Maringá sedia torneio de CrossFit

Modalidade é praticada em salões ou barracões chamados de boxes

Modalidade é praticada em salões ou barracões chamados de boxes

A segunda edição do Torneio CrossFit Maringá (TCM) será realizada nos dias 29 e 30 deste mês, na Faculdade Metropolitana de Maringá (Famma). Para os cerca de 100 inscritos, o evento servirá para superar os próprios limites e colocar em prática o desempenho conquistado nos treinamentos, já para o público é chance de conhecer mais sobre o esporte que alia atletismo, ginástica olímpica, remo e disciplina militar, e vem a cada ano ganhando mais adeptos pelo mundo.

Além de maringaenses, o TCM terá a participação de atletas de Londrina, Nova Esperança, Cianorte, Toledo, Umuarama e Curitiba e também de cidades de São Paulo, como Presidente Prudente e Bauru. O organizador do evento, Denis Nagahama, explica que o sucesso da modalidade está diretamente relacionado aos resultados rápidos oferecidos para quem busca condicionamento físico e queima calórica sem a rotina do dia a dia das academias. “O CrossFit possibilita novos desafios todos os dias, estimula as pessoas a quererem vencer as suas limitações e a trabalharem em grupo. E o melhor: é um esporte ao alcance de todos”, afirma.

A modalidade é praticada em barracões os salões que são chamados de boxes e faz uso de movimentos como correr, puxar, pular e mais de 300 exercícios diferentes. O responsável pela criação do esporte foi por Greg Glassman, que é da Califórnia, nos Estados Unidos, e detém a marca Crossfit Inc.

Competição

Os participantes do TCM foram divididos em três categorias, todas elas nos naipes masculino e feminino. A Scale e RX serão realizadas em duplas. Na primeira serão exigidos movimentos adaptados para atletas que possuem um bom nível de condicionamento, mas que ainda não dominam todos os movimentos, enquanto que na segunda os participantes já dominam plenamente os movimentos e deverão fazer todos os exercícios sem nenhuma adaptação.

A outra categoria disponível é a Iniciantes e como o próprio nome sugere é voltada para pessoas que estão se familiarizando com o esporte. “Essa será uma categoria inclusiva e mostrará que qualquer pessoa é capaz de fazer o CrossFit. Nela, qualquer atleta com três meses de aula e que já tenha o domínio dos movimentos básicos tem condições de participar”, explica Nagahama.

A disputa é feita através de Wods (workouts  of the day) que são provas que envolvem exercícios ginásticos, levantamento de peso e condicionamento metabólico (aeróbicos) combinados. “Os melhores serão definidos após cinco provas, que podem ser For Time, que se consiste em terminar as repetições no menor tempo possível, ou Amrap, que determina que a pessoa realize o maior número de repetições em um estipulado tempo. Vence quem fizer no menor tempo possível, ou o maior número de repetições”, completa Nagahama.

Os três primeiros colocados em cada categoria receberão medalhas e troféus. Brindes dos patrocinadores também serão oferecidos. A entrada para o público que quiser acompanhar de perto o TCM será trocada pela doação de um litro de leite longa vida. Mais informações sobre o evento e a modalidade estão disponíveis no www.facebook.com/torneiocrossfitmaringa.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.