DIVINO PECADO

Resultado de imagem para ANJOS COMENDO DOCES

DIVINO PECADO
Sabor morango ou chocolate?
Pimenta ou sal?

O que importa:
Você e eu enroscados
em broas, tortas ou bolos,
vez ou outra num salgado.

Tu divino sem asas.
Eu o pecado?
Que nada!
Agridoce não é delito.

Fomos escolhidos pelo padeiro,
envoltos em leve massa,
esparramados num abraço,
ao sabor de um enlace.

Como resultado:
Lisboa e Maringá,
ao sabor aromático
do DIVINO PECADO.

prosa poetica

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.