Mês: agosto 2015



Programa de qualidade no setor do turismo

O Programa Selo de Qualidade no Turismo do Paraná, lançado pelo Sebrae/PR em maio deste ano, tem incentivado inúmeras empresas maringaenses dos segmentos hoteleiro e de gastronomia com interesse turístico a investir na gestão e na excelência dos seus serviços. Ao todo, 16 empresas da cidade e região têm participado das atividades. Em dezembro de 2015, aquelas que atingirem os parâmetros de qualidade, serão certificadas em Curitiba.

Um dos objetivos do Programa é aumentar competitividade dos empreendimentos participantes, por meio da busca pela excelência e difereinciais de produtos e serviços. Outro desafio é garantir mais segurança e mais confiança dos clientes e potenciais clientes que consomem os seviços e produtos e o turismo.

O Programa
O Selo Qualidade do Turismo no Paraná é realizado pelo Sebrae/PR com o apoio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH-PR), da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Paraná (FCVB-PR), da Paraná Turismo e do Instituto de Pesquisas do Paraná (Tecpar).

O selo terá validade de um ano. O processo de avaliação consiste no Diagnóstico MEG, no Turista Oculto e na aplicação do diagnóstico de qualidade. Com os resultados em mãos, o Sebrae/PR dá início a etapa de devolução dos resultados e construção dos planos de melhorias, que serão customizados caso a caso.
Começam, a partir disso, os planos de melhorias. Só então, após as novas implementações, é que o Tecpar  fará a sua avaliação para conferir a qualidade dos serviços e produtos do empreendimento. Após o parecer final da entidade, o resultado será validado pelo comitê gestor do Programa. As empresas que atingirem os resultados receberão o selo em uma cerimônia de certificação em Curitiba.

Esta é a primeira vez que o Programa será realizado e já tem uma segunda edição confirmada para 2016.

Leia mais AQUI.

FONTE: Assessoria de imprensa – Sebrae

O Sebrae é instituidor do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Geral
Comente aqui


Semana do Judoca será em outubro no Maringá Park

Através de ações do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, o Maringá Park Shopping Center vai receber a Semana do Judoca. Será entre os dias 24 e 29 de outubro e com quatro eventos paralelos: Copa Maringá Park de Judô (para crianças com até oito anos), Taça Paraná de Judô para Todos (para alunos com necessidades especiais), Encontro de Pais e Filhos do Sistema Judoca (aula das crianças com seus familiares) e Festival Cidade Canção de Judô (para alunos de escolas municipais).

“Teremos, principalmente, a participação de crianças com até dez anos de idade. Somente na Taça Paraná, cuja expectativa é receber aproximadamente 200 atletas, contaremos com alunos da classe adulta, entre eles atletas da seleção brasileira de judô para todos, inclusive, com dois representantes de Maringá, que fazem parte desta equipe. Para a Copa, vamos contar com atletas de Maringá e cidades da região como Londrina, Nova Esperança, Umuarama, Cianorte, Marialva, Sarandi, limitando em 300 participantes. Já no festival, teremos a presença de 500 alunos das escolas municipais que são atendidas pelo Sistema Judoca”, explica Lúcio Nagahama, organizador do evento.

De acordo com Nagahama, a escolha pelo Maringá Park para sediar a Semana do Judoca se deve à parceria com o Maringá Convention Bureau, que intermediou o contato, e também em virtude da localização privilegiada do shopping, na área central da c idade e com acesso facilitado. “Maringá sem duvida, tem se consolidado na realização de grandes eventos esportivos, em diversas modalidades. Estamos conseguindo fazer com que nossa cidade se torne referência nesse quesito”, frisa.

A gerente a geral do Maringá Park, Cláudia Michiura, destacou que já faz parte da rotina do shopping abrir as portas para projetos ligados ao esporte. Ela também enalteceu o apoio do Maringá Convention.

“Este evento esportivo vai se somar a outros realizados por nós, entre eles  a Corrida da Mulher Maringá Park e o Campeonato Mundial de Squash, agregando à marca do shopping a valorização do esporte e reforçando o nosso posicionamento de estarmos inseridos plenamente na comunidade”, disse Cláudia.

“Neste processo de sediarmos a Semana do Judoca temos que destacar a importância do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, um parceiro de primeira ordem que teve participação decisiva na atração destes eventos para o shopping”, completou ela.

O Maringá Park é filiado ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Comente aqui


Paraná aumenta oferta de empregos no Turismo

O setor do turismo no Paraná registrou um crescimento de 19,03% no número de empregos, de 2010 a 2013. De acordo com o último levantamento da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho e Emprego, em dezembro de 2010 o Estado contabilizava 121.569 trabalhadores empregados nas áreas ligadas ao turismo. Em 2013, esse número saltou para 144.701.

Para a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, os investimentos do governo estadual em programas de fomento ao empreendedorismo e ao desenvolvimento regional, aliados às obras de infraestrutura, contribuem para o aumento da importância turística do Paraná em relação ao restante do país.

“Estes números só comprovam o grande potencial turístico do Paraná, que é um Estado muito rico, tanto na diversidade natural, cultural e histórica. Mas, acima de tudo, acredito que o seu maior patrimônio está na sua gente acolhedora, que está sempre de braços abertos para receber os visitantes. Isso faz toda a diferença”, ressalta a secretária.

ESTABELECIMENTOS – O levantamento apontou, também, que o número de estabelecimentos formais da área de turismo cresceu 18,02%, no mesmo período. Atualmente, as áreas com mais estabelecimentos turísticos do Estado são as regiões Metropolitana de Curitiba (40,22%), Norte Central (19,93%) e Oeste (13,23%).

“A concentração na Região Metropolitana de Curitiba deve-se, sobretudo, à grande importância da capital em termos turísticos. No Norte Central, o destaque fica por conta dos municípios de Maringá e Londrina e, no Oeste, o principal atrativo é, sem dúvida, Foz do Iguaçu, em função das Cataratas”, explica o economista do Observatório do Trabalho, da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, Juliano Padilha.

Eventos, Geral
Comente aqui


Convention prestigia posse do Sindvest

O vice-presidente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Marcos Valencio, prestigiou na noite de sexta-feira a (dia 31 de julho), no Maringá Clube, a posse da diretoria do Sindicato da Indústria do Vestuário de Maringá (Sindvest) que estará à frente da entidade no biênio 2015/2017. Eleita em junho, a nova gestão tem na presidência o empresário Carlos Ferraz, do Grupo F.A Maringá.

“O vestuário é um dos setores mais fortes de nossa economia e o Sindvest é determinante para essa importância, demonstrando liderança, organização e oferecendo cursos, treinamentos e diversos benefícios aos seus associados. A entidade só tem a ganhar com a escolha do Ferraz para a presidência, um jovem com visão empreendedora e que ajudará a manter esse setor no caminho do desenvolvimento”, comentou Valencio, que também destacou o impacto positivo das empresas confeccionistas para o turismo de compras.

“Esses ‘turistas’ vêm a Maringá para comprar nos shoppings atacadistas e movimentam direta e indiretamente vários segmentos do trade turístico, como hotéis e restaurantes, por exemplo”, completou o vice-presidente do Convention.

Maringá é o maior polo de confecções na pronta entrega/atacado da América Latina. O setor é responsável por mais de 2.000 postos de trabalho diretos e são cinco shoppings instalados na Rodovia da Moda, onde estão concentradas 500 lojas. Além disso, a região noroeste do Paraná se destaca mercado da moda nacional e ampliando o relacionamento com compradores estrangeiros e neste contexto está Maringá, reconhecida pelo Governo Federal como Arranjo Produtivo Local (APL) do Vestuário. A região da cidade reúne cerca de 2.200 indústrias de confecção e gera mais de 80 mil empregos diretos e indiretos.

Confira a lista completa da nova diretoria.

Institucional
Comente aqui