O PSDB rifa Alckmin

A Folha de São Paulo especulou e a coluna Radar, da Veja, arrematou: A candidatura Geraldo Alckmin à presidência da república foi pros quiabos.  João Dória lançou-se para governador de São Paulo, mas já pensando na rasteira que iria dar no seu pai político. O problema é queAlckmin não sai dos 5% na pesquisa e o tucanato não vê nenhuma possibilidade dele decolar. Acham os tucanos de bico grande que só João Dória pode desbancar Bolsonaro da sua posição de  anti-Lula e anti-esquerda.

A trama para substituir o “Picolé de Chuchu” teria surgido em Nova York durante a famosa festa de homenagem ao juiz Sérgio Moro, que posou para foto com João Dória. Se ocorrer mesmo a troca, esperem que vamos ter uma briga boa entre o “mauricinho” da paulicéia e o “rei do gatilho” da Barra da Tijuca.

 

Sem categoria

3 comentários sobre “O PSDB rifa Alckmin

  1. maso 10 de junho de 2018 8:40

    O tal picolé de chuchu não está pra xuxu beleza. E depois dos escandalosos casos que vieram a luz, tucano virou urubu. Não há coxinha que engula corrupção. Coxinha não é de seita, fanático, que queima até a rosca pelo viva alma. O PSDB pode lançar até Doria, que não vai decolar. Se os alternativos a esquerda querem lançar ou apoiar alguém que não Bolsonaro, então Alvaro Dias está aí. E tem que ser com cautela que se aparecer muito papagaio de pirata com o Álvaro queima o cara!

  2. Xhiko 10 de junho de 2018 18:58

    O tal “mercado” está apavorado, seus candidatos não estão bem a não ser a Marina “Itaú”, que é a melhor pontuada. Com a arrancada de Ciro, o dólar já flerta com os 4 reai, e o DEM já flerta com Ciro. Vamos ver o que dá, com Ciro e Bolsonaro num 2° turno

    • Joao Maria-o legitimo 12 de junho de 2018 0:03

      Marina é Lula Verde e Ciro é Lula militar (coroné), não passando se um capacho do Lula.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.