Centrais tentam minimizar os estragos

A centrais sindicais pressionam o governo para que ele reveja pontos da reforma trabalhista que são danosos para os trabalhadores. Ontem a diretoria da UGT esteve no Palácio do Planalto reunida com o presidente Temer e alguns ministros, inclusive Henrique Meireles, discutindo saídas para os estragos causados. Entre outras coisas, os sindicalistas querem que Temer reveja pontos como o trabalho intermitente, o trabalho da mulher gestante em ambiente insalubre, a eleição do representante dos trabalhadores nas empresas com mais de 200 funcionários sem a presença do sindicato de base e a questão do custeio sindical. Na questão do custeio o governo tirou a escada e deixou os sindicatos obreiros pendurados na brocha.

Sem categoria

Um comentário sobre “Centrais tentam minimizar os estragos

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.