Mês: julho 2013



Rede hoteleira de Maringá tem 4.335 leitos

Dispor de uma rede hoteleira abrangente e eficiente é fundamental para as cidades que querem se consolidar como destinos turísticos, sobretudo dos segmentos de eventos e negócios. Levantamento realizado pelo Maringá & Região Convention & Visitors Bureau (MRC&VB) revela que a quantidade de leitos disponíveis na cidade aumentou aproximadamente 30% entre 2009 e 2013.

Segundo a pesquisa, os meios de hospedagem oferecem atualmente, em Maringá, 4.335 leitos distribuídos em 1.924 apartamentos. O levantamento considerou dados de 23 meios de hospedagem com alvará de funcionamento na cidade. Em 2009, Maringá oferecia cerca de 3 mil leitos.

Para o presidente do Maringá Convention Bureau, Jonas Demóstene Ramos, a rede hoteleira local é referência em todo o Paraná. “Além da ótima estrutura física que oferece, é preciso destacar os serviços e o atendimento de qualidade dos colaboradores”, diz.

A estimativa do setor é que a capacidade da rede hoteleira local aumente ainda mais nos próximos meses com a inauguração de novos empreendimentos que, juntos, vão oferecer mais 650 apartamentos e pelo menos, mais 1.100 leitos.

Sem categoria
Comente aqui


Festival Yosakoi Soran será realizado em Maringá

Com o intuito de perpetuar e divulgar a cultura japonesa através da dança, o Festival Yosakoi Soran, original do Japão, foi trazido ao Brasil através do empresário HideakiIijima, que difundiu e criou diversos grupos, valorizando a dança através do prestigio do evento, além de fundar a Associação Yosakoi Soran Brasil, a entidade realizadora dos eventos oficiais de Yosakoi Soran no País. Evento acontecerá nos dias 27 e 28 de julho.

A entidade já levou o grupo hepta campeão do Brasil, Grupo Sansey de Londrina, para participar do evento no Japão além de conseguir ser a única entidade a realizar o evento reconhecido de forma oficial pela organização japonesa.

No Japão o festival já acontece há 22 anos, no Brasil o evento está na sua 11ª edição, sendo que mais de 4.500 dançarinos, 61 grupos de mais de 6 estados diferentes e cerca de 70 mil pessoas já puderam prestigiar e conhecer o evento.

Em 2013, o evento que acontecia há dez anos na Via Funchal (hoje prestes a ser demolida), migrou para Maringá, a cidade que mais se enquadrou no formato original do Japão, considerando as condições políticas, sociais, físicas e culturais.

Na 11ª edição, estarão marcando presença cerca de 10 grupos, vindos de diversas cidades do interior do Paraná e do estado de São Paulo, além dos representantes dos grupos de Manaus, Brasília e outras cidades brasileiras.

O evento também contará com jurados de renome, como o artista plástico Yutaka Toyota e o especialista de Yosakoi Soran da Universidade de Nara TadayoshiUchida.

O intuito é voltar ainda mais as origens do evento tradicional, tendo etapas nas ruas e a grande final no palco principal.

A promoção da Associação Yosakoi Soran Brasil e a realização é da Agência VQV – Publicidade & Eventos. O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau (MRC&VB) apoiou a captação do evento.

Eventos
Comente aqui


Evento de lutas deve incrementar economia local

O III Curso de atualizações em lutas e o II Workshop Internacional de Lutas quem acontecem simultaneamente entre os dias 23 e 25 de agosto, no ginásio de esportes do Parque do Japão. Estimativa do setor de eventos é que sejam incrementados na economia local aproximadamente R$ 224 mil.

De acordo com um dos organizadores do evento, Braulio Henrique Magnani, que é mestre em Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Maringá (UEM), 400 pessoas são esperadas e pelo menos metade do público não será de Maringá. “Os participantes ficarão em Maringá de 22 a 26 de agosto”, afirma.

O evento é direcionado para professores universitários, professores de lutas e modalidades esportivas de combate, atletas de judô, jiu-jitsu e demais lutas e afins pela modalidade. “Esperamos receber 400 pessoas do Brasil, América do Sul e Europa”, afirma ele.

A programação terá entre os destaques a presença dos professores Michel Calmet da França; Emanuela Pierantozzi, da Itália, vice-campeã Olímpica e bicampeã mundial de judô; Emerson Franchini, da USP, que foi responsável pela preparação física dos atletas olímpicos de judô nas Olimpíadas de Londres 2012; e Marco Barbosa, o “Barbosinha”, professor reconhecido internacionalmente no jiu-jitsu.

 

Para mais informações sobre o evento acesse www.workshopdelutas.com.

Eventos
Comente aqui


Humorista do Pânico na TV fará show em Maringá

O humorista Eduardo Sterblitch do programa Pânico na TV chega a Maringá com o espetáculo O Melhor Melhor Show do Mundo. A apresentação acontece em duas sessões no dia 3 de agosto, no Teatro Marista.

Com direção de Rafael Queiroga, o espetáculo traz números irreverentes e imprevisíveis típicos do homem que se diz o Melhor Melhor do Mundo.

O personagem criado por Sterblitchdo programa Pânico quer agora provar que pode apresentar o melhor show do mundo. Será a oportunidade para um grande número de fãs do humorista conferirde perto uma de suas criações de maior sucesso. Também dividirão o palco com Eduardo, o ator Rodrigo de Arruda e o músico Marcinho Eiras.

Além do personagem para o teatro, Sterblitch também criou e interpretou outros personagens notáveis na televisão desde que passou a integrar a equipe do “Pânico”, como “César Polvilho”, “Freddy Mercury Prateado” e atualmente o“Poderoso Castilho”.

A peça estará em cartaz no Teatro Marista, no dia 3 agosto, em duas sessões: às 19h e 21h30 .Nas fileiras mais próximas do palco, de A a G, os ingressos custam R$ 143 (inteira), R$ 73 (meia) e R$ 83 (promocional).Na plateia superior e camarote, os ingressos podem ser adquiridos por R$ 123 (inteira), R$ 63 (meia) e R$ 73 (promocional).Terão direito a utilizar os ingressos promocionais qualquer pessoa que fizer o recorte da promoção no jornal O DIÁRIO, caderno D+, aos domingos.

O espetáculo está sendo organizado pela Euphoria Eventos, de Maringá, em parceria com a Seven Entretenimento, de Curitiba. Os convites estão à venda na Agência Euphoria, Rádio Mix FM, Posto Dubai e Posto Canadá. Mais informações pelo telefone (44) 3024-9092.

Eventos
Comente aqui


Maringá sediará Encontro Nacional de Arquitetura este mês

O 37º Encontro Nacional dos Estudantes de Arquitetura (Enea) será realizado de 19 a 26 de julho no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) de Maringá. O objetivo é integrar os alunos das escolas de todo o Brasil além de proporcionar aos participantes diferentes experiências e atividades como palestras de profissionais, oficinas e vivências dentro da cidade sede.

De acordo com Heloisa Bazotte Croce, diretora de Infraestrutura do evento, aproximadamente 900 inscritos já confirmaram presença. “Com a abertura do terceiro lote de inscrições acreditamos que teremos a participação de cerca de 1.100 pessoas vindas de todas as partes do País, o que demonstra o interesse dos estudantes por Maringá e pelas atividades propostas pela Comissão Organizadora”, ressalta.

A diretora de Comunicação do Enea, Gabriela de Oliveira Bragança, destaca a parceria feita desde o início do projeto com o Maringá e Região Convention & Visitors Bureau (MRC&VB). “A entidade contribuiu na divulgação do evento além de nos auxiliar no contato com parceiros e fornecedores”, relata.

Além disso, o encontro irá contribuir com o Event Tax, uma taxa simbólica repassada pelos organizadores ao Maringá Convention Bureau para que a instituição desenvolva mais ações para o desenvolvimento do mercado de eventos local.

O Enea é direcionado aos estudantes e profissionais de arquitetura, sendo que qualquer interessado também pode participar. As inscrições são feitas no site www.rgfenea.org após depósito identificado do valor do lote em vigor e a confirmação da inscrição. No caso de dúvidas entre em contato com a Comissão Organizadora através do e-mail [email protected]

Comente aqui


Turistas aprovam Copa das Confederações, diz MTur

O Ministério do Turismo (MTur) divulgou na última sexta-feira (dia 28 de junho) os resultados preliminares de um estudo realizado por meio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) sobre a qualidade da infraestrutura e dos serviços turísticos da Copa das Confederações. De acordo com o levantamento, o grau de satisfação de turistas brasileiros e estrangeiros está acima de 50% em mais da metade dos serviços avaliados.

“Os números mostram que o evento tem um grande potencial de atração turística. A Copa das Confederações foi o principal motivo de viagem para 85,3% do público em geral entrevistado”, afirmou o ministro do Turismo, Gastão Vieira. Nessa abordagem, estão incluídos brasileiros e estrangeiros questionados nas imediações dos estádios. Especificamente para os turistas estrangeiros, 68,9% afirmaram que vieram ao Brasil motivados pelos jogos – eles foram abordados no saguão dos aeroportos, no retorno para seus países de origem.

A maior parte do público em geral permaneceu até três noites na cidade-sede (73,4%) e se hospedou majoritariamente em hotéis (58,4%) e casas de família (37,1%). “A amostra aponta que a opção por hospedagem alternativa também é comum entre os visitantes e compõem um importante segmento para a acomodação dos turistas”, disse Gastão Vieira. Na página do Ministério do Turismo, é possível acessar informações sobre essas alternativas. Na questão dos preços, os meios de hospedagem receberam aprovação da maior parcela dos entrevistados (68,4%).

Entre os estrangeiros, o tempo de permanência no país é de 8 a 15 noites (41,5%), e a preferência por hotéis atinge a ampla maioria (84%). Entre os serviços que mais agradaram, citados espontaneamente pelo público em geral, destacam-se as condições gerais da cidade (10,1%), aspectos da natureza local (9,6%) e a qualidade dos jogos (8,1%). O público em geral também aprovou o preço dos restaurantes (79,5%), dos serviços de táxi (69,4%) e o preço da alimentação nos estádios recebeu aprovação de apenas 21,9% do público entrevistado. “A pesquisa é importante porque nos dá um diagnóstico dos serviços que precisam avançar até a Copa do Mundo de 2014”, diz.

Os itens de infraestrutura das cidades-sede mais bem avaliados pelos turistas estrangeiros foram os serviços de transporte privado (83,1%), a limpeza das ruas (78,3%) e a segurança pública (71,7%). Já os serviços turísticos mais bem vistos são os restaurantes (91,5%), a diversão noturna (86,2%) e o local de hospedagem (84,8%). O que mais chamou a atenção do turista nas cidades-sede foi a qualidade dos estádios, aparecendo nas três primeiras posições: qualidade dos estádios (95,3%), seguido pelo conforto de suas instalações (95,3%) e a disponibilidade dos funcionários para dar informações (89,5%).

Ascom MTur.

Eventos
Comente aqui