Mês: outubro 2016



A União das Repúblicas

Mais de oito mil jovens lotaram o CTG de Maringá na festa A União das Repúblicas, organizada pela Euphoria Eventos no dia 8 de outubro e que comemorou uma década de uma das maiores atrações voltadas ao público universitário do País.

O resultado desta imensa festa – além da diversão de todos os participantes e ainda o importante incremento econômico no município – foi a arrecadação de quatro mil quilos de alimentos não perecíveis e que foram doados a entidades assistenciais de Maringá e região (confira abaixo a relação das entidades favorecidas).

Já tradicional na cidade, A União das Repúblicas se caracteriza também pelo seu compromisso social, conforme explica o diretor da Euphoria, João Vitor Mazzer: “Todos os anos procuramos realizar iniciativas que possam reverter benefícios para Maringá. Estamos contentes com os resultados da décima edição da festa. Isso nos motiva a querer melhorar ainda mais nas próximas edições”.

De acordo com ele, A União das Repúblicas gerou este ano cerca de 400 empregos diretos e indiretos, envolvendo pessoas na organização antes e durante a festa, que exige da organização estratégias voltadas à segurança no local, vendagem, divulgação, apoio de transporte e principalmente um bom atendimento durante as competições e shows que arrastam multidões de jovens, sendo a maioria universitários.

Na edição deste ano, o público pode curtir shows musicais de Léo & Raphael, Homem de Lata e Os Hawaianos, além de torcer e participar das modalidades Touro Mecânico, Flip Cup, a tradicional Banheira do Gugu e o concurso da Musa da República. As competições envolveram 24 repúblicas, sendo 18 maringaenses e outras seis vindas de cidades vizinhas.

Ainda sobre o público, Mazzer também comemora a vinda de jovens de outras cidades paranaenses. “Em excursões oficiais, contabilizamos 13 ônibus vindos das cidades de Paranavaí, Cianorte, Japurá, Terra Boa, Londrina, Arapongas, Peabiru, Campo Mourão, Engenheiro Beltrão e Jataizinho. Nestes dez anos, já podemos confirmar que A União das Repúblicas é a maior e mais tradicional festa universitária de Maringá”, diz.

Segundo a Euphoria Eventos, a campeã da 10ª A União das Repúblicas foi a república “Acasalar”, que levou como prêmio uma viagem a Balneário Camboriú, com direito à participação na Oktoberfest de Blumenau (SC). A faixa de Musa da República 2016 ficou com Ariannes Gasparotto, da república “Tardeno Assopra”.

Lista de entidades que receberam os alimentos arrecadados na festa A União das Repúblicas:

 -Aliança de Misericórdia
-Lar dos Velhinhos
-Rotary de Paiçandu (APAE e Paróquia Jesus Bom Pastor)
-Encontro Fraterno Lins de Vasconcellos
-Sopão da Dona Tereza
-Abrigo Deus, Cristo e Caridade
-Casa de Emaus de Maringá
-Associação Maringaense dos Autistas (AMA)
-Grupo Ágape (Centro de recuperação e integração social de dependentes químicos e moradores de rua)

Eventos
Comente aqui


Festival Tchaikovsky em Maringá

O Festival Tchaikovsky promovido pela SEMUC, com participação da Orquestra Filarmônica UniCesumar, Coral UniCesumar e Cobra Coral, traz personalidades importantes da música de orquestra e começou nesta segunda-feira (17) em Maringá.

A programação do evento segue até o dia 24 de outubro, e conta com a presença do renomado maestro Roberto Tibiriçá, de São Paulo e do solista Winston Ramalho – Violino. Haverá palestra, concertos de encerramento aberto ao público, além das aulas ministradas para alunos inscritos durante esta semana.

Durante as tardes acontecerão as masterclasses de regência com Roberto Tibiriçá, e no dia 19, quinta feira, acontecerá a masterclass de violino com Winston Ramalho. Na sexta feira (21) às 10 hrs da manhã haverá uma palestra com o maestro Tibiriçá no UniCesumar com ENTRADA FRANCA, sobre o tema “A música de orquestra na atualidade”. A palestra acontecerá no bloco 7, na sala da Ofuc.

O encerramento acontecerá nos dias 23 e 24 de outubro no Teatro Calil Haddad, em um grande concerto com estrada franca também. Os ingressos serão distribuídos no DCA, Bloco 7 do UniCesumar, das 14 às 20 hrs a partir de hoje. E nos dias do concerto serão distribuídos os ingressos do Setor A, a partir das 19 hrs na bilheteria do teatro.

Mais informações acesse a página do evento aqui https://goo.gl/HGnN1Q, ou entre em contato pelo telefone: 44 3027-6360 ramal 1373.

Patrocinadores: Semuc, UniCesumar, Maringá Park, Sicoob, Cesutour, Ária Musical.

 

Comunicação OFUC.

Sem categoria
Comente aqui


Onze eventos movimentam mais de R$ 7 milhões em Maringá

Onze eventos realizados em Maringá, sem setembro, receberam, juntos, cerca de 135 mil visitantes que injetaram na cidade pelo menos R$ 7 milhões. O levantamento é do Observatório do Turismo e Eventos, núcleo de pesquisa do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, e considerou congressos, simpósios, festivais e competições relacionadas ao público universitário, tecnologia da informação, moda, cultura e esporte.

A superintendente executiva do Observatório, Yara Linschoten, explica que a pesquisa levou em consideração gastos dos participantes com alimentação, transporte e hospedagem. “Apesar de grande parte do público que compareceu a esses eventos já morar em Maringá e por isso não refletir diretamente em maior taxa de ocupação para a rede hoteleira, os números são significativos. Afinal, se Maringá tem pouco mais de 400 mil habitantes, é como se um terço a população de uma cidade do tamanho da nossa tivesse comparecido a eventos.”

Ainda de acordo com Yara, mais de 50 segmentos são movimentados por causa do calendário de eventos da cidade. Uma indústria sem chaminés que, segundo ela, gera renda e arrecadação de impostos e promove a criação de novos empregos ou a utilização da mão de obra local.

“São envolvidos nessa cadeia, assim como dos hotéis, restaurante, transporte público e táxis, também empresários de vários ramos que não entram em nosso cálculo, como montadoras de estandes, buffets, gráficas, empresas de comunicação e de  luz, áudio e vídeo, cerimonialistas, entre outros”, pontua.

O economista do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), João Ricardo Tonin, destaca que além de gerar negócios para empresários de Maringá, os eventos ajudam a mostrar as áreas que fazem parte da vocação da economia da cidade. “Percebemos que temos congressos ligados à tecnologia da informação e eventos direcionados a acadêmicos, por exemplo. Cada vez mais Maringá se torna polo universitário e em TI. Isso não é um coincidência”, analisa ele.

Para o economista do Codem, os eventos contribuem para divulgar o município para potenciais investidores. “Quando temos uma pessoa de fora que faz a sua inscrição, ela geralmente recorre à rede hoteleira e utiliza táxis. Isso mobiliza a economia, mas, os benefícios não param por aí. Isso porque essa pessoa conhecerá a infraestrutura local e divulgará a cidade quando voltar para casa. Assim, investidores e recursos poderão ser atraídos”, comenta Tonin.

Em setembro, além dos 11 eventos pesquisados, o Observatório também identificou outros 53 sediados em Maringá. Nos primeiros nove meses do ano, foram 580 eventos catalogados pelo núcleo de pesquisas.

Eventos pesquisados

VII Congresso Brasileiro de Software (CBSoft) / de 19 a 23 / 317 participantes

27º Festival Nipo-Brasileiro / de 3 a 11 / 70 mil participantes

JOIA Maringá 2016 – Festa Oficial  / dia 10 / 5 mil participantes

Festa Literária Internacional (Flim) / de 13 a 18 / 40 mil participantes

3º Congresso Internacional de Museologia: Histórias e Memórias / de 14 a 16 / 150 participantes

44º Campeonato Paranaense Caixa Sub-18 de Atletismo / 17 e 18 / 200 participantes

XI Simpósio Nacional de Geomorfologia (Sinageo) / de 18 a 21 / 600 participantes

19ª Feira Internacional de Aviação EAB AIR Show / de 21 a 24 / 14 mil participantes

37º Congresso Paranaense dos Estudantes de Zootecnia / de 22 a 24 / 90 participantes

3ª edição do Tecnomoda / 27 e 28 / 250 participantes

1ª Etapa do 10º Campeonato NBHA-PR de Três Tambores e Seis Balizas / de 21 a 25 / 4 mil participantes

Total de eventos: 11            Total de público:  aproximadamente 135 mil

Institucional
Comente aqui


Cartão Alimentação de Natal é tendência

Liberdade de escolha e ter à disposição produtos frescos e perecíveis. Esses são alguns dos fatores que explicam porque sete em cada dez trabalhadores acreditam ser mais vantajoso receber o Cartão Cesta Alimentação de Natal do que a tradicional cesta física. O número é resultado de um levantamento realizado pelo Instituto Expertise em agosto do ano passado.

De olho nessa preferência dos trabalhadores, há três anos a Cooper Card lançou a Cartão Cesta Alimentação Natal. Segundo o diretor Comercial e de Marketing da Cooper Card, Silvo Domingues, nos últimos três anos, 78% das empresas abordadas optaram pelo cartão em substituição às tradicionais cestas básicas. O crescimento do volume de vendas da última campanha de Natal frente ao ano anterior foi de mais de 28%.

“Este movimento acontece pelas inúmeras vantagens do cartão. Com ele, o colaborador tem uma grande variedade de opções de consumo nos supermercados, valorizando a possibilidade de montar uma ceia natalina de acordo com as preferências da família, com liberdade de escolha dos produtos e a vantagem de levar para casa itens mais frescos como carnes, legumes, verduras e frutas. Já para as empresas, a vantagem  do cartão passa pela economia e praticidade proporcionadas em função do armazenamento e logística que envolvem as cestas”, comenta.

Empresas que tenham ao menos um colaborador podem solicitar o Cartão Cesta Alimentação Natal da Cooper Card. Além disso, não há valor mínimo a ser carregado nos cartões. É o empregador que define o crédito que irá disponibilizar aos seus funcionários.

Outras opções

Além do Cartão Alimentação de Natal, que é específico para compras de produtos natalinos nos supermercados, a Cooper Card também oferece o Cartão Gift Presente. Trata-se de mais uma opção para presentear o colaborador e possibilitar que ele escolha o que deseja comprar para a família em um dos 33 mil estabelecimentos comerciais credenciados pela Cooper Card.

“A oferta de cestas físicas de Natal e presentes para os colaboradores nesta época do ano é uma prática comum de mercado, porém, feita de uma forma pouca atrativa, ignorando os hábitos alimentares e preferências dos colaboradores. As nossas soluções através dos Cartão Gift e Cartão Cesta Alimentação de Natal trazem um apelo lúdico e objetivo e certamente irão atender as expectativas dos empresários e seus colaboradores”, frisa Domingues.

Saiba mais

Mais informações podem ser obtidas no hotsite dos produtos sazonais de Natal da Cooper Card, acessado pelo endereço  www.coopernatal.com.br. Interessados também podem entrar em contato com a Central de Atendimento Cooper Card. Para Maringá e Região Metropolitana o número é (44) 3220 5400 e para as demais localidades é 0800 200 6263. Outra alternativa de contato é pelo [email protected]

A Cooper Card é filiada ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Resultados da Pesquisa feita pelo Instituto Expertise:

72% preferem o cartão invés da cesta tradicional

62% não utilizam vários produtos da cesta física

54% acham a cesta básica pesada e difícil de transportar

87% preferem um cartão de Natal com valor menor a uma cesta física de valor maior

Institucional
Comente aqui


Fórum Paranaense de Turismo Rodoviário

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR) realizará no dia 30 de novembro, no Teatro do Sesc da Esquina, em Curitiba, o 1º Fórum Paranaense de Turismo Rodoviário. O evento será das 08h30h às 17h e tem limite máximo de 250 participantes.

Interessados podem entrar em contato pelo telefone (41) 3883-4552,  ou solicitar mais informações pelo e-mail: [email protected]

Palestrantes Confirmados

Regina Rocha – Turismóloga e Assessora Jurídica da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo – SP.

Alexandre Muñoz Lopes de Oliveira – Superintendente de Serviços de Transporte de Passageiros da ANTT

 Jurandir Golemba Marcondes – Presidente de Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por    Fretamento de Curitiba e Municípios do Paraná – SINFRETIBA

Roberto Sganzerla – Especialista em Marketing em Transporte Rodoviário

Emerson Imbronizio – Vice-presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Turismo e Fretamento – ANTTUR

Eventos
Comente aqui


Novas vagas para curso de brigadista de incêndio

O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau abriu novas vagas para curso de brigadista de incêndio voltado a bares e restaurantes. O treinamento será dia 18 de outubro, no Edifício Aspen Park Trade Center. O número de participantes é limitado.

“O curso é obrigatório para empresas e válido por um ano. São quatro horas de capacitação, das 14h às 18h. Estamos fechando a turma e restam poucas vagas. Por isso, os interessados devem se apressar para efetuar a inscrição”, explica a assistente de eventos do Convention, Gabriela Lima.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3031-5959 ou pelo e-mail [email protected]

Eventos
Comente aqui


Congresso Brasileiro de Software

Vinte e quatro estados brasileiros representados por 317 participantes e muito conhecimento compartilhado. Esse foi o saldo do Congresso Brasileiro de Software: Teoria e Prática (CBSoft) 2016, realizado em setembro na Unicesumar e que teve apoio de captação do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Para Thelma Elita Colanzi, membro da comissão organizadora do congresso, o evento foi um sucesso. “Recebemos um público muito interessado e participativo. Recebemos muitos elogios relativos à organização do evento, à programação das palestras e demais atividades dos simpósios e eventos satélites, ao ambiente no qual o evento foi realizado. Além disso, todos externaram muitos elogios à nossa cidade, por sua arborização, planejamento e povo receptivo”, disse.

Thelma ainda destacou a importância do Convention para a realização do evento. “O Convention preponderante para a definição do local de realização do congresso, bem como por viabilizar as parcerias com os fornecedores. Além disso, o Convention esteve presente desde o lançamento do CBSoft 2016 em Belo Horizonte da edição de 2015 do congresso até as boas-vindas aos palestrantes em Maringá na semana do congresso”, completou.

O CBSost é um dos principais eventos realizado anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), com a intenção de promover e incentivar a troca de experiências entre as comunidades científica, acadêmica e profissional sobre as mais recentes pesquisas, tendências e inovações – práticas e teóricas – na área de software.

Além dos Minicursos, Tutoriais e Workshops, a programação do CBSoft integraou quatro eventos tradicionais organizados pela comunidade brasileira de desenvolvimento de software: o 30º Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software (SBES 2016), o 20º Simpósio Brasileiro de Linguagens de Programação (SBLP 2016), o 10º Simpósio Brasileiro de Componentes, Arquiteturas e Reutilização de Software (SBCARS 2016) e a primeira edição do Simpósio Brasileiro de Teste de Software Sistemático e Automatizado (SAST 2016).

Além disso, o congresso contribuiu com o Event Tax, uma taxa simbólica e facultativa sobre cada inscrição, que foi repassada ao Convention em prol do fortalecimento de Maringá como destino de eventos.

Eventos
Comente aqui


Convention apoia Masterplan

A apresentação e entrega do “Plano Estratégico Socioeconômico para a cidade de Maringá”, primeira etapa do Masterplan, foram feitas na última quinta-feira (dia 6 de outubro), na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM). O estudo foi elaborado pela empresa de consultoria internacional PwC Brasil e bancado exclusivamente pela iniciativa privada, com custo de cerca de R$ 1 milhão.

O projeto tem como gestores a Acim e o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) e também o envolvimento de ouras entidade locais, como o Maringá e Região Convention & Visitors  Bureau, mobilizou filiados para que disponibilizassem, sem custos, hospedagem e alimentação para responsáveis pelo levantamento de dados e que passaram dez meses na cidade, além de serviços de comunicação.

O presidente do Comitê Gestor do Masterplan, Wilson Yabiku, ressalta a contribuição do Convention para o projeto. “As empresas que não puderam comprar uma cota e ajudar no montante para custear o estudo, doou serviços, como diárias de hotéis ou refeições para os técnicos que vieram a Maringá coletar informações. Assim, do grande ao pequeno empresário, todos tiveram a sua parcela de contribuição. Nesse contexto, o Convention foi decisivo”, pontua.

O estudo apontou a indústria limpa e de alta tecnologia, os serviços de excelência e a cadeia de valor do agronegócio como as áreas do futuro da economia de Maringá visando 20147, quando a cidade completará 100 anos. Para elaborar o plano foi necessário o envolvimento de dezenas de lideranças e dez consultores da PwC, incluindo o líder global de governo e setor público da PwC e especialista em cidades, Hazem Galal. Os consultores fizeram mais de 30 entrevistas individuais, registraram a presença de cerca de 180 empresários e lideranças nos workshops setoriais e analisaram mais de três mil indicadores econômicos e sociais.

Para chegar aos resultados e apontamentos do plano, os consultores analisaram os documentos ‘Maringá 2020’ e ‘Maringá 2030’, elaborados pelo Codem; o estudo do planejamento do Parque Tecnológico de Maringá da Fundação Certi; as vocações de Maringá, o que significou estudar a história da cidade, composição detalhada do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2009 e 2014, e o que cada setor representa para a economia em relação a emprego, impostos e volume de negócios.

Depois, os consultores recorreram à técnica de data analytics para analisar o estágio de desenvolvimento de Maringá e compará-la aos 5,5 mil municípios brasileiros, com base em mais de 2,5 mil indicadores sociais e econômicos.

A escolha das três áreas do futuro de Maringá também levou em consideração as cinco megatendências que transformarão a sociedade, meio ambiente e os negócios até 2030, segundo estudo global da PwC. São elas: avanços tecnológicos, mudanças climáticas e escassez de recursos, mudanças demográficas, deslocamento do poder econômico global e urbanização acelerada.

Na segunda etapa será contratada consultoria para elaborar o estudo urbanístico (físico-territorial), que apontará os caminhos para a cidade continuar crescendo de forma ordenada, com locais para instalação de espaços públicos, moradias, indústrias, entre outros. Este estudo planejará sete capitais para a construção do futuro de Maringá: econômico; intelectual; social; ambiental, cultural e lazer; infraestrutura e acessibilidade; institucional; imagem e identidade.

Comente aqui


Paraná Júnior

Integrantes do Paraná Júnior e do Buffet Paradise, local do evento.

Integrantes do Paraná Júnior e do Buffet Paradise, local do evento.

O Encontro Paranaense de Empresas Juniores (Paraná Júnior), que em 2016 será em Maringá entre os dias 18 e 20 de novembro, tem local definido. O evento acontecerá no Buffet Paradise e conta com apoio do Maringá e Região Convention & Visitors.

A estimativa dos organizadores, o encontro deve reunir entre 600 a 650 participantes de várias cidades do Paraná e também de outros estados brasileiros. Além disso, a previsão é que mais de R$ 860 mil sejam injetados na cidade em virtude do evento.

O presidente do Convention, Dirceu Gambini, destaca a atuação da entidade na organização do Paraná Júnior. “Por um lado, ajudamos a gerar negócios para o Paradise, nosso filiado, e também para várias outras empresas, já que realizamos, em abril, uma rodada de negócios entre nossos mantenedores e os organizadores do evento. Por outro lado, outros segmentos econômicos da cidade são beneficiados com mais esse grande evento”, comenta.

Mais informações sobre a edição de 2016, em Maringá, do Encontro Paranaense de Empresas Juniores podem ser obtidas no site www.paranajunior.com.br.

Eventos
Comente aqui


Artigo: “6 de outubro, Dia do Turismo Regional”

Por Wanda Pille

Estamos mostrando que o Paraná tem tesouros de interesse turístico, que lapidados podem se tornar produtos turísticos.Este trabalho começou em 1998, quando foi realizado em Campo Mourão o Seminário “Rede de Turismo Regional” para dar lastro às iniciativas isoladas como na Gastronomia Regional com o Carneiro no Buraco e no Turismo Rural, com a Pousada A Fazendinha, Pousada Parque das Gabirobas e Fazenda Água Azul Ecoturismo.

Surgia lá o embrião da RETUR-Rede de Turismo Regional cujo movimento possibilitou que fosse institucionalizada com sede em Maringá, no dia 30 de maio de 2003 e posteriormente credenciada em 06 de outubro de 2003 como OSCIP-Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, pelo Ministério da Justiça.

De lá pra cá, nesta trajetória muito foi feito pela RETUR para que o noroeste do Paraná descobrisse as oportunidades do Turismo Receptivo ao invés de valorizar apenas o Turismo Emissivo.

A criação e coordenação  do GETER – Grupo de Empreendedores do Turismo no Espaço Regional, possibilitou divulgar  em folheterias e em feiras a emergente oferta de Hospitalidade Rural,  com empreendimentos no eixo Roncador-Rolândia unindo regiões pelo Turismo. Pela primeira vez as pessoas tinham em mãos dados de um conjunto de pousadas e hotéis fazenda no Paraná.

A necessidade de maior divulgação trouxe uma nova  missão e para tal, a RETUR criou o Jornal Turismo é Aqui com periodicidade mensal pelo período cinco anos e gradativamente substituído pelas redes sociais.

Para fortalecer a cultura turística ainda incipiente, a RETUR organizou como contribuição prática, o Programa de Formação de Agentes de Desenvolvimento pelo Turismo, formando capital humano com empoderamento pelo conhecimento de pessoas em atividades de interesse turístico. E ainda, com os cursos de Agentes Mirins-Guias do Amanhã, mais de 700 crianças tomaram gosto pelo novo jeito de celebrar e ganhar a vida.

Toda esta bagagem levou a RETUR a liderar a criação da Região Turística do Noroeste do Paraná do Paraná com a orquestração criativa na concepção da marca de Corredores das Águas, com visão de identidade fundamentada em seus  importantes rios. Se o Paraná hoje valoriza as suas Águas Doces,  é bom lembrar que tudo começou por aqui…

Prestando serviços a municípios com interesse turístico, promovendo cultura turística por redes sociais, sempre presente nas principais feiras e eventos, tem a missão especial de atuar como IGR-Instância de Governança Regional do conjunto de 49 municípios, que forma a maior região turística do Paraná, em parceria com o Ministério do Turismo e SEET/Paraná Turismo.

A RETUR conta com o reconhecimento de utilidade pública pelo estado do Paraná, por Maringá e outros municípios. Participa de importantes Conselhos nas esferas estadual, regional e municipal.
Este relato de maneira resumida levou o então Deputado Douglas Fabrício-hoje Secretário de Estado do Esporte e do Turismo, a ser o autor da Lei Estadual nº 17.182/2012 para “Reconhecer e Oficializar o Dia do Turismo Regional”. A argumentação e a escolha da data foi baseada no dia em que se deu o seu credenciamento da RETUR como OSCIP pelo Ministério da Justiça.

Como se vê, temos uma linda história feita com muito trabalho, determinação e voluntarismo, por quem acredita que o Turismo pode ser a nova economia, que não discrimina municípios e oferece a aqueles que dificilmente terão indústrias, a terem suas fábricas de cordialidade, recebendo–encantando-vendendo aquilo que só pode ser consumido na sua localidade.

Que os novos prefeitos acordem para uma nova época de possibilidades, investindo na municipalização e regionalização do Turismo.

Comemoramos o Dia do Turismo Regional na data de 06 de outubro, mas para praticá-lo temos o ano inteiro, visite nosso site:wwwturismoregional.com.br.

Wanda Pille é presidente da RETUR (Rede de Turismo Regional) e Conselheira do CEPATUR.

Institucional
Comente aqui