Alguém tem o monopólio do patriotismo?

Os organizadores da manifestação que ocorre na Câmara em defesa da candidatura de Lula negam que o evento tenha algum objetivo de criticar a figura do juiz Sérgio Moro. “Isso não teria nenhuma lógica”, diz o vereador Mariuci. Na verdade usaram a figura de Moro, por ser ele de Maringá, como pretexto para a confrontação que planejaram fazer, inclusive com ameaças de agressão aos que lá fossem para apoiar o movimento em defesa do ex-presidente.
Com faixas provocativas e expressões ofensivas ao líder petista, os autodenominados patriotas , que desde cedo se concentram atrás da Catedral , tocam o Hino Nacional num carro de som. Mas lá dentro do plenário da Câmara, os “antipatriotas ” cantam o Hino, num coro de mais de mil vozes.

Sem categoria

3 comentários sobre “Alguém tem o monopólio do patriotismo?

  1. Joao Maria 13 de janeiro de 2018 12:32

    Fui a reuniao do Pt na camara, nao vi nehum cartaz contra o Moro. Vi pessoas defendendo a democracia. A PM quer fazer media, contando 1,5 pessoas. Passei pela catedral. Havia mais ou menos 500 pessoas. A chuva acabou com a tal reuniao.

    • Antonio 13 de janeiro de 2018 14:21

      Caro João, merda na chuva é uma bosta só kkkk

  2. JOSÉ MARCOS BADDINI 13 de janeiro de 2018 13:37

    Mais de mil vozes na Câmara? Quando?

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.