Pega na mentira

A Globo tentou fazer o país crer que aquela conversa com o Luciano Huck no tal “divã” do Faustão teria sido gravada no dia 11 de novembro.  Isso porque se o apresentador for mesmo candidato a presidente da república, terá cometido um crime eleitoral, passível até de cassação da candidatura.

A justificativa foi grotesca. Tão grotesca que não se atentaram para o fato de que na entrevista o Faustão pergunta para Huck se havia chovido no réveillon e qual dos filhos dele e Angélica deu mais trabalho na festa de passagem do ano. A farsa foi desmontada pela coluna Painel, da Folha de São Paulo.

 

Sem categoria

4 comentários sobre “Pega na mentira

  1. José Silva 14 de janeiro de 2018 10:24

    A direita não sabe o que fazer, este sujeito não tem votos, Bolsonaro quando começar a cair vai quinem fuquete, picolé de chuchu não passa dos 4%, é Lula presidente e sem medo de ser feliz ou quem ele indicar.

  2. maso 15 de janeiro de 2018 6:34

    Onde chegamos! O centrao embosteado por seus procedimentos espurios nao tem quem colocar pra candidato. Dai vao arriscar um artista comunicador popular, e que goza de prestigio publico e nao precisa de dinheiro sujo, e entao se eleito tentarao um marioneta-lo. Uma eleicao onde uma coalizao de partidos nao tem um nome pra candidato que a sujeira e geral, estamos mesmo no fundo do poco moral da politica nacional. Ah! E alem de arriscar o artista, ainda trabalham nos bastidores paea cassar a candidatura dos dois mais bem cotados para ganhr a eleicao, Lula e Bolsonaro.

  3. Hudson 15 de janeiro de 2018 8:18

    Nada que vem da Globo é verdade. É uma aberração o fato de uma emissora de TV agir da forma que age nos bastidores da política e no rumo de uma nação. Não existe um programa desse lixo que não seja recheado de mentiras e manipulação.

    • Sergio 16 de janeiro de 2018 5:18

      A Globo sempre trabalhou para os canalhas da direita.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.