Já não se faz Seleção como antigamente

Antigamente havia uma disputa (saudável) para saber qual time mais cederia jogadores para a Seleção Brasileira. Santos, Botafogo, Corinthians , Pauleiras, São Paulo, Flamengo,Cruzeiro. Hoje a torcida vê a base do time que vai à Copa com atletas do Real Madri, Paris Saind Germain,, Manchester City,Shakhtar Donetsk…

Seria isso o motivo pelo qual a Seleção está tão distante do torcedor e dessa Copa da Rússia estar despertando pouco interesse no país? O canal Esporte Interativo mostrou a chegada das estrelas de Tite chegando ao hotel onde  se hospedam em Viena entrando pelos fundos para a frustração de centenas de torcedores que esperavam ver o desembarque da delegação.

Sem categoria

6 comentários sobre “Já não se faz Seleção como antigamente

  1. maso 10 de junho de 2018 8:50

    Lula e Dilma seguiram a filosofia do pão e circo. Acabou o pão, e a plateia abestalhada se sente traída, enganada, roubada. Os gladiadores lutavam combinados e rachavam o cachê. O Coliseu foi construído com as empreiteiras corrompendo o Senado, e cobrando 10 vezes o valor correto. O senado está rico de propinas, e a plebe tá na merda. É possível uma revolta popular. O império está ruundo em meio a tantas surubas e orgias de comilança da corte. Ate´até os juízes se entregaram aos prazeres mundanos aceitando leis exdrúxulas por bolsas e benesses. O imperador jaz no martírio e grita: Até tu, Palocci, meu filho!

    • Domingos Aparecido 11 de junho de 2018 14:46

      Bá, tchê! admirei muito o texto do Maso. Parabéns.

    • Joao Maria-o legitimo 12 de junho de 2018 12:22

      Texto excepcional!

      vai aprendendo ai Messias!

  2. João Luiz 10 de junho de 2018 9:11

    Claro, isso virou apenas dinheiro, interesse económico, Mas o Brasil tem condições de montar uma seleção somente com jogadores que atual no país, mas quero ver a coragem e ter aquilo roxo pra enfrentar o poderio; e ter a coragem de recusar os donativos também – aí é que está.

  3. Domingos Aparecido 10 de junho de 2018 18:26

    O combustível deste mundo é o dinheiro, portanto, é normal que os jogadores vão jogar em outros times. Lamentável disso tudo é ver atletas ganhando muitos milhões de dólares e gastar o dinheiro comprando jatinho executivo de 30 milhões de dólares e iate de 40 milhões para fazer festa em alto mar com artistas da Globo. O cúmulo da hipocrisia é ver atleta se exibir com faixa na cabeça dizendo que é de JESUS CRISTO quando há tantas criancinhas passando fome.
    Visite: http://www.kitimpostounico.com.br

  4. HUDSON ( O verdadeiro) 11 de junho de 2018 11:16

    Hoje o que temos são fantoches burros e amarrados com marcas e empresas. São incapazes de pensar por si só e só sabem encher o bolso e burlar o fisco. Eu quero que a seleção da globo/CBF se foda.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.