade, lotando hotéis, movimentando restaurantes, lanchonetes, táxis, casas de eventos, agências de viagens, deram empregos temporários, enfim, mexeram para cima a economia do município, inclusive pela geração de tributos para os cofres públicos.

 

Mas, tão importante pelos eventos que aconteceram, 2018 foi um ano que abriu portas no setor do turismo. A Conferência Municipal de Turismo certamente terá seus primeiros reflexos já em 2019 e eventos que tiveram o apoio do Convention, como os Jogos Universitários do Paraná (JUPs) e os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), mostraram aos realizadores que Maringá é uma das melhores cidades do Brasil para sediar estes tipos de realização, o Congresso de Avião Agrícola, um dos maiores do mundo, encontrou em Maringá as condições, a estrutura e o apoio para que se torne ainda maior e melhor.

 

Se é verdadeiro que 2018 não foi um ano para amadores, ele deixou claro que o Convention de Maringá e seus parceiros não são amadores e conseguiram transformar um ano que tinha tudo para ser complicado em um ano de grandes realizações. Que venha 2019.

 

*Dirceu Gambini
é presidente do Conselho Curador do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau e presidente do Conselho Municipal de Turismo

Sem categoria
1 Comentário


2018 abriu portas para grandes eventos

O profissionalismo dos parceiros do Convention ao receber os participantes dos eventos apresentou a cidade ao Brasil como o local ideal para todos os tipos de promoções

 

Yara Linschoten*

 

Os organizadores de alguns dos mais importantes eventos sediados por Maringá em 2018, como o Congresso de Aviação Agrícola, os Jogos Universitários do Paraná (JUPs), IMIN 110, Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), se desmancharam em elogios à capacidade que Maringá mostrou de bem receber e apoiar as realizações. A isto soma-se a excelente estrutura para praticamente todas as modalidades esportivas, shows artísticos, congressos, consolidando nossa vocação para o turismo de eventos.

 

Estes elogios podem ser traduzidos em facilitação na captação de novos e ainda maiores eventos. Os organizadores, ao deixarem Maringá, não faziam questão de esconder o contentamento por terem encontrado tão valorosos parceiros locais e o interesse em voltarem. Assim, não será nenhuma surpresa se o Congresso de Aviação Agrícola, um dos maiores do gênero no mundo, escolher Maringá para uma de suas próximas edições. O mesmo podemos dizer da Confederação Brasileira de Desporto Universitário, a CBDU, que nos deu os JUBs com cerca de 3,5 mil participantes e virou parceira de primeira hora. Os diretores da CBDU não esconderam a surpresa com o profissionalismo e comprometimento dos parceiros do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, como hotéis, botecos, shopping centers, empresas de instalação, de publicidade visual, prefeitura, UEM, faculdades e a imprensa dando divulgação a tudo com competência e fidelidade.

 

Ficou claro o desejo de trazer suas competições a Maringá, não somente o JUBs Fase Final, mas também de modalidades específicas. Maringá apresentou ao Brasil em 2018 que aqui há profissionalismo no trade turístico. E este profissionalismo, este comprometimento de nossos parceiros, se aperfeiçoa a cada teste. Vemos o empenho de nossos parceiros na capacitação de seus colaboradores, na melhoria de instalações, no emprego do que há de melhor e mais eficiente em tecnologia.

 

Passamos no teste ao sediarmos grandes competições esportivas, mas mostramos capacidade para recebermos também outros tipos de eventos, como na área de tecnologia, de equipamentos, empresariais, de entretenimentos, social.

 

Não é demais repetirmos que o turismo de eventos tem elevada importância econômica para nossa cidade, incentivando o desenvolvimento socioeconômico, contribuindo para a geração de empregos, renda e criação de infraestrutura que beneficia não somente o turista, mas toda a população. E o que é melhor: ainda conta com um vasto campo a ser explorado.

 

Se 2018 foi um dos melhores anos, em termos de resultados, para o Convention Bureau de Maringá, com certeza ele abriu portas para que tenhamos resultados ainda melhores em 2019, 2020 e assim por diante.

 

 

*Yara Linschoten
é superintendente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau

Sem categoria
Comente aqui


Gestores do esporte se reúnem para discutir os desafios dos próximos anos

O diretor da Secretaria de Esportes do Paraná na Regional de Maringá, Luciano Pozza, teve seu último encontro com os gestores da região; ele entrega o cargo no final do mês

 

Esta foi a última reunião de Luciano Pozza como chefe do Escritório Regional da Secretaria de Esportes e Turismo

Secretários e diretores de Esportes de municípios das regiões de Maringá e Paranavaí, além de lideranças esportivas regionais, se reuniram nesta sexta-feira no auditório do Ody Park, em Iguaraçu, para uma análise do que tem sido o esporte no Paraná e os desafios para os próximos anos. Na oportunidade, foi lançada a terceira edição da Corrida do Bem, que desta vez vai arrecadar recursos para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Maringá.

 

O evento do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretária do Esporte e Turismo, com apoio institucional do Ody Park, Maringá e Região Convention & Visitors Bureau e Rede de Turismo Regional (Retur) marcou também a despedida do chefe do Escritório Regional do Esporte e Turismo de Maringá, desportista Luciano Pozza, que deixa o cargo no final do mês e retoma as atividades de empresário da construção civil.

 

Segundo Pozza, foi possível dar uma importante contribuição para o crescimento do esporte do interior, sobretudo na região noroeste, mas o trabalho teria sido maior não fossem entraves próprios do serviço público.

 

Agnaldo Baldo fez uma palestra sobre os desafios do esporte no Paraná

A superintendente Executiva do Convention Bureau, Yara Linschoten, fez uma palestra sobre “Esporte e turismo, uma parceria de sucesso”, destacando que alguns dos maiores eventos deste ano em Maringá, que provocaram impacto na economia do município, foram da área do esporte, como é o caso dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que na primeira semana de novembro ocupou quase 100% dos leitos de hotéis de Maringá ao receber cerca de 3,5 mil pessoas de todo o País.

 

O supervisor da Secretaria de Esporte e Turismo do Paraná em Maringá, Agnaldo Luiz Baldo, que é também vice-presidente para Assuntos de Captação de Eventos do Convention, falou sobre os desafios que o esporte tem pela frente e citou que a burocracia governamental e interesses políticos são entraves para o desenvolvimento do esporte.

 

Corrida do Bem

 

Uma das novidades anunciadas por Pozza e Baldo foi a definição de mais uma edição da Corrida do Bem, um projeto para ajudar entidades beneficentes da cidade por meio da prática saudável de esportes. Na primeira edição, a corrida foi em prol do Asilo São Vicente de Paula e rendeu R$ 42 mil para a entidade. Na segunda edição, a Associação Maringaense dos Autistas (AMA) ficou com R$ 60 mil arrecadados por meio das inscrições dos atletas.

 

“Correr é muito melhor quando podemos ajudar o próximo. A ideia é simples: pedimos patrocínio e apoio para empresas que possam nos ajudar com os custos e depois repassamos toda a renda para as entidades”, comenta uma das idealizadoras e coordenadora da corrida, Maria Isabel Nogueira.

 

A prova ainda não tem data definida, mas possivelmente aconteça em março de 2019.

Comente aqui


Trade turístico de Maringá espera ações da prefeitura para fortalecer o setor

O relatório da Conferência Municipal de Turismo servirá de guia para que a administração municipal defina as políticas públicas para o setor

 

O relatório final da 1ª. Conferência Municipal de Turismo, realizada no dia 4 de outubro no parque de exposições de Maringá, será entregue ao prefeito Ulisses Maia (PDT) para que sejam colocadas em prática diretrizes baseadas na Política Nacional de Turismo  e assim conseguir o desenvolvimento e fortalecimento do setor.

 

A entrega vai acontecer na próxima terça-feira (11) no Gabinete do Prefeito, com a presença do secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico, Francisco Favoto, diretor de Turismo do município, Amarildo Torres, o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirceu Gambini, e representantes do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Rede de Turismo Regional (Retur), Câmara Municipal, Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), Sebrae, entidades ligadas ao artesanato e outras instituições que representam setores do trade turístico.

 

O diretor de Eventos da Secretaria Municipal de Cultura, Luiz Fernando Neves, foi o coordenador da Conferência e também fará parte do grupo que entregará o relatório ao prefeito.

 

“A Conferência foi a primeira oportunidade que o município de Maringá teve para reunir todos os setores do turismo e cada um apresentar suas demandas e ideias para o fortalecimento do turismo como um todo”, diz o diretor de Turismo da prefeitura, Amarildo Torres, idealizador da Conferência. “Todas as ideias foram condensadas em um documento para que o prefeito e sua equipe definam as políticas para o setor pelos próximos anos”.

 

“Maringá é uma cidade que não conta com recursos naturais para a atração turística, como acontece com Foz do Iguaçu, que tem as cataratas mais famosas do mundo, ou as cidades litorâneas, mas mesmo assim recebe muitos turistas por conta dos eventos, o turismo de compras, o turismo médico”, explica o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirceu Gambini. “Logo, precisamos uma certa organização para oferecermos formas de atrativos para que gente de outras cidades e outros Estados venham a Maringá, alimentando a rede hoteleira, restaurantes, taxistas e outros setores”.

 

Dirceu Gambini, presidente do Conselho Municipal de Turismo

Segundo Gambini, ao entregar ao prefeito o relatório da Conferência, o trade turístico de Maringá espera que Maia veja o turismo como um setor importante para a economia de Maringá. “O turismo é uma das áreas que mais empregam pessoas, envolve empresas de vários segmentos e tem um peso considerável na arrecadação de ISS [Imposto Sobre Serviços]”.

 

Para o Convention Bureau, que apoiou a realização da Conferência Municipal de Turismo, o primeiro passo foi dado, que foi a apresentação dos interesses de cada área que forma o trade turístico. “O prefeito mostrou grande interesse na realização deste debate para que possa saber qual é o verdadeiro retrato do turismo de Maringá e o quê cada área precisa para melhorar ainda mais”, diz a superintendente Executiva do Convention, Yara Linschoten. “A partir do resultado da Conferência, a administração municipal poderá definir o que fazer de agora em diante sem o risco de deixar alguma área para traz”.

Comente aqui


Contas aprovadas e elogios na assembleia do Convention Bureau

As contas do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau relativas ao período abril-outubro foram aprovadas por unanimidade durante a Assembleia realizada nesta quinta-feira (29) no auditório do Aspen Park Trade Center. As prestações de contas acontecem nas assembleias realizadas duas vezes por ano.

 

A reunião foi conduzida pelo presidente do Conselho Curador, Dirceu Gambini, presidente do Conselho Fiscal, Shiniti Ueta, presidente do Conselho Superior, José Roberto de Mattos, e pela diretora Financeira, Claudia Bernardete Marchetti Michiura, e o balanço financeiro e de atividades foi apresentado pela superintendente Executiva Yara Linschoten.

 

De acordo com Gambini, 2018 está sendo um ano diferenciado, como a economia do País ainda enfrentando dificuldades, uma eleição para presidente da República, governadores, senadores e deputados e uma Copa do Mundo, mesmo assim, o Convention de Maringá teve um dos anos mais profícuos, apoiando a captação de grandes eventos, como os recentes Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), os Jogos Universitários Paranaenses (JUBs), Congresso de Aviação Agrícola e outros.

 

“Um dos momentos mais importantes foi a realização do JUBs, que trouxe cerca de 3,5 mil competidores e serviu como um grande teste para nossa rede hoteleira”, disse o presidente do Conselho Curador.

 

José Roberto Mattos, do Conselho Superior, lembrou que além de trabalhar para que a cidade se torne sede de grandes eventos, o Convention Bureau tem assumido papel de protagonista na capacidade de Maringá receber bem seus visitantes. Para isto, segundo ele, os treinamentos oferecidos pelo Convention, em parceria com a Cooper Card, aos colaboradores de hotéis, shopping centers e outros estabelecimentos têm peso decisivo.

 

Cláudia Michiura e Shiniti Ueta elogiaram o cuidado da equipe com as contas da entidade e a importância de os mantenedores cumprirem com os compromissos com as finanças da instituição. Ueta chamou a atenção para o caso da Room Tax, um pequeno valor somado à diária nos hotéis para a manutenção do Convention: “normalmente os valores de cada mês são muito pequenos, mas nos meses em que ocorrem grandes eventos a arrecadação aumenta”. Ele exemplificou com o caso dos JUBs, que proporcionou uma Room Tax cerca de 20 vezes à dos períodos normais.

 

A superintendente Yara Linschoten destacou o bom desempenho dos hotéis de Maringá no atendimento aos cerca de 3,5 mil atletas, árbitros, técnicos e dirigentes que estiveram em Maringá para os Jogos Universitários Brasileiros, os JUBs. Segundo ela, a qualidade do atendimento foi digna de elogios até pelos dirigentes da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), acostumados a realizar eventos em grandes capitais.

 

“Este alto nível no atendimento não se resume aos JUBs. Os hotéis viram que este é um diferencial que Maringá pode oferecer para atrair novos eventos e turistas, é uma marca cada vez mais presente na nossa hotelaria”, afirmou.

Sem categoria
Comente aqui


Diretora do Convention será homenageada com o Prêmio Acim Mulher

Zootecnista e presidente da Sociedade Rural de Maringá (SRM), Maria Iraclézia de Araújo, foi escolhida ganhadora do Prêmio ACIM Mulher 2019 nesta quarta-feira (28). Ela, que é também membro da diretoria do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, receberá a homenagem em data a ser definida em conjunto com as conselheiras da ACIM Mulher, que organizam o prêmio.

 

Maria Iraclézia presidiu a SRM nas gestões 2008-2010, 2010-2012 e 2015-2017 e também está à frente da entidade atualmente, sendo a primeira mulher a ocupar o posto em uma entidade do gênero no país. Ela é produtora rural, executiva da Super Propaganda e vice-presidente da Comissão Estadual de Exposições e Feiras Agropecuária, além de conselheira e diretora de outros órgãos. A SRM é responsável por uma das maiores feiras do setor no Brasil, a Expoingá. Na entidade, ela se dedica a vários trabalhos sociais, como a arrecadação de 120 toneladas de alimentos e mais de 60 mil itens de higiene pessoal nos &uacu te;ltimos dois anos para entidades sociais.

 

A escolha foi realizada por uma comissão julgadora composta por representantes de cinco entidades, que votou entre as candidatas que tiveram maior número de indicações feitas por 21 entidades. Entre os requisitos, as candidatas precisam ter domicílio em Maringá e participação na sociedade, ter desenvolvido atividade, pesquisa, produto ou projeto de destaque; apresentado soluções significativas em sua área de atuação; servido de modelo para outras iniciativas. A última homenageada foi a dermatologista Sineida Maria Berbert Ferreira. O prêmio foi criado em 2004.

Sem categoria
Comente aqui


Bruna Brasil deixa o Convention para seguir carreira no MMA

A assembleia semestral do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, realizada nesta quinta-feira (29) no auditório o Aspen Park Trade Center, foi marcada por chegadas e despedidas.

 

John e Rose Marinho, da equipe da Safe Life

A superintendente Executiva da entidade, Yara Linschoten, deu as boas vindas aos novos filiados. Estavam presentes representantes do Restaurante Paraná Grill & Eventos, a Safe Life Urgências Médicas, o Hotel Golden Ingá e os hotéis Sleep Inn e Nobile, que se instalaram em Maringá neste ano.

 

A gerente da empresa Safe Life Urgências Médicas, Rose Marinho, fez uma breve apresentação de sua empresa e a diretora do Paraná Grill, Simone Poliseli, disse que, além do seu famoso buffet, a partir de agora o Paraná Grill está se dedicando também a casamentos, festas de confraternização, palestras, treinamentos, eventos corporativos e outros.

 

Despedida

Durante a assembleia foi anunciado o desligamento da colaboradora Bruna Emanuele Brasil da equipe Executiva do Convention.

 

Bruna Brasil com sua substituta, a universitária Juliana Queiroz

Ela que está na equipe há três anos, deixa o Convention para transferir residência para o Rio de Janeiro após ter sido convidada para treinar em uma das melhores equipes femininas de MMA do mundo, a PRTV.

 

Seu lugar na equipe do Convention será preenchido pela universitária Juliana Queiroz.

Comente aqui


Diretoras da Sociedade Rural fazem palestra no “Elas no Agro”, em Salvador

Iraclézia e Cecília foram especialmente convidadas para falar no evento na Bahia

A presidente da Sociedade Rural de Maringá e a vice, Maria Iraclézia de Araújo e Cecília Falavigna, fizeram palestra hoje (28) no 1º Simpósio Elas no Agro, que faz parte da programação do IDEA – Semana da Inovação, Desempenho e Empreendedorismo no Agro, evento que iniciou segunda (26) e segue até neste sábado, no Parque de Exposições Agropecuária de Salvador.

 

Diversos temas estão sendo abordados por mulheres nesse simpósio, abrangendo desde gestão, sustentabilidade, tecnologias à ampliação da atuação feminina no agronegócio.

 

Maria Iraclézia, que é também da diretoria do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, discorreu sobre os desafios na gestão do agro e Cecília contou sobre a sua trajetória ao deixar a carreira de professora e virar empreendedora rural, ganhando o título de Rainha da Soja.

Comente aqui